Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Dédalo e Ícaro: Liberdades e/ou Algemas Tecnológicas

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v25n64p45-52

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

Felipe H. Lucate1

 

Resumo: A relação do ser humano com as tecnologias atuais tornou-se uma importante questão para a filosofia. Por esta razão, o objetivo principal deste artigo é demonstrar a atualidade do mito grego de Dédalo e Ícaro e, por meio dele, fazer alguns apontamentos que permitam a reflexão acerca das etapas do processo de tecnificação e como elas têm condicionado a cultura e a vida humana. O artigo fundamenta-se nas ideias dos autores Bertrand Russell, Herbert Marcuse, Max Horkheimer, Theodor Adorno e Regis de Morais. E a narrativa do mito baseia-se na narrativa dos autores Juanito de Souza Brandão e Thomas Bulfinch.

Palavras-chave: técnica; tecnologia; industrialismo; Dédalo; Ícaro.

 

Abstract: The relationship between the human being and current technologies has become an important topic for Philosophy. For this reason, the main objective of this paper is to demonstrate how the Greek myth of Dedalus and Icarus can be related to today’s life, addressing some topics in order to urge some consideration that comprise the “technification” process and how these steps have been impacting culture and human life. This article is based on thoughts from authors like Bertrand Russell, Herbert Marcuse, Max Horkheimer, Theodor Adorno and Regis de Morais. The myth’s narrative is based on the work of Juanito de Souza Brandão and Thomas Bulfinch.

Key words:  technique; technology; industrialism; Dedalus; Icarus.

 

1 Universidade Metodista de Piracicaba. Email: flucate@gmail.com

 

Literatura Citada

BRANDÃO, J. de S. Mitologia grega. Petrópolis: Vozes, 2013. v. 1.

BULFINCH, T. O livro de ouro da mitologia: histórias de deuses e heróis. Tradução de David Jardim. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006.

HORKHEIMER, M.; ADORNO, T. O iluminismo como mistificação de massas. In: ADORNO, T. Indústria cultural e sociedade. Tradução de Juba Elizabeth Levy. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002. (Coleção Leitura).

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradução de Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993.

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 2010.

MARCUSE, H. A ideologia da sociedade industrial: o homem unidimensional. Tradução de Giasone Rebuá. 4. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1973.

MORAIS, R. de. Filosofia da ciência e da tecnologia: introdução metodológica e crítica. Campinas: Papirus, 2012.

RUSSELL, B. Ícaro o el futuro de la ciencia. Traducción, presentación y notas de Juan Nuño. Caracas: Monte Avila, 1986.

SERRES, M. Polegarzinha. Tradução de Jorge Bastos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.