Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Nos Trilhos do Café: Ferrovia e Urbanização em São José do Rio Preto - SP no Início do Século XX

DOI: http://dx.doi.org/10.21491/2237-3217/mnemosine.v5n2p83-98

http://mnemosinerevista.wix.com/ppgh-ufcg 

downloadpdf

Henry M. M. Silva1

 

Resumo: O presente trabalho busca investigar os impactos da economia cafeeira no interior paulista, a partir da análise das transformações ocorridas em São José do Rio Preto-SP após a chegada da ferrovia, no início do século XX. Naquele período, as terras do sertão foram paulatinamente ocupadas num movimento que teve como fatores primordiais o plantio do café, o grande fluxo de capitais, o desenvolvimento do transporte ferroviário e a chegada em massa da mão-de-obra imigrante; tal processo teve como consequência uma radical transformação da paisagem, e o surgimento e desenvolvimento de vários núcleos urbanos que assim como São José do Rio Preto foram marcados pelo turbilhão de transformações promovido pelo complexo cafeeiro.

Palavras-chave: Ferrovia; Café; Urbanização

 

Abstract: This paper seeks to investigate the impacts of the coffee economy in the interior of São Paulo, from the analysis of the transformations that have occurred in São José do Rio Preto-SP after the arrival of the railway in the early 20th century. At that time, the hinterland were gradually occupied in a movement that had as main factors the coffee plantation, the large flow of capital, the development of rail transport and the arrival, in masse, of immigrant labor; This process has resulted in a radical transformation of the landscape, and the emergence and development of several urban cores as well as São José do Rio Preto were marked by the whirlwind of changes promoted by the coffee complex.

Key words: Railroad; Coffee; Urbanization.

 

1 Doutor em História / UNESP henrymmsilva@gmail.com

 

Literatura Citada

BIANCONI, Renata. Dinâmica econômica e formas de sociabilidade: aspectos da diversificação das atividades urbanas em Campinas (1870-1905). Dissertação de Mestrado/IE UNICAMP. Campinas: 2002.

CAMARGO, José Francisco de. Crescimento da população no Estado de São Paulo e seus aspectos econômicos. Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da USP. São Paulo, 1952, v. 1 e 2.

CANABRAVA, A.. P. O desenvolvimento da cultura do algodão na Província de São Paulo. São Paulo: 1951.

CANO, Wilson. Raízes da concentração industrial de São Paulo. São Paulo: Ed. Difel, 1977.

CAVALHEIRO, A. ÁllbumIllustrado da Comarca de Rio Preto: 1927-1929. São Paulo: Casa Editora Duprat-Mayença, 1929.

DEAN, Warren. A industrialização de São Paulo: 1880 - 1945. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1971.

DEAN, Warren. Rio Claro: um sistema brasileiro de grande lavoura (1820 – 1920). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

DEVESCOVI, R. C. B. Urbanização e acumulação: um estudo sobre a cidade de São Carlos. Arquivo de História Contemporânea – UFSCar. São Carlos: 1987.

FRANÇA, ª M. (org)Álbum de Araraquara. Araraquara: Paulo Silveira Ed., 1915.

HOLLOWAY, Thomas H. Imigrantes para o café. Rio de Janeiro, ed. Paz e Terra, 1984. (Coleção Estudos Brasileiros, v. 71). 

MARTINS, J. S.O cativeiro da terra. São Pulo: HUCITEC, 1996.

MATOS, Odilon Nogueira de. Café e Ferrovias. 2ªedição, São Paulo, 1974. Ed. Alfa/ Omega/ Sociologia e Política.

MELLO, João M. Cardoso de. O capitalismo tardio. São Paulo, 3.ª ed. ed. Brasiliense, 1984.

MILLIET, Sérgio. Roteiro do Café e outros ensaios. São Paulo, 1941. (Coleção do Departamento de Cultura; v. 25).

MOMBEIG, Pierre. Pioneiros e Fazendeiros de São Paulo. São Paulo, Hucitec/ Polis, 1984.

PACHECO, Carlos Américo. Café e cidade em São Paulo: Um estudo do caso de urbanização na região de Araraquara e São Carlos 1880/1930. Dissertação de Mestrado/IE UNICAMP. Campinas: 1988.

PETRONE, M. T. A lavoura canavieira em São Paulo: expansão e declínio (1765 – 1851). São Paulo: 1968.

SAES, Flávio Azevedo de Marques. As ferrovias de São Paulo: 1870 - 1940. São Paulo, Hucitec/ INL - Mec, 1981.

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA VIAÇÃO E OBRAS PÚBLICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Relatório apresentado ao Senhor Doutor Julio Prestes de Albuquerque, Presidente do Estado, pelo Dr. José Oliveira de Barros, Secretário da Viação e Obras Públicas. Relatório nº. 1. Exercício de 1927. São Paulo: 1927.

SECRETARIA DE VIAÇÃO E OBRAS PÚBLICAS. Relatório de Exercícios da Estrada de Ferro Araraquara - 1946. São Paulo: 1946.

SILVA, Henry Marcelo Martins da.O imigrante na urbanização cafeeira de São José do Rio Preto: 1912-1940. Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação da FHDSS-UNESP, Campus de Franca, para a obtenção do título de Mestre em História. Franca: 2002.

SILVA, R. Állbum da Comarca de Rio Preto: 1918-1919. s/ed., 1919.

SILVA, S. Expansão cafeeira e origens da indústria no Brasil. São Paulo: Alfa/ômega, 1995.

SINGER, Paul. Desenvolvimento econômico e evolução urbana. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 2.ª ed. 1977. 

SPINDEL, Cheynia R.. Homens e máquinas na transição de uma economia cafeeira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

SUZIGAN, W. e VILELLA, A. V. Políticas do governo e crescimento da economia brasileira: 1889-1945. Rio de Janeiro: 1975.

TAUNAY, Visconde de. Viagens de Outrora. São Paulo: Melhoramentos. 1948

TOSI, Pedro Geraldo. Capitais no interior: Franca e a História da indústria coureiro-calçadista (1860-1945). Tese de Doutorado/IE UNICAMP. Campinas: 1998.