Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

IDEF: Proposta de Implementação de Um Portal de Gestão do Conhecimento em Uma IES

DOI: http://dx.doi.org/10.13084/2175-8018.v04n07a08

http://www.incubadora.ufsc.br/index.php/IJIE/index 

downloadpdf

Josele N. D. Oliveira1, Leandro C. Rosa2 & Claudiane Weber3

 

Resumo: Este trabalho apresenta a técnica IDEF0 (Integration Definition Language for Function Modeling) voltada para a modelagem de um portal de gestão do conhecimento em uma instituição de ensino superior, localizada na região central do Rio Grande do Sul. Para isso, foram realizadas entrevistas com colaboradores do quadro funcional da instituição. A partir das respostas obtidas com as entrevistas foi aplicada a técnica de modelagem IDEF0, identificando-se as funções para o adequado funcionamento do mesmo. O objetivo foi desenvolver a proposta de um ambiente colaborativo de gestão do conhecimento na referida instituição. Percebeu-se que a elaboração de um projeto envolvendo a gestão do conhecimento despertou em todos os funcionários da instituição o interesse pelo tema, incentivou a criatividade, a responsabilidade e o trabalho em equipe. A utilização da técnica IDEF0 permitiu de forma simples a compreensão sobre o funcionamento do portal. Considera-se que a gestão do conhecimento eficaz, só poderá ocorrer com a ampla mudança comportamental, cultural e organizacional. Isso implica buscar compreender e considerar usuários-ativos que estão constantemente construindo significado para as informações que encontram.

Palavras-chave: gestão do conhecimento, gestão por processos, portal colaborativo, IDEF

 

Abstract: This work presents the technique IDEF0 (Integration Definition Language for Function Modeling) directed toward the modeling of a knowledge management portal in an institution of superior education, located in the central region of Rio Grande Do Sul. For this, interviews with functional collaborators of the institution were carried out. From the answers acquired at the interviews, the technique of modeling IDEF0 was applied, identifying the functions for better management. The objective was to develop a proposal of a collaborative knowledge management environment at the referred institution. It was perceived that the elaboration of a project involving the management of knowledge sparked in all the employees of the institution an interest for the subject, stimulated creativity, responsibility and team work. The use of the technique IDEF0 enabled a simple and easy way the understanding the functions of the portal. Efficient management of knowledge will only occur with ample behavior, cultural and organizational changes, this implies seeking to comprehend and to consider user-assets that are constantly giving meaning to the information encountered.

Key words: knowledge management, process management, collaborative portal, IDEF

 

1 Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Coordenação do Curso de Graduação em Administração, Faculdade Antonio Meneghetti, Campus Recanto Maestro, CEP: 97200-000, Restinga Sêca – RS, Brasil, coordgrad@faculdadeam.edu.br
2 Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Prof. no Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas, UFSM, Campus Camobi, CEP 97105-900, Santa Maria-RS, Brasil, leski78@hotmail.com
3 Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria, Divisão de Automação e Informática Sistema de Bibliotecas da UFSC, Campus Universitário, Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC, Trindade. Caixa Postal 476, CEP: 88010-970 Florianópolis – SC, Brasil, clauweber@gmail.com

 

Literatura Citada

ALVAREZ, M.E.B. Administração da qualidade e da produtividade: abordagens do processo administrativo. São Paulo: Atlas, 2001.

BAEKGAARD, L. Event-based conceptual modeling. Business Process Management Journal, v. 15, n. 4, p. 469-486, 2009. doi

BARDHAN, I.R.; GUPTA, A.; TALLON, P. Research perspectives on innovation through information technology management in a networked world. Information Technology & Management, v.9, n.3, p.147-148, 2008. doi

BAX, M.P.; TERRA, J.C. Portais corporativos: instrumento de gestão de informação e de conhecimento. In: Isis Paim. (Org.). A gestão da informação e do conhecimento. Belo Horizonte, 2003.

CAMPOS, V.F. Gerenciamento pelas diretrizes (Hoshin Kanri). Belo Horizonte: Fundação Christiano Ottoni, Escola de Engenharia da UFMG, 1996.

CARDOSO, V.C. Gestão de competências por processos: um método tácito da organização. 2004. 289f. Tese (Doutorado) - Ciências em Engenharia de Produção. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

COLOQUHOUN, G.J.; BAINES, R.W.; CROSSLEY, R. A state of art review of IDEF0. International Journal of Computer Integrated Manufacturing, v. 6, n. 4, p. 252-264, 1993. doi

CORRÊA, H.L.; CORRÊA, C.A. Administração de produção e operações. Manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. São Paulo: Atlas, 2006.

COSTA, M.D.; KRUCKEN, L.; ABREU, A.F. Gestão da Informação ou Gestão do conhecimento? Revista ACB, Florianópolis, v.5, n.5, 2000.

CRUZ, T. Sistemas, métodos e processos. São Paulo: Atlas, 2005.

