Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Percepção dos Servidores Técnico-Administrativos da UFSM, Campus de Frederico Westphalen, quanto à Efetividade dos Cursos de Capacitação da Instituição na Atividade Laboral

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2237-7956/raimed.v6n1p72-90

https://seer.imed.edu.br/index.php/raimed/index 

downloadpdf

Marcelo A. Sapper1 & Daniel A. Coronel2

  

Resumo: Este trabalho objetivou analisar a efetividade dos cursos de capacitação promovidos pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em relação à atividade laboral de seus servidores técnico-administrativos, lotados no campus de Frederico Westphalen-RS. Nesse sentido, buscou-se identificar os cursos de capacitação promovidos pela referida universidade, verificar as principais características do seu processo de capacitação, e ainda, verificar a percepção dos seus servidores técnico-administrativos quanto à aplicabilidade e utilidade dos referidos cursos. No que concerne aos aspectos metodológicos, esta pesquisa caracteriza-se por ser do tipo exploratória e descritiva, com abordagem quali-quantitativa, enquadrando- se como um estudo de caso, cujos dados foram obtidos, principalmente, por meio da aplicação de questionários. Os resultados deste trabalho evidenciam que os cursos de capacitação promovidos pela UFSM aos seus servidores técnico-administrativos, lotados no campus de Frederico Westphalen, são pouco efetivos em relação às atividades laborais desempenhadas pelos referidos servidores, principalmente no que se refere à melhoria da eficiência na execução das atividades administrativas, além do que os conhecimentos adquiridos são pouco utilizados nas atividades laborais. Verifica-se ainda que, apesar de a UFSM possuir um processo de treinamento estruturado, baseado principalmente no levantamento das necessidades de capacitação de seus servidores (LNC), outros fatores podem impactar na promoção dos seus cursos de capacitação, tais como a disponibilidade ou não de instrutores, a distância entre as unidades universitárias descentralizadas e a sede, a variedade de setores e cargos que demandam capacitação, além da limitação de recursos orçamentários. Desse modo, foram identificados alguns aspectos dos cursos de capacitação promovidos pela UFSM que podem ser aperfeiçoados, como, por exemplo, o treinamento de integração e a promoção de cursos mais específicos, de forma que as informações transmitidas pelos referidos cursos possam efetivamente impactar positivamente nas atividades laborais dos servidores técnico-administrativos participantes dos mesmos.

Palavras-chave: Administração Pública, Treinamento, Cursos de Capacitação

 

Abstract: This study aimed to analyze the impacts generated by the training courses organized by the Federal University of Santa Maria (UFSM) regarding the labor activity of its technical and administrative staff from the campus situated in Frederico Westphalen-RS. In this sense, the objectives were: to identify the training courses offered by the university, to check the main features of the training process, and also to verify the perception of the technical and administrative staff in relation to the applicability and the usefulness of these courses. With respect to the methodological aspects, this research is a case study, characterized as exploratory and descriptive, with both qualitative and quantitative approach and the data was mainly obtained through the application of questionnaires. The results show that the training courses promoted by UFSM and offered to its technical and administrative staff who work at the campus of Frederico Westphalen are ineffective in relation to the labor activities performed by these employees, especially referring to improvements in the efficiency of executing administrative tasks, in addition to the fact that the knowledge obtained is not very useful in the work activities. It is also noteworthy, that although the university has a structured training process, which is mainly based on the survey of the training needs of the staff (LNC), other factors may impact the offering of training courses, such as the availability of instructors, the distance between the decentralized university units and headquarters, the variety of sectors and positions that require training, as well as the limitation of budgetary resources. Thus, it was identified some aspects of the training courses organized by UFSM that can be improved, such as, the integration training and the promotion of more specific courses, so that the information provided by them can have an effective and positive impact on the work activities of the technical and administrative staff participants.

