crosscheckdeposited

Avaliação Sensorial e Intenção de Compra de Achocolatado em Pó

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959/agrotecnologia.v6n2p72-80

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Rodrigo F. Silva1, Alexandra L. Farias¹, João M. C. Vasconcelos¹, Eduardo A. Soares¹, Flor M. A. Lopes¹ & Marta R. V. Bernardi²

 

Resumo: O achocolatado é um dos alimentos em pó que possui destaque no mercado, porém poucos estudos demonstram respostas de consumidores com relação aos seus atributos sensoriais. Neste sentido, este trabalho teve como objetivos analisar sensorialmente quatro tipos de achocolatados, bem como verificar a intenção de compra dos mesmos. As amostras utilizadas foram: achocolatado orgânico (A), achocolatado light (B) e duas marcas convencionais (C e D). Utilizou-se o teste de ordenação de diferença para os atributos de cor, aroma, sabor e textura e, por último, teste de ordenação de preferência. Quanto aos atributos dos achocolatados em pó, observou-se maior intensidade do aroma na amostra C (convencional), quanto à cor, observou-se a formação de dois grupos, considerados mais claros (A e B) e dois mais escuros (C e D). Para o sabor, foi possível verificar que a amostra C apresentou maior índice em relação às demais, e a amostra do achocolatado orgânico (A) diferiu significativamente entre as amostras. Quanto ao teste de ordenação de preferência, direcionado ao preço, não foi observada diferença significativa entre as amostras. Para os testes de preferência dos achocolatados, com relação às embalagens, pôde-se observar que a amostra (achocolatado orgânico) foi a mais preferida.

Palavras-chave: preferência, sabor, cor.

 

Abstract: The chocolate is a powdered food which has featured in the market, but few studies have shown responses of consumers with respect to their sensory attributes. In this sense, this study aims to analyze sensory four types of chocolate products, as well as checking the intention of buying from them. The samples used were:organic chocolate (A), chocolate light (B) and two conventional markings (C and D). Was used the difference test to sort the attributes color, aroma, taste and texture and finally preference ranking test. As to the attributes of powdered chocolate powder, there was a more intense aroma of the sample C (conventional) in color was observed the formation of two groups taken lighter (A and B) and two darker (C and D). For flavor, it found that the sample C showed a higher rate relative to the other, and the taste of organic chocolate (A) differed significantly between samples. Regarding the preference ranking test, directed to the price, there was no significant difference between samples. For preference tests of chocolate products with respect to the packaging, it was observed that sample A (organic chocolate) is most preferred.

Key words: preference, flavor, color.

 

¹ Estudantes do curso de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Araras – SP, Brasil. E-mail: rodrigo_franca77@hotail.com. Autor para correspondência.
² Professora Doutora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Araras – SP, Brasil.

 

Literatura Citada

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Teste de ordenação em análise sensorial. NBR 13170. Rio de Janeiro, 1994.

BRANDÃO, S. C. C.; FONTES, A. C. L. Tendências na fabricação de lácteos light e diet. Tendências e avanços do agronegócio do leite nas Américas: mais leite = mais saúde, v.5, p. 69-77. 2009.

CARDELLO, A.V.; SCHUTZ, H.; SNOW, C.; LESHER, L. Predictors of food acceptance, consumption and satisfaction in specific eating situations. Food Quality and Preference, v. 11, n. 3, p. 201-216, 2000. https://doi.org/10.1016/S0950-3293(99)00055-5

FERRAZ, A. P. C. R.; MALHEIROS, J. M.; CINTRA, R. M. G. A produção, o consumo e a composição química dos alimentos orgânicos. Revista Simbiologias, v. 6, n. 9, p. 31-42, 2013.

KOTLER, P. Administração de Marketing.10ª Edição, 7ª reimpressão – Tradução Bazán Tecnologia e Linguística; revisão técnica Arão Sapiro. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

MEDEIROS, M. L. Estudo a aplicação de substitutos de cacau. São Paulo, 2006. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade de São Paulo.

NEWELL, G.J.; MacFARLANE, J. D. Expanded tables for multiple comparison procedures in the analysis of ranked data. Journal Food Science; 52(6); p. 1721-1725. 1987. https://doi.org/10.1111/j.1365-2621.1987.tb05913.x

SILVA, A. F. da. Perfil sensorial da bebida de café (Coffea arabica L.) orgânico. Viçosa, 2003, 96 p. Dissertação (Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos), Departamento de Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal de Viçosa (UFV). 2003.

VISSOTTO, F. Z.; MONTENEGRO, F. M.; SANTOS, J. M.; OLIVEIRA, S. J. R. Avaliação da influência dos processos de lecitinação e de aglomeração nas propriedades físicas de achocolatado em pó. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 26, n. 3, p. 666-671, 2006. https://doi.org/10.1590/S0101-20612006000300028