Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Design Retrô e Marketing do Saudosismo: Influência da Tendência Nostálgica no Comportamento de Consumo

DOI: http://dx.doi.org/10.19180/1809-2667.v17n315-12

http://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/vertices 

downloadpdf

Alline S. C. Morais1, Karen M. C. Gomes2, Lucas R. de Azevedo3 & Weydder de A. Pessanha4

 

Resumo: A presença de elementos que remetem à nostalgia em diversos setores da sociedade contemporânea tem sido objeto de estudo de pesquisadores de diversas áreas. No marketing, a nostalgia é percebida como uma tendência de mercado que atrai consumidores através de suas emoções passadas. Este artigo objetiva analisar os fatores que impulsionam o fenômeno retrô, face à evolução do consumo, dos valores atuais que pautam o relacionamento entre marcas e consumidores, através de uma pesquisa exploratória, buscando também compreender este fenômeno, determinando conceitos em relação à cultura retrô e suas peculiaridades.

Palavras-chave: Retrô. Nostalgia. Design. Consumo. Retro branding.

 

Abstract: The presence of elements that refer to nostalgia in many sectors of contemporary society has been studied by researchers from various areas. In marketing, nostalgia is perceived as a market trend that attracts consumers through their past emotions. This article aims to analyze the factors that drive the retro phenomenon, given the evolution of consumption, the current values that govern the relationship between brands and consumers through an exploratory research, also seeking to understand this phenomenon, determining concepts in relation to retro culture and its peculiarities.

Key words: Retro. Nostalgia. Design. Consumption. Retro branding.

 

1 Doutora em Engenharia e Ciências dos Materiais pela UENF. Professor EBTT do IFFluminense campus Campos-Centro, Campos dos Goytacazes/RJ – Brasil. E-mail: amorais@iff.edu.br
2 Especialista em Gestão, Marketing e Design pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFFluminense). Assistente em Administração no IFFluminense campus Campos-Centro, Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: kcgomes@iff.edu.br.
3 Especialista em Gestão, Marketing e Design pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense ( IFFluminense). Professor no Liceu de Humanidades de Campos, Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: lukito01@gmail.com 
4 Especialista em Gestão, Marketing e Design pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense ( IFFluminense). Empresário no ramo de Comunicação e Propaganda, Campos dos Goytacazes/RJ - Brasil. E-mail: weydder@gmail.com 

 

Literatura Citada

BATEY, Mark. O significado da marca: como as marcas ganham vida na mente dos consumidores. Rio de Janeiro: Best Business, 2010.

BAUMAN, Zygmunt. O medo líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

BROWN, Stephen. The retromarketing revolution: l’imagination au pouvoir. International Journal of Management Reviews, , Blackwell Publishers Ltd, v. 3 2001.

BROWN, Stephen; KOZINETS, Robert V.; SHERRY, John F. Sell Me the Old, Old Story: Retromarketing Management and the Art of Brand Revival. Journal of Customer Behavior, v.2, p. 85-98, June 2003.

CAMPI, Isabel. Diseño y nostalgia: El consumo de la historia. Barcelona: Santa & Cole, 2007.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

DAVIS, Fred. Yearning for Yesterday: A Sociology of Nostalgia. New York: Free Press, 1979.

FREITAS, Aiana. Lacta usa embalagem retrô para atrair saudosistas e marcar 100 anos. Uol Economia, 14 ago 2012. Disponível em: http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2012/08/14/lacta-usa-embalagem-retro-para-atrair-saudosistas-emarcar-100-anos.htm. Acesso em: 5 jun. 2014.

GOBÉ, Marc. A emoção das marcas: conectando marcas às pessoas. Rio de Janeiro: Negócio, 2002.

GOMBRICH, E. Hernest. A História da Arte. 16 ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

HUTCHEON, Linda. Irony, Nostalgia and the Postmodern. 1998. Disponível em: <http://www.library.utoronto.ca/utel/criticism/hutchinp.html>. Acesso em: 16 fev. 2014.

HUYSSEN, Andreas. Seduzidos pela Memória: arquitetura, monumentos, mídia. Tradução de Sergio Alcides. Seleção de Heloisa Buarque de Hollanda. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Aeroplano, 2004.

KOTLER, Phillip. KELLER Kevin Lane. Administração em Marketing. 12ª ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan. Marketing 3.0: as forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

LINDSTROM, Martin. Brandsense: a marca multissensorial. Porto Alegre: Bookman, 2007.

LIPOVETSKY, Gilles. A felicidade paradoxal: ensaio sobre a sociedade do hiperconsumo. Tradução de Maria Lúcia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

LIPOVETSKY, Gilles. Os tempos hipermodernos. Tradução de Mário Vilela. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

MORAES, Laíse Miolo. Cultura material, consumo e sustentabilidade: um olhar sobre os novos caminhos do Design. Mouseion, n. 9, p. 105-117, jan./jul 2011. ISSN 1981-7207.

NORMAN, Donald A. Design Emocional: por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Tradução de Ana Deiró. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.

PORTAL DESIGN BRASIL. Marcas centenárias usam saudosismo para atrair consumidores. 25 jun.2012. Disponível em: <http://www.designbrasil.org.br/designem-pauta/marcas-centenarias-usam-saudosismo-para-atrair-consumidores/#.U5B2U_ldXgA>. Acesso em: 5 jun. 2014.

ROHENKOHL, Raquel Andresa Stefeni. Design Retrô: um desafio da contemporaneidade em reconhecimento ao passado. Unoesc & Ciência - ACSA, Joaçaba, v. 2, n. 2, p. 147-153, jul./dez. 2011.

SHIRAI, Mariana. Saudades de um tempo que não vivi. Revista ÉPOCA, p. 70-79, 30 jan. 2012.

SIMON, Cris. Nestlé traz de volta a marca de chocolates Lollo. Portal da Revista VEJA. 17 set. 2012. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/noticia/economia/nestle-traz-de-volta-a-marca-de-chocolates-lollo>. Acesso em: 5 jun. 2014.

STERN, B. Barbara. Historical and personal nostalgia in advertising text: the fin de siècle effect. Journal of Advertising, v.21, n.4, p. 11–22, 1992.