Key words: Public Administration, Training, Training Courses

 

1 Universidade Feevale, Novo Hamburgo, RS, Brasil. E-mail: <moemanunes@hotmail.com>;.
2 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil. E-mail: <galmads@gmail.com>;.

 

Literatura Citada

Abbad, G, Coelho, F., Freitas, I., & Pilati, R. (2006). Medidas de suporte em avaliação de TD&E. In: Borges-Andrade, J.E., Abbad, G., & Mourão, L. Treinamento Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho: fundamentos para gestão de pessoas. Porto Alegre: Artmed. p. 395-421.

Acevedo, C.R., & Nohara, J.J. (2006). Monografia no Curso de Administração. São Paulo: Atlas.

Amorim, T.N., & Silva, L.B. (2012). Treinamento no Serviço Público: Uma Abordagem com Servidores Técnico-Administrativos de Universidade. Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Araujo, L.C. (2009). Gestão de pessoas: estratégias e integração organizacional. 2. ed. São Paulo: Atlas.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). (2015). NBR ISO 10015 - Gestão da Qualidade - Diretrizes para o treinamento. Rio de Janeiro. Disponível em: <http://licenciadorambiental.com.br/wp-content/uploads/2015/01/NBR-ISO-10.015-Gest%C3%A3o-da-qualidade-diretrizes-para-treinamento.pdf>. Acesso em: 17 mar. 2015.

Barbieri, U. F. (2012). Gestão de pessoas nas organizações: práticas atuais sobre o RH estratégico. São Paulo: Atlas.

Beuren, I.M. (2006). Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas.

Borges-Andrade, J.E. (2006). Avaliação integrada e somativa em TD&E. In: Borges-Andrade, J.E., Abbad, G., & Mourão, L. (2006). Treinamento Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho: fundamentos para gestão de pessoas. Porto Alegre: Artmed. p. 343-358.

BRASIL. Ministério da Educação (2014). Portaria nº 27, de 15 de janeiro de 2014. Institui o Plano Nacional de Desenvolvimento Profissional dos servidores integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação. Disponível em:<http://cis.ufsc.br/files/2014/09/Planode-Desenvolvimento-do-PCCTAE.pdf>. Acesso em: 12 ago. 2015.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (2009). Guia referencial para medição de desempenho e manual para construção de indicadores. Brasília. Disponível em: <http://www.gespublica.gov.br/sites/default/files/documentos/guia_indicadores_jun2010.pdf/guia-gestaoda-capacitacao-por-competencias%20(2).pdf >. Acesso em: 10 ago. 2015.

BRASIL. Presidência da República (2006). Decreto n. 5.825, de 29 de junho de 2006. Estabelece as diretrizes para a elaboração do Plano de Desenvolvimento dos Integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em educação, instituído pela Lei nº 11.091, de 12 de janeiro de 2005. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5825.htm>. Acesso em: 13 set. 2015.

BRASIL. Presidência da República (2006). Decreto n. 5.707, de 23 de fevereiro de 2006. Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta Dispositivos da Lei n. 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Disponível: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5707.htm>. Acesso em: 12 set. 2015.

BRASIL. Universidade Federal de Santa Maria (2016). Resolução nº 8, de 08 de março de 2016. Institui o campus de Frederico Westphalen na estrutura organizacional da instituição. Disponível em: <http://site.ufsm.br/arquivos/uploaded/uploads/9788a787-dd00-4e6b-93af-f9f4a37ebaef.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2016.

Castro, E., & Dzierwa, M. (2013). Gestão Pública: aspectos básicos da relação público-privado. São Paulo: Baraúna.

Chiavenato, I. (2009). Recursos humanos. 9. ed. Rio de Janeiro: Elsevier. Di Pietro, M.S.Z. (2006). Direito Administrativo. 20. ed. São Paulo: Atlas.

Filho, M. (2011). A nova administração pública: profissionalização, eficiência e governança. São Paulo: DVS.

