Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Projeto SDS Amazonas: Perspectivas e Desafios para a Sustentabilidade

DOI: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v5n1p53-64

http://www.unama.br/seer/index.php/aos/index 

downloadpdf

Jaiarys C. Bataglin1 & Isak Krugliankas2

  

Resumo: O desenvolvimento sustentável como alternativa ao modelo hegemônico atual tem buscado minimizar os efeitos de riscos causados pela própria sociedade. O Fundo Amazônia, a exemplo disto, consiste em uma colaboração transnacional de diversos atores, que pretendem promover o uso sustentável das fl orestas no Bioma Amazônia, por meio de investimentos não-reembolsáveis em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento. O projeto SDS Amazonas – gerido pelo Fundo – além das ações de prevenção, objetiva o refl orestamento de áreas devastadas e o fortalecimento da gestão ambiental no Estado do Amazonas. Assim, o presente artigo buscou analisar as interferências de atuação do Estado no Sul da Amazônia, por meio do projeto SDS Amazonas, bem como suas relações com a sustentabilidade das populações benefi ciadas. Optou-se, portanto, por um estudo de natureza qualitativa, pois buscou-se avaliar a situação e gestão do referido projeto. A partir dos resultados alcançados, foi possível identifi car avanços e limitações referentes ao projeto, e assim, sugerir alternativas que levem em consideração os pressupostos da sustentabilidade.

Palavras-chave: Projetos Socioambientais. Desenvolvimento Sustentável. Fundo Amazônia.

 

Abstract: Fund, the example of this consists of a transnational collaboration of several actors who wish to promote sustainable use of forests in the Amazon Biome, through non-repayable investments in prevention, monitoring and combating deforestation. The SDS Amazonas project - managed by the Fund - as well as prevention, aims at reforestation of devastated areas and the strengthening of environmental management in the State of Amazonas. Thus, this paper aims to analyze the state action interference in the south of the Amazon, through the SDS Amazonas project as well as its relations with the sustainability of the benefi ciary populations. We decided, therefore, for a study of a qualitative nature, as we sought to assess the situation and management of this project. From the results obtained, it was possible to identify advances and limitations relating to the project, and thus suggest alternatives that take into account the conditions of sustainability.

Key words: environmental project; sustainable development; the Amazon Fund

 

1 Doutoranda em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Mestre em Desenvolvimento Regional pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2012). Graduada em Administração pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2009) e em Teologia pelo Centro de Ensino Superior de Maringá (2015). Co-autora do livro Negócios Internacionais e suas Aplicações no Brasil e Fundo Amazônia: cooperação internacional e gestão brasileira (FEA/USP). Áreas de pesquisa atuais: inovação social, empreendedorismo social, empreendimentos rurais familiares, sustentabilidade e gestão estratégica. E-mail: jaiarys@usp.br.
2 Diretor geral da Fundação Instituto de Administração (FIA). Professor titular na Universidade de São Paulo (USP). Doutor, livre docente e mestre em administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA/USP). Graduado em engenharia aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Professor visitante na Bentley School e Youngstown State University (EUA). Consultor de empresas em instituições nacionais e internacionais em sustentabilidade, gestão da inovação e de projetos. E-mail: ikruglia@gmail.com.

 

Literatura Citada

ALMEIDA, Jalcione; NAVARRO, Zander (Orgs.). Reconstruindo a agricultura: idéias e perspectivas do desenvolvimento rural sustentável. 2.ed.Porto Alegre: UFRGS, 1998.

ALMEIDA, Jalcione; NAVARRO, Zander. Da ideologia do progresso à idéia de desenvolvimento rural sustentável. In: ALMEIDA, J.; NAVARRO, Z. Reconstruindo a agricultura: idéias e ideais na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável. Porto Alegre: UFRGS, 1997b. p. 33-55.

BECK, Ulrich. The risk society: towards a new modernity. Londres: Sage, 1992. Prefi icio, cap. 1- 2.

BECK, Ulrich; GIDDENS, Anthony; LASH, Scott. Refl exive modernization: politics. Tradition and Aesthetics in the Modern Social Order. London : Polity Press, 1995.

BECKER, Bertha. Articulando o complexo urbano e o complexo verde na Amazônia. In: Um projeto para a Amazônia no século 21: desafi os e contribuições. Brasília (2009). 426 p. (p. 45-78). Disponível em: http://www.cgee.org.br/publicacoes/amazonia_2009.php>. Acesso em: 14 jun. 2013.

BNDES. Análise socioambiental de projetos. Disponível em: <https://goo.gl/yQFMyy>. Acesso em: 18 maio 2013.

CENAMO, Mariano Colini. Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+): Estudo de Oportunidades para o Sul do Amazonas/ Mariano Colini Cenamo; Gabriel

Cardoso Carrero; Pedro Gandolfo Soares. V.1. Manaus, 2011.

EISENHARDT, K. Building theory from case study research. Academy of Management Review, v. 14, n. 4, p.532–550, 1986.

FRANCO, Augusto de. O conceito de capital social e a procura de um índice sistêmico de desenvolvimento local integrado e sustentável. In: SILVEIRA, Caio Marcio da Costa; REIS, Liliane (Orgs). Desenvolvimento local: dinâmicas e estratégias. Rede DLIS/RITS, p. 153-162.

FUNDO DA AMAZÔNIA. Diretrizes e critérios para a aplicação dos recursos e focos de atuação para o biênio 2013 e 2014. Disponível em:<https://goo.gl/AKrcDx> Acesso em: 20 abr. 2016.

GIDDENS, Antony. As consequências da modernidade. São Paulo: Editora da UNESP, 1990.

IDESAM. Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas. Disponível em: < http://www.idesam.org.br/>. Acesso em: 10 abr. 2013.

IPAM. Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas. Redução de emissões de carbono associadas ao desmatamento no Brasil: O papel do Programa áreas Protegidas da Amazônia (ARPA). Brasilia, 2008.

ITEAM. Instituto de Terras do Amazonas. Disponível em: < http://www.iteam.am.gov.br/>. Acesso em: 03 ago. 2013.

MARCOVITCH, Jacques (Org.). Pioneirismo e Sustentabilidade na Amazônia. São Paulo: FEA/ USP, 2009-2013. Disponível em:<http://www.usp.br/mudarfuturo/cms>. Acesso em: 02 jul. 2013.

SACHS, I. Estratégias de transição para o século XXI: desenvolvimento e meio ambiente. São Paulo: Nobel/Fundap, 1993.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo: razão e emoção. 3.ed. São Paulo: Hucitec, 1999. p. 273.

SAVITZ, A.W. The triple bottom line. San Francisco, CA: Jossey Bass. SDS. Secretaria do Estado e do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas. Disponível em: < http://www.sds.am.gov.br/>. Acesso em: 20 maio 2013.

VEIGA, José Eli. Desenvolvimento sustentável: o desafi o do século XXI. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2005.

WCED. World Comission on Enviroment and Development. Our Common Future. Oxford University Press, Oxford. 1987. Disponível em: < http://upload.wikimedia.org/wikisource/en/d/d7/Our-common-future.pdf>. Acesso em: 03 out.2012.