Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Propriedades Mecânicas da Madeira de Acácia-Negra aos Quatro e Sete Anos de Idade

DOI: http://dx.doi.org/10.12953/2177-6830/rcm.v7n2p61-69

http://www.ufpel.tche.br/revistas/index.php/cienciadamadeira/index 

downloadpdf

Rafael A. Delucis1, André L. Missio2, Diego M. Stangerlin3, Darci A. Gatto2,4, Rafael Beltrame4

 

Resumo: O presente trabalho objetivou analisar propriedades mecânicas da madeira de acácia-negra proveniente de plantios abatidos aos quatro e sete anos de idade, com vistas a subsidiar sua utilização como material estrutural. Foram selecionadas 10 árvores em florestas do município de Piratini, estado do Rio Grande do Sul. As propriedades mecânicas foram avaliadas por meio de ensaios destrutivos (flexão, compressão paralela às fibras e dureza Janka) e não-destrutivos (técnica ultrassonora). Com base em suas propriedades mecânicas, analisadas comparativamente às obtidas em estudos antecedentes, a madeira de acácia-negra apresentou potencial para utilização em projetos estruturais. Como resultados atrativos, destacam-se os valores de 0,657 g.cm-3, 8368 MPa e 13859 MPa obtidos para massa específica e módulos de elasticidade à flexão e compressão paralela às fibras, respectivamente. Quanto à interação do fator idade, de maneira geral, verificou-se que a madeira proveniente da floresta de sete anos apresentou maiores propriedades mecânicas. O módulo de elasticidade dinâmico avaliado pelo método ultrassonoro apre-sentou correlações satisfatórias com as propriedades mecânicas avaliadas pelos testes mecânicos de flexão e compressão paralela às fibras.

Palavras-chave: qualidade da madeira; ensaios destrutivos; ultrassom.

 

Abstract: This study aims to analyze mechanical properties of black wattle wood from forest plantations felled with four and seven years old, in order to subsidize their use as a structural material. Ten trees were selected from forests located in Piratini city, Rio Grande do Sul State. Mechanical properties were evaluated by destructive (static bending, compression parallel to grain and Janka hardness) and nondestructive (ultrasound method) tests. Based on mechanical properties analyzed - comparatively with previous studies - black wattle wood presented a potential use in structural building. As attractive results, the values of 0,657 g.cm-3, 8368 MPa and 13859 MPa obtained for specific gravity and modulus of elasticity at both static bending and com-pression parallel to grain, respectively, should be highlighted. Regarding the interaction of the age factor, in general, wood from the forest plantation with seven years presented greater mechanical properties than wood from the forest plantation with four years. Dynamic modulus of elasticity evaluated by ultrasound method presented satisfactory correlations with mechanical prop-erties evaluated by static bending and compression parallel to grain tests.

Key words: wood quality; destructive testing; ultrasound.

 

1 Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e Materiais, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.
2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
3 Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil.
4 Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil.

 

Literatura Citada

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS - ASTM. Standard Test methods for small clear specimens of timber - ASTM D143-94. West Conshohocken: 2007. 32p.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS (ASTM). Standard practice for sampling forest trees for de-termination of clear wood properties - ASTM D5536-94. Philadelphia: 2010. 9p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. Projetos de estruturas de madeira – NBR 7190. Rio de Janeiro: 1997. 107p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRODUTORES DE FLO-RESTAS PLANTADAS (ABRAF). Anuário estatístico da ABRAF 2013, ano base 2012. Brasília: ABRAF, 2013. 148p.

BUCUR, V. Acoustics of Wood. 2º ed. Nova York, Springer-Verlag: 2006.

BRANCHERIAU, L. An alternative solution for the determi-nation of elastic parameters in free–free flexural vibration of a Timoshenko beam. Wood Science and Technology, v. 48, n. 6, p. 1269-1279, 2014.

CADEMARTORI, P.H.G.; MISSIO, A.L.; GATTO, D.A.; BELTRAME, R. Prediction of the Modulus of Elasticity of Eu-calyptus grandis Through Two Nondestructive Techniques. Floresta e Ambiente, v. 21, n. 3, p. 369-375, 2014.

CALLISTER Jr., W.D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução, 5º ed. São Paulo, LTC: 2002.

DELUCIS, R.A.; BELTRAME, R.; GATTO, D.A.; CADE-MARTORI, P.H.G.; SCHNEID, E. Análise da deformação re-sidual longitudinal e sua relação com propriedades tecnológi-cas da madeira de acácia-negra. Árvore, v. 39, n. 3, p. 585-594, 2015.