Filho, A., & Dias, D. (2007). Práticas inovadoras de treinamento e satisfação no trabalho: um modelo relacional de estudo com profissionais de organizações mineiras. In: EnGPR. 1, Anais... Natal: ANPAD.

Forli, D. (2006). Análise de um Programa de Treinamento e de seus resultados: um estudo de caso do MBA Gestão Pública - Banco do Brasil. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto.

Freitas, I, Borges-Andrade, J, Abbad, G, & Pilati, R. (2006). Medidas de impacto de TD&E no trabalho e nas organizações. In: BORGES-ANDRADE, J.E.; ABBAD, G.; MOURÃO, L. Treinamento Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho: fundamentos para gestão de pessoas. Porto Alegre: Artmed. p. 489-504.

Gil, A.C. (2011). Gestão de Pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas.

Magalhães, E., Oliveira, A., Abreu, S., & Magalhães, E. (2006). Política de Treinamento dos técnicos de nível superior da Universidade Federal de Viçosa na percepção de ex-dirigentes da instituição. In: EnANPAD, 30. Anais... Salvador: ANPAD.

Marras, J. P. (2001). Administração de Recursos Humanos: do Operacional ao Estratégico. 4. ed. São Paulo: Futura.

Meirelles, H.L. (2007). Direito Administrativo Brasileiro. 33. ed. São Paulo: Malheiros.

Melo, E. (2010). Gestão de Pessoas nos órgãos públicos. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/gestao-de-pessoas-nos-orgaos-publicos/38019/>. Acesso em: 05 maio 2015.

Meneses, P, Abbad, G, Zerbini, T, & Lacerda, E. (2006). Medidas de características da clientela em avaliação de TD&E. In: Borges-Andrade, J.E., Abbad, G., Mourão, L. Treinamento Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho: fundamentos para gestão de pessoas. Porto Alegre: Artmed. p. 422-442.

Meneses, P., Zerbini, T., Abbad, G. (2011). Manual do treinamento organizacional. Porto Alegre: Artmed.

Perera, R., Heneghan, C., & Badenoch, D. (2010). Ferramentas estatísticas no contexto clínico. Porto Alegre: Artmed.

Ribeiro, L.A. (2010). Análise de necessidades de capacitação para a carreira de especialistas em políticas públicas e gestão governamental - EPPGG. 2010. 200f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de Brasília, Brasília.

Tachizawa, T., Ferreira, V., & Fortuna, A. (2006). Gestão com pessoas: uma abordagem aplicada às estratégias de negócios. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV.

Teixeira, H., Bassotti, I., & Santos, T. (2013). Contribuições para a gestão de pessoas na administração pública. São Paulo: FIA, USP.

Teixeira, H., Bassotti, I., & Santos, T. (2015) Processo de Treinamento da UFSM. Santa Maria. Disponível em: <http://w3.ufsm.br/proplan/index.php/planos-institucionais/pl>. Acesso em: 22 mar. 2015.

Teixeira, H., Bassotti, I., & Santos, T. (2010). UFSM - Plano de Desenvolvimento Institucional 2011- 2015. (2010). Disponível em: <http://w3.ufsm.br/proplan/index.php/planos-institucionais/pl>. Acesso em: 17 mar. 2015.

Vargas, M. R. M., & Abbad, G. (2006). Bases conceituais em treinamento, desenvolvimento e educação. In: Borges-Andrade, J.E., Abbad, G., & Mourão, L. Treinamento Desenvolvimento e Educação em Organizações e Trabalho: fundamentos para gestão de pessoas. Porto Alegre: Artmed, 2006. p. 199-215.

Vieira, S. (2009). Como elaborar questionários. São Paulo: Atlas.

Wischral, D.C. (2010). Modelo de excelência em gestão pública para prefeituras municipais: um valor requerido pelo cidadão. Programa de Pósgraduação da Faculdade de Tecnologia SENAI. Florianópolis.