Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise Dialélica de Híbridos Simples de Milho Visando à Obtenção de Híbridos de F2

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959/agrotecnologia.v4n1p31-45

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Fernanda M. C. Santos1, Eliel A. Ferreira2, Paulo B. Gallo3 & Maria E. A. G. Z. Paterniani4

 

Resumo: Visando a redução dos custos de produção de sementes de milho, vem sendo estudado o emprego de híbridos de populações F2 (S0).  Objetivando a posterior obtenção de híbridos de F2, o intuito do presente estudo foi estimar a capacidade de combinação de híbridos simples comerciais (F1) por meio da avaliação de caracteres agronômicos dos híbridos resultantes dos cruzamentos.. Foram avaliados 28 híbridos resultantes de um dialelo completo entre 8 híbridos simples, juntamente com os híbridos simples parentais e uma testemunha comercial. Os ensaios foram instalados em Campinas, safra 2006/2007 e Mococa, safras 2006/2007 e 2007/2008, sob delineamento experimental de blocos ao acaso com 3 repetições. Foram avaliados os caracteres Altura de planta e de espiga e Produtividade de grãos. Foram realizadas análises dialélicas utilizando-se o Método 4 de Griffing (1956), modelo 1, e estimada a heterose dos híbridos duplos em relação à média dos parentais. Obtiveram-se híbridos de produtividade elevada, atingindo média de 8219 kg ha-1, com destaque para a combinação híbrida HS-C x HS-E (9154 kg ha-1). Verificou-se o predomínio de efeitos aditivos significativos na expressão dos caracteres. Quanto à capacidade combinatória, o híbrido simples HS-D destacou-se com as maiores estimativas de gi para produtividade; HS-F e HS-G para reduzir AP e AE. A maior estimativa de heterose foi verificada no híbrido HS-C x HS-E (804,9 kg ha-1). Evidenciaram-se híbridos comerciais promissores quanto à capacidade combinatória e híbridos duplos superiores, indicando que híbridos simples são viáveis para obtenção de populações visando à obtenção de híbridos de F2 (S0).

Palavras-chave: Zea mays. Dialelo completo. Produtividade

 

Abstract: With the aim of reducing the production cost of hybrid seeds of maize, the use of F2 (S0) generation hybrid is being proposed. In order to subsequently obtain F2 hybrids, the aim of this study was to estimate the combining ability of commercial hybrids (F1) through the assessment of agronomic traits of hybrids resulting from crosses.The 28 hybrids originated from complete diallel among 8 hybrids were evaluated, along with the parental single-cross hybrids and a commercial check. This evaluation was made, in Campinas during the 2006/2007 season and in Mococa during the 2006/2007 and 2007/2008 seasons under randomized complete block design with 3 replications. The traits Plant Height, Ear Height and Grain yield were evaluated. Diallel analysis using the Griffing Method Model 1 and the heterosis of double-cross hybrids were estimated in relation the parental average. Hybrids of high productivity were obtained, reaching an average of 8219 kg ha-1, especially the hybrid combination HS-C x HS-E (9154 kg ha-1). The predominance of  significant additive effects on expression of characters was observed. As for the combining ability, the single-cross hybrid HS-D was proeminent, with the largest gi estimates for yield; HS-F and HS-G were the most important ones in reducing the Plant and Ear Height. The highest heterosis estimates were found in the hybrid HS-C x HS-E (804,9 kg ha-1).  Commercial hybrids evidenced promising combining ability and superior double-cross hybrids, indicating that single cross hybrids are viable for obtaining of hybrid of F2 (S0).

Key words: Zea mays. Complete diallel. Grain yield.

 

1 Doutora em Genética e Melhoramento de Plantas. Universidade Federal de Lavras. Campus Universitário, Caixa Postal 3032, Lavras-MG. E-mail: costasantosfm@gmail.com
2 Professor Doutor. Fundação de Ensino Superior de Passos. Av. Juca Stockler, 1130. Passos-MG. E-mail: elielaf2003@yahoo.com.br
3 Pesquisador Doutor. Polo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios (APTA) do Nordeste Paulista. Av. Presidente Castelo Branco, s/n. Mococa-SP. E-mail: polonordestepaulista@aptaregional.sp.gov.br
4 Pesquisadora Doutora. Instituto Agronômico de Campinas, Centro de Grãos e Fibras – Av. Barão de Itapura, 1481, Guanabara, Campinas-SP. E-mail: elisa@iac.sp.gov.br

 

Literatura Citada

CARVALHO, A. D. F.; SOUZA, J. C.; RAMALHO, M. A. P. Capacidade de Combinação de Progênies Parcialmente Endogâmicas Obtidas de Híbridos Comerciais de Milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v.3, p.429-437, 2004.

CONAB – Companhia Nacional De Abastecimento. Acompanhamento de safra brasileira: grãos, Décimo primeiro levantamento, agosto 2012 / Companhia Nacional de Abastecimento. Brasília, 29p. 2012

Costa, E. F. N., SOUZA, J. C., LIMA, J. L., CARDOSO, G. A. Interação entre genótipos e ambientes em diferentes tipos de híbridos de milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.45, n.12, p.1433-1440, 2010 https://doi.org/10.1590/S0100-204X2010001200014

CRUZ, C. D. Programa Genes: versão Windows, aplicativo computacional em genética e estatística. Viçosa: UFV, 2004. 648p.

CRUZ, C. D.; VENCOVSKY, R. Comparação de alguns métodos de análise dialélica. Revista Brasileira de Genética, v.12, p.425- 438, 1989

DUARTE, A. P.; SAWAZAKI, E.; CANTARELLA, H.; FANTIN, G.M.; PATERNIANI, M. E. A. G. Z. Cultura do Milho. In: DUARTE, A.P. (Ed.). Duas décadas da Estação Experimental de Agronomia - Apta Médio Paranapanema: Hístórico, presente e futuro. Campinas: Instituto Agronômico - IAC, 2007. p.79-90

FALCONER, D. S. Introduction to Quantitative Genetics. 2.ed. London: Longman, 1987. 279p.

GRIFFING, J. B. A generalized treatment of the use of diallel crosses in quantitative inheritance. Heredity, v.10, p.31-50, 1956 https://doi.org/10.1038/hdy.1956.2

LEMOS, M. A.; GAMA, E. E. G.; MENEZES, D.; SANTOS, V. F.; TABOSA, J. N. Avaliação de dez linhagens e seus híbridos de milho superdoce em um dialelo completo. Horticultura Brasileira, v.20, p.167-170, 2002. https://doi.org/10.1590/S0102-05362002000200009

LIMA, M. W. P.; SOUZA, E. A.; RAMALHO, M. A. P. Procedimento para escolha de populações de milho promissoras para extração de linhagens. Bragantia, Campinas, v.59, p.153-158, 2000. https://doi.org/10.1590/S0006-87052000000200005

LOCATELLI, A. B.; FEDERIZZI, L. C.; NASPOLINI FILHO, V. Capacidade Combinatória de nove linhagens endogâmicas de milho (Zea mays L.) em dois ambientes. Ciência Rural, Santa Maria, v.32, p.365-370, 2002 https://doi.org/10.1590/S0103-84782002000300001

MACHADO, J. C., SOUZA, J. C., RAMALHO, M. A. P., LIMA, J. L. Estabilidade de produção de híbridos simples e duplos de milho oriundos de um mesmo conjunto gênico. Bragantia, Campinas, v.67, n.3, p.627-631, 2008. https://doi.org/10.1590/S0006-87052008000300010

MAGALHÃES, P. C.; DURÃES, F. O. M.; CARNEIRO, N. P.; PAIVA, E. Fisiologia do Milho. 1ed. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo. 2002, 23p. (Circular Técnica)

PARENTONI, S. N.; MIRANDA, R. A.; GARCIA, J. C. Implications on the introduction of transgenics in Brazilian maize breeding programs. Crop Breeding and Applied Biotechnology v. 13, p.9-22, 2013 https://doi.org/10.1590/S1984-70332013000100002

RAMALHO, M. A. P.; FERREIRA, D. F.; OLIVEIRA, A. C. Experimentação em genética e melhoramento de plantas. 1.ed. Lavras: Editora UFLA, 2000. 326p.

RAPOSO, F. V.; RAMALHO, M. A. P.; RIBEIRO, P. H. E. Alterations in heterosis of maize populations derived from single-cross hybrids after reciprocal recurrent selection. Crop Breeding and Applied Biotechnology, v. 4, n. 1, p. 7480, 2004. https://doi.org/10.12702/1984-7033.v04n01a12

RAPOSO, F.V.; RAMALHO, M.A.P. Componentes de Variância Genética de Populações Derivadas de Híbridos Simples de Milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v.3, p.402-413, 2004.

RIBEIRO, P. H. E.; RAMALHO, M. A. P.; FERREIRA, D. F. Adaptabilidade e Estabilidade de Genótipos de Milho em Diferentes Condições Ambientais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.35, p.2213-2222, 2000. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2000001100013

SILVA, R. M., MIRANDA-FILHO, J. B. Heterosis expression in crosses between maize populations: ear yield. Scientia Agricola, Piracicaba, v.60, n.3, p.519-524, 2003. https://doi.org/10.1590/S0103-90162003000300016

SANTOS, O. S.; MANARA, W.; MANARA, N. T. F.; RAUPP, R. O.; RIBEIRO, N. D.; TSUKANO, M. M. K. Comparação entre gerações F1 e F2 de híbridos comerciais de milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira. v. 28, p.75-79, 1993.

SAWAZAKI. E.; PATERNIANI, M. E. A. G. Z.; CASTRO, J. L.; GALLO, P. B.; GALVÃO, J. C. C.; SAES, L. A . Potencial de linhagens de populações locais de milho pipoca para síntese de híbridos. Bragantia, Campinas, v.59, p.143-151, 2000. https://doi.org/10.1590/S0006-87052000000200004

SPRAGUE, G. F.; TATUM, L. A. 1942. General vs specific combining ability in single crosses of corn. Journal of American Society of Agronomy, v.34 p.923-932, 1942. https://doi.org/10.2134/agronj1942.00021962003400100008x

SOUZA SOBRINHO, F.; RAMALHO, M. A. P.; SOUZA J. C. Alternatives for obtaining double cross maize hybrids. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v.1, p.70-76, 2002.

VENCOVSKY, R.; BARRIGA, P. Genética biométrica no fitomelhoramento. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1992. 496 p.