Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Impactos da Remuneração de Dirigentes e Compliance na Governança do Terceiro Setor

DOI: http://dx.doi.org/10.18839/2359-5299/repats.v2n2p48-69

http://portalrevistas.ucb.br/index.php/REPATS 

downloadpdf

Gustavo S. Diniz1

 

Resumo: O estudo aborda as inovações legislativas para a remuneração dos dirigentes das entidades do terceiro setor. Para compreensão dessa alternativa para governança nesse setor, divide-se o presente artigo em 5 partes: Compreensão da natureza dos órgãos das associações e fundações; análise do poder nessas entidades; compreensão da nova concepção sobre a remuneração; problemas na legislação tributária; governança de terceiro setor e compliance.

Palavras-chave: Remuneração; Terceiro Setor; Governança.

 

Abstract: The study addresses the legislative innovations for the remuneration of directors of nonprofit entities. To understand this alternative for governance in this sector, divided this article into 5 parts: Understanding the nature of the bodies of associations and foundations; power analysis in those entities; understanding of the new concept on the remuneration; problems in tax laws; governance of third sector and compliance.

Key words: wage; Third sector; Governance.

 

1 Professor Associado de Direito Comercial da USP-FDRP; Doutor e Livre-Docente em Direito Comercial pela USP; Mestre em Direito pela Unesp/Franca; Advogado. São Paulo. Brasil. E-mail: gsd@usp.br

 

Literatura Citada

ADAMEK, Marcelo Vieira von; FRANÇA, Erasmo Valladão Azevedo e Novaes. Vinculação da sociedade: notas críticas ao artigo 1.015 do Código Civil. Revista do Advogado. São Paulo, Ano XXVIII, n. 96, p. 65-73, Março/2008. p. 66

ANDRADE, Manuel A. Domingues de. Teoria geral da relação jurídica. Coimbra: Almedina, 1997. V. I.

BOBBIO, Norberto. Da estrutura à função. Trad. Daniela Baccaccia Versiani. Barueri: Manole, 2007.

CAETANO, Marcello. Das Fundações. Subsídios para interpretação e reforma da legislação portuguesa. Lisboa: Ática, 1962.

CARVALHOSA, Modesto. Comentários à lei de sociedades anônimas. v. 2. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

COMPARATO, Fábio Konder; SALOMÃO FILHO, Calixto. O poder de controle na sociedade anônima. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005.

DIAS, Daniel Pires Novais. Negócio fundacional. Criação de fundações privadas. Rio de Janeiro: Forense, 2014.

DINIZ, Gustavo Saad. Direito das fundações privadas: teoria geral e exercício de atividades econômicas. 3. ed. São Paulo: Lemos & Cruz, 2006.

DINIZ, Gustavo Saad. Os quatro estratos de integração das regras societárias brasileiras. Revista de Direito Mercantil, industrial, econômico e financeiro, ano LI, n. 163, p. 57-70. Setembro-Dezembro/2012.

DINIZ, Gustavo Saad. Regras de direito fundacional do Código Civil de 2002. Revista de Informação Legislativa. Brasília, Ano 42, n. 165, p. 151-167. Janeiro-Março/2005.

DINIZ, Maria Helena. Direito fundacional. São Paulo: Oliveira Mendes, 1998.

ENNECERUS, Ludwig; KIPP, Theodor; WOLF, Martin. Tratado de Derecho Civil. Tomo I. 1. ed. Trad. Blas Pérez Gonzalez e José Alguer. Barcelona: Bosh, 1943.

FRANÇA, Erasmo Valladão Azevedo e Novaes. Invalidade das deliberações de assembleia de S/A. São Paulo: Malheiros, 1999.

GRAZZIOLI, Airton. As relações de poder na estrutura de comando das fundações. Revista de Estudos e Pesquisas Avançadas do Terceiro Setor, ano 1, n. 1, p. 20-27. Julho-Dezembro/2014. Disponível em: <<http://portalrevistas.ucb.br/index.php/REPATS/article/viewFile/5358/3570>>. Acessado em: 11/05/2015.

GRAZZIOLI, Airton; RAFAEL, Edson José. Fundações privadas: doutrina e prática. São Paulo: Atlas, 2009.

GRAZZIOLI, Airton; PAES, José Eduardo Sabo; SANTOS, Marcelo Henrique dos. Remuneração de dirigentes do terceiro setor é bem vinda. Consultor Jurídico. Disponível em: <<http://www.conjur.com.br/2014-jul-16/remuneracao-dirigentes-terceiro-setor-medida-urgente>>. Consultado em: 20/10/2015.

GUERREIRO, José Alexandre Tavares. Sociedade anônima: dos sistemas e modelos ao pragmatismo. In: CASTRO, Rodrigo R. Monteiro de; AZEVEDO, Luis André N. de Moura. (coord). Poder de controle e outros temas de direito societário e mercado de capitais. São Paulo: Quartier Latin, 2010.

GUERREIRO, José Alexandre Tavares. Sociologia do poder na sociedade anônima. Revista de Direito Mercantil, industrial, econômico e financeiro, ano XXIX, n. 77, p. 50-56. Janeiro-Março/1990.

MIRANDA, Francisco Cavalcanti Pontes de. Tratado de direito privado. 4. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1983. t. I.

MIRANDA, Francisco Cavalcanti Pontes de. Comentários ao Código de Processo Civil. São Paulo: Saraiva, 1992. t. XVI.

MELLO FILHO, José Celso de. Notas sobre as fundações. Revista dos Tribunais, n. 537, p. 29-35. Julho/80.

PAES, José Eduardo Sabo. Fundações, associações e entidades de interesse social. 6. ed. Brasília: Brasília Jurídica, 2006.

PEREIRA, Pinto. Do sujeito de direito nas fundações privadas. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1937.

POELZIG, Dörte. Normdurchsetzung durch Privatrecht. Tübingen: Mohr Siebeck, 2012.

RAFAEL, Edson José. Fundações e Direito. São Paulo: Companhia Melhoramentos, 1997.

REICHL, Manfred. Corporate governance. Viena: Linde Verlag, 2015.

SAAD-DINIZ, Eduardo. A criminalidade empresarial e a cultura de compliance. Revista Eletrônica de Direito Penal AIDP-GB. Ano 2, vol. 2, nº 2, dezembro de 2014,

STRACHWITZ, Rupert Graf. Stiftungen - nutzen, führen und errichten: ein Handbuch. Frankfurt: Campus Verlag, 1994.

SILVEIRA, Renato de Mello Jorge; SAAD-DINIZ, Eduardo. Compliance, direito penal e lei anticorrupção. São Paulo: Saraiva, 2015.

TRABUCCHI, Giuseppe. Istituzioni di Diritto Civile. 43. ed. Padova: CEDAM, 2007.

WEBER, Max. Economia e sociedade. 4. ed. São Paulo: Imprensa Oficial, 2004. v.1.

WIEDEMANN, Herbert. Gesellschaftsrecht. Ein Lehrbuch des Unternehmens- und Verbandsrechts. Band I. München: C.H.Beck, 1980.