DARROCH, M.A.; AKRIDGE, J.T.; BOEHLJE, M.D. Capturing value in the supply chain: the case of high oleic acid soybeans. The International Food and Agribusiness Management Review, v.5, n.2, p.87-103, 2002. doi

DAVENPORT, Thomas H. Ecologia da informação. Tradução Bernadette Siqueira Abrão. São Paulo: Futura, 1998.

DOOMUN, R.; JANGUM, N.V. Business process modeling, simulation and reengineering: call centers. Business Process Management Journal, v.14, n.6, p.838-848, 2008. doi

ELLEGAARD, C. Supply risk management in a small company perspective. Supply Chain Management, v. 13, n.6, p.425-434, 2008. doi

FIALHO, F.A.P. et al. Gestão do Conhecimento e Aprendizagem: as estratégias competitivas da sociedade pós-industrial. Florianópolis: Visual Books, 2006.

FNQ. Fundação Nacional da Qualidade. Cadernos de Excelência: Processos. São Paulo: FNQ, 2007.

HANAFIZADEH, P.; REZAEI, M.; GHAFOURI, A. Defining strategic processes in investment companies: an exploration study in Iranian Investment Companies. Business Process Management Journal, v.15, n.1, p.20-33, 2009. doi

HOOKER, R.E.; GIUNIPERO, L.C.; MATHEWS, S.J.; YON, T.E.; BRUDIVIG, S. A decade of SCM literature: past, present and future implications. Journal of Supply Chain Management, v. 44, n.4, p.66-86, 2008. doi

IDEF0. Integration Definition for Function Modeling, FIPS Publication 183, National Institute of Standards and Technology, Gaithersburg, MD, 1993.

JEONG, Ki-Y.; CHO, H.; PHILLIPS, D.T. Integration of queuing network and IDEF3 for business process analysis. Business Process Management Journal, v.14, n.4, p.471-482, 2008. doi

LAUDON, K.C.; LAUDON, J.P. Sistemas de informação gerenciais: administrando a empresa digital. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2004.

LIU, Q.; SUN, X.; MAHDAVIAN, S.D. Establishment of the model for flexible manufacturing system based on Dorba e IDEF0. The International Journal of Advanced Manufacturing Technology, v.15, n.4, p.472-483, 2008.

MALHORTA, Y. Knowledge management for the new world or business. BRINT Institute, 2001. Disponível em: <http://www.brint.com/km/whatis.htm>>. Acesso em: 17 de outubro de 2008.

MARANHÃO, M.; MACIEIRA, M.E. O processo nosso de cada dia: modelagem de processos de trabalho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

MELO, I. S. Administração de sistemas de informação. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006.

MENDES, Adriane M. Moro. Método para a gestão do conhecimento em iniciação científica segundo os pressupostos da ontopsicologia. Florianópolis, 2009. 173 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pósgraduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Florianópolis, 2009.

MENEGHETTI, A. Psicologia da Organização. São Paulo: FOIL, 2009.

MOREIRA, D. A. Administração da produção e operações. São Paulo: Thomson Learning, 2006.

PALADINI, E. P. Gestão da qualidade: teoria e prática. São Paulo: Ed. Atlas, 2000.

POLANYI, M. The tacit dimension. Routledge & Kegan Paul: London, 1966.

ROSINI, A. M.; PALMISANO A., Administração de sistemas de informação e a gestão do conhecimento. São Paulo: Thomson, 2003.

RUTTEN, M.E.J.; DORÉE, A.G.; HALMAN, J.I.M. Innovation and interorganizational cooperation: a synthesis of literature. Construction Innovation, v.9, n.3, p. 285-297, 2009. doi

RYAN, J.; HEAVEY, C. Process modeling for simulation. Computer Industry, v.03, n.57, p.437-450, 2006. doi

SIMEÓN, E.J.A. Aplicação de técnicas de inteligência artificial no desenvolvimento de um sistema de manutenção baseada em condição. 2008. 193f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sistemas Mecatrônicos. Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

SOARES, C.H. da S.; BROCHADO, M.R.; PITHON, A.J.C. Modelo de gestão e produção para as indústrias cerâmicas vermelhas utilizando o IDEF0. In: XXVII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Foz do Iguaçu, 09 a 11 de outubro de 2007.

STAIR, R.M.; REYNOLDS, G.W. Princípios de sistemas de informação. São Paulo: Pioneira Thonsom Learning, 2006.

TEIXEIRA, E.L.S. Desenvolvimento da unidade de gerenciamento de uma célula flexível de manufatura integrada a um sistema CAD/CAPP/CAM.2006. 178p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sistemas Mecatrônicos. Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

TONOLLI JÚNIOR, E. J. Ambiente colaborativo para o apoio ao desenvolvimento de moldes para injeção de plásticos. 2003. 133f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

TSIRONIS, L.; ANASTASIOU, K.; MOUSTAKIS, V. A framework for BPML assessment and improvement: a case study using IDEF0 and eEPC. Business Process Management Journal, v. 15, n.3, p. 430-461, 2009. doi

VARGAS, A.Y.B. Automação do processo PMBOK para gestão de projetos. 2004. 98f. Dissertação (Mestrado) - Engenharia de Computação. Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, São Paulo, 2004.