Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Evaluation of Irrigation Levels in the Castor Bean (Ricinus communis L.) in the Brazilian Semiarid Region

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v21n05a08

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Breno R. Neves1, Marcelo R. dos Santos2 & Sérgio L. R. Donato3

 

Abstract: There has been an increase in the search for forms of renewable energy with lo environmental impacts, of which biodiesel is highlighted. The castor bean (Ricinus communis L.) is a major raw material for the derivation of these biomass-based fuels. Due to the lack of information in literature regarding irrigation in castor bean crops in the semiarid region of Bahia, the aim of this study was to evaluate different irrigation levels on growth and yield of castor beans in the semiarid region of Bahia. The study was conducted in an experimental area of the agricultural sector of the Federal Institute of Education, Science and Technology Campus, Guanambi, Bahia, Brazil. The experiment was setup in a completely randomized design with 4x5 factorial scheme, consisting of four irrigation levels (T1: 100% ETc, T2: 80% of ETc, T3: 60% of ETc and T4: 40% of ETc, with drip irrigation), five evaluation dates (65, 80, 95, 110 and 126 day after sowing) and four replications. The reduction in irrigation did not cause differences in plant height, stem diameter and crown diameter of the castor bean cultivar Paraguaçu. Irrigation at 80% ETc showed to be more suitable, with increased yield and water use efficiency.

Key words: biodiesel, sustainability, water resources

 

Resumo: É crescente a busca por formas de energia renovável e de menor impacto ambiental em que o biodiesel apresenta destaque. A mamona (Ricinus communis L.) é uma das principais matérias-prima para a derivação desses combustíveis de origem vegetal. Com a escassez de informações na literatura a respeito de irrigação na cultura da mamona em região de semiárido baiano, objetivou-se com este trabalho avaliar diferentes lâminas de irrigação no crescimento e produtividade de mamoneira irrigada por gotejamento em região semiárida da Bahia. O trabalho foi desenvolvido numa área experimental do setor de agricultura do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, Campus Guanambi. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial, quatro lâminas de irrigação, T1, 100% da ETc, T2, 80% da ETc, T3, 60% da ETc e T4, 40% da ETc, cinco datas de avaliação, 65, 80, 95, 110, e 126 dias após o plantio, e quatro repetições. . A redução na lâmina de irrigação não ocasionou diferenças na altura da planta, diâmetro do caule e diâmetro da copa para a mamoneira cultivar Paraguaçu. A programação da irrigação com 80% da ETc seria o mais indicado, com melhor produtividade e eficiência de uso da água.

Palavras-chave: biodiesel, recursos hídricos, sustentabilidade

 

1 Agronomy student at Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi, Bahia. E-mail: brenocumuru@gmail.com
2 Eng. Agro, Professor D.Sc. Instituto Federal Baiano, Campus Guanambi. E-mail: marcelo.rocha@guanambi.ifbaiano.edu.br
3 Eng. Agro, Professor D.Sc. Instituto Federal Baiano, Campