Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Saber Médico na Dialética da Salvação: Controle e Utopia do Poder Medicalizante

DOI: http://dx.doi.org/10.18766/2446-6549/interespaco.v2n4p68-80

http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/interespaco 

downloadpdf

André S. Trindade1

 

Resumo: O presente artigo utiliza como fundamento teórico a análise sobre o saber médico realizada no livro de Michel Foucault O nascimento da clínica e a conferência de 1974, A crise da medicina ou antimedicina. A priori, partirei das seguintes premissas: a construção hegemônica do saber médico a partir do fim do século XVIII; e do poder que a medicina através do saber médico passou a exercer sobre os corpos doentes e não-doentes, alterando assim, a própria estrutura da vida, forçando os corpos à uma reconfiguração de corporeidade vigente na modernidade. Em suma, analisaremos o saber médico frente ao seu processo histórico e como esse saber apropriou-se de áreas externas à medicina influenciando diretamente na criação de políticas públicas, e na própria economia. É de vital interesse objetivar e problematizar todo o arcabouço medicinal, e mostrar uma dualidade nociva, de interesses políticos e econômicos, que são adeptos de uma dialética constante entre salvação, controle e utopia da vida.

Palavras-chave: Foucault; Medicina; Saber médico; Corpo.

 

Abstract: This article uses the theoretical basis for analysis of medical know held in Michel Foucault's book The Birth of the Clinic and the 1974 conference, The crisis of medicine or antimedicina. A priori, leave the following assumptions: the hegemonic construction of medical knowledge from the late eighteenth century; and power that medicine through medical know began to exert on sick bodies and non-patients, thus changing the very structure of life, forcing the body to a reconfiguration of the current embodiment of modernity. In short, we analyze medical know against its historical process and how this know appropriated outdoors medicine directly influencing the creation of public policies, and the economy itself. It is of vital interest to objectify and discuss all the medical framework, and show a harmful duality of political and economic interests, which are adherents of a constant dialectic between salvation, control and utopia of life.

Key words: Foucault; Medicine; Medical Knowledge; Body.

 

1 Graduando de 3º período do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas/Sociologia da Universidade Federal do Maranhão – UFMA/Campus de São Bernardo. Integrante do Grupo de Pesquisa NEO-BIO: Ontologia, Corpo e Biopolítica. andrelucasst@hotmail.com

 

Literatura Citada

COURTINE, Jean-Jacques. Introdução. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques ; VIGARELLO, Georges (Org.). História do Corpo. Tradução e revisão de Ephraim Ferreira Alves. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 7-13. v. 3.

FOUCAULT, Michel. O Nascimento da Clínica. Tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1977.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: o nascimento da Prisão. Tradução, Raquel Ramalhete. Petrópolis, Vozes 1987.

FOUCAULT, Michel. A crise da medicina ou crise da antimedicina. Tradução de Heliana Conde. Verve, n. 18, p. 167-194, out. 2010. Disponível em: <http://revistas.pucsp.br/index.php/verve/article/viewFile/8646/6432>. Acesso em: 20 jan. 2016.

FARHI NETO, Leon. Biopolíticas: as formulações de Foucault. Florianópolis: Editora Cidade Futura, 2010.

KECK, Frédéric; RABINOW, Paul. Invenção e Representação do Corpo Genético. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques ; VIGARELLO, Georges (Org.). História do Corpo. Tradução e revisão de Ephraim Ferreira Alves. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 83-107. v. 3.

MOULIN, Anne Marie. O corpo diante da medicina. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques ; VIGARELLO, Georges (Org.). História do Corpo. Tradução e revisão de Ephraim Ferreira Alves. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 15-82. v. 3.

ROSE, Nikolas. A política da própria vida: biomedicina, poder e subjetividade no século XXI. Tradução de Paulo Ferreira Valério. São Paulo: Paulus, 2013.

TONET, Ivo. A educação numa encruzilhada. In: MENEZES, Ana Maria Dorta de; FIGUEIREDO, Fábio Fonseca (Org.). Trabalho, Sociabilidade e educação: uma crítica à ordem do capital. Fortaleza: Ed. UFC, 2003. (Coleção Diálogos Intempestivos; 14).