Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise dos Valores Institucionais em Grandes Empresas Brasileiras

DOI: http://dx.doi.org/10.18361/2176-8366/rara.v7n3p14-26

http://www.periodicos.unir.br/index.php/rara/index 

downloadpdf

Vanessa Pacheco1, Rogério J. Lunkes2 & Andreia Lima3

  

Resumo: Diante da escassez de estudos na área e da influência dos valores nas organizações brasileiras, surge a problemática e o tema deste estudo que tem como objetivo analisar os valores institucionais em grandes empresas no Brasil. Visando atingir o objetivo proposto foram selecionadas as 100 maiores empresas do ranking da Revista Exame, determinada de acordo com a receita líquida. A partir do rol das empresas listadas, foram coletados em seus sites os valores organizacionais. Das 100 empresas, apenas 77 disponibilizavam os valores para consulta ao público externo de forma clara e objetiva, no entanto estes dados acabavam coincidindo com outras empresas, constatando que algumas instituições possuem a mesma linha de raciocínio quanto aos seus valores. Os resultados mostram uma grande utilização de palavras como sustentabilidade, integridade, respeito, ética e excelência, as quais foram elencadas com maior índice de utilização nos valores institucionais. Entre as implicações práticas do estudo, podem-se destacar os conhecimentos que visam beneficiar os gestores na definição e aplicação dos valores organizacionais. Este trabalho tem importância para os gestores e as organizações que enfrentam problemas comportamentais ou que planejam estruturar um conjunto de valores organizacionais.

Palavras-chave: Valores Institucionais, Valores Organizacionais, Cultura Organizacional, Produção Científica.

 

Abstract: Given the lack of studies in the area and the influence of values in organizations, there is the issue and the subject of this study which is to analyze the institutional values in large Brazilian companies. In order to achieve the proposed objective we selected the 100 largest companies in the ranking of Exame magazine, determined according to net revenue. From the list of listed companies, were collected in their websites its organizational values. From the 100 companies, only 77 provided their information on amounts to consulting the general public in a clear and objective way, although data ended up coinciding with other companies, noting that some institutions have the same train of thought as to their values. The results show a great use of words such as Sustainability, Integrity, Respect, Ethics and Excellence, which were listed with the highest utilization rate in institutional values. Among the practical implications of the study may be highlighted the knowledge that aims to benefit managers in the definition and implementation of organizational values. This work is important for managers and organizations facing behavioral problems or who plan to structure a set of organizational values.

Key words: Institutional Values, Organizational Values, Organizational Culture, Scientific Production

 

1 Universidade Federal de Santa Catarina - E-mail:vanessa_pacheco_3@hotmail.com
2 Universidade Federal de Santa Catarina - E-mail:rogeriolunkes@hotmail.com
3 Universidade do Oeste de Santa Catarina Santa Catarina/ Brasil - E-mail: li.deia@hotmail.com

 

Literatura Citada

DANISMAN, A., HININGS, C.R., SLACK, T. (2006). Integration and differentiation in institutional values: An empirical investigation in the field of Canadian national sport organizations. Canadian Journal Administrative Sciences, 23(4), 301–317.

FREITAS, Maria Ester. Cultura organizacional: formação, tipologias e impacto. São Paulo: Makron, 1991.

KABANOFF, B.; WALDERSEE, R.; COHEN, M. Espoused values and organizational change themes. Academy of Management Journal, Birmingham, v.38, n.4, p.1.075-1.095, Nov./Dec. 1995.

KABANOFF, B.; DALY, J. P. Values espoused by Australian and US organisations. Applied Psychology: An International Review, 49 (2), 284-314, 2000.

KATZ, D.; KAHN, R. L., Psicologia social das organizações, São Paulo, Atlas, 1978.

PETTIGREW, A. M. On Studying Organizational Culture. Administrative Science Quaterly, v. 24, n. 4, p. 570–581, 1979.

MAZZUCCO, G. D.; ROCHA, V. DE Q. A importância dos valores nas novas formas organizacionais, Revista de Ciências da Administração, n.5, p. 63-76.

MELO, W. F.; DOMENICO, S. M. R., A Influência dos Valores Organizacionais no Desempenho de Agências Bancárias, RAC, v.16, n.1, p.137-156, Rio de Janeiro, 2012.

PAULA, G. O.; CAVALCANTI, R. N., Ética: Essência para a sustentabilidade, Journal of Cleaner Production, v.8, p.109-117, 2000.

REVISTA EXAME. <http://exame.abril.com.br/negocios/100-maiores-empresas-do-brasil/>. Acesso em: 29 out. 2014.

ROSA, F.S.; ENSSLIN, S.R.; ENSSLIN, L. Evidenciação ambiental: processo estruturado de revisão de literatura sobre avaliação de desempenho da evidenciação ambiental. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 4, n. 2, p. 24-37, 2009.

SANTOS, N. M. B. F. DOS. Cultura e desempenho organizacional: um estudo empírico em empresas brasileiras do setor têxtil. Revista de Administração Contemporânea, v. 2, n. 1, p. 47–76, abr. 1998.

TAMAYO, A.; GONDIM, M.G.C., Escala de valores organizacionais, Rev. de Administração, v.31, n.2, São Paulo, 1996.

TAMAYO, A., Valores organizacionais: sua relação com satisfação no trabalho, cidadania organizacional e comprometimento efetivo, Rev. de Administração, v.33, n.3, São Paulo, 1998.

TAMAYO, A.; MENDES, A. M.; PAZ, M. DAS G. T. DA. Inventário de valores organizacionais. Estudos de Psicologia (Natal), v. 5, n. 2, p. 289–315, dez. 2000.

TERRENCE, D.; KENNEDY, A. Corporate cultures. The rites and rituals of corporate life. London, Pinguin Books, 1982.

VAN BEVERHOUDT et al. alores de los docentes que desempe an cargos directivos em la niversidaddel ulia cleo Costa riental del ago. Revista de Ciencias Sociales (RCS) Vol. XVI, No. 2, Abril - Junio 2010, pp. 260 - 268

VENTURA, V. A.; VENTURA, V. L. S., A influência de programas de qualidade na cultura organizacional de empresas de prestação de serviços de São Paulo, Rev. Capital Científico, v.8, n.1, Guarapuava- PR, 2010.

ZAKARIA, Fareed (2003), The Future of Freedom: Illiberal Democracy at Home and Abroad, New York: W.W. Norton & Co.

ZIPPO, M. CEOs setting compensation and other policies to reinforce corporate culture. Personnel, n.12, p. 82-95, 1983.

WENSTOP, Fred; MYRMEL, Arild.Structuring organizational value statements. Management Reserch News, v.29, n 11, 2006.