DELUCIS, R.A.; GATTO, D.A.; STANGERLIN, D.M.; BEL-TRAME, R.; TREVISAN, R. Qualificação da madeira de três espécies de coníferas oriundas de reflorestamentos jovens. Scientia Forestalis, v. 41, n. 100, p. 477-484, 2013.

EVERT, R. F. Esau's plant anatomy: meristems, cells, and tissues of the plant body: their structure, function, and de-velopment. 3a ed. New Jersey, John Wiley & Sons: 2006.

GATTO, D. A.; GONÇALVES, M. R. F; MATTOS, B. D.; CALEGARI, L.; STANGERLIN, D.M. Estimativa da deterioração da madeira de assoalho de prédio histórico por meio de ondas ultrassônicas. Cerne, v.18, p.651-656, 2012.

KOLLMANN, F.F.P.; CÔTÉ JUNIOR, W.A. Principles of wood science and technology. 1ª ed, Berlin, Springer-Verlag: 1968.

LORENZI, R.F.L.; ZORZI, J.E.; PEROTTONI, C.A. Instru-mentação para espectroscopia de ressonância de ultrassom. Cerâmica, v. 60, n. 355, p. 332-339, 2014.

MINÁ, A.J.S.; OLIVEIRA, F.G.R.; CALIL Jr., C.; DIAS, A.A.; SALES, A. Avaliação não destrutiva de postes de madeira por meio de ultra-som. Scientia Forestalis, v. 1, n. 65, p. 188-189, 2004.

MISSIO, A.L.; GATTO, D.A.; MODES, K.S.; SANTINI, E.J.; STANGERLIN, D.M.; CALEGARI, L. Método ultrassônico para estimativa do módulo de elasticidade de madeiras de Pi-nus taeda tratadas termicamente. Ciência Rural, v. 43, n. 4, p. 616-622, 2013a.

MISSIO, A.L.; GATTO, D.A.; MODES, K.S.; SANTINI, E.J.; STANGERLIN, D.M.; CALEGARI, L. Ultrassonic method for estimation of modulus of elasticity of Eucalyptus grandis wood. Agrária, v. 8, n. 1, p. 102-107, 2013b.

NESVIJSKI, E.G. On design of ultrasonic transducers and ac-curacy of velocity measurements. e-Journal of Nondestruc-tive Testing, v. 5, n. 2, n. p., 2000.

OLIVEIRA, F.G., CAMPOS, J.A.O., SALES, A. Ultrasonic Measurements In Brazilian Hardwood. Materials Research, v. 5, n. 1, p. 51-55, 2002.

OUYPORNPRASERT, W.; BOONYACHUT, S.; BOONYA-CHUT, S. Acacia mangium Willd as Structural Components and shear walls. Internacional Journal of Materials & Struc-tural Reliability, v. 3, n. 2, p. 67-86, 2005.

PANSHIN, A.J.; DE ZEEUW, C. Textbook of wood technol-ogy. 4a ed, New York: 1980.

PHUONG, L.;SHIDA, S.; SAITO, Y. Effects of heat treatment on brittleness of Styrax tonkinensis wood. Journal of Wood Science, v. 53, n. 3, p. 181-186, 2007.

SANTINI, E.J.; HASELEIN, C.R.; GATTO, D.A. Análise comparativa das propriedades físicas e mecânicas da madeira de três coníferas de florestas plantadas. Ciência Florestal, v. 10, n. 1, p. 85-93, 2000.

SERPA, P.N.; VITAL, B. R.; DELLA LUCIA, R.M.; PI-MENTA, A.S. Avaliação de algumas propriedades da madeira de Eucalyptus grandis, Eucalyptus saligna e Pinus elliottii. Ár-vore, v. 27, n. 5, p. 723-733, 2003.

STANGERLIN, D.M.; CALEGARI, L.; SANTINI, E.J.; DO-MINGUES, J.M.X.; GATTO, D.A.; MELO, R.R. Determina-ção do módulo de elasticidade em madeiras por meio de mé-todos destrutivo e não-destrutivo. Agrária, v. 3, n. 2, p. 145-150, 2008.

WEILER, M.; MISSIO, A.L.; GATTO, D.A.; GUTHS, W.G. Nondestructive evaluation of wood decayed by xylophagous organisms. Materials Research, v. 16, n. 5, p. 1203-1213, 2013.

WESSELS, C.B.; MALAN, F.S.; SEIFERT, S.; LOUW, J.H.; RYPSTRA, T. The prediction of the flexural lumber proper-ties from standing South African-grown Pinus patula trees. European Journal of Forest Research, v. 134, n. 1, p. 1-18, 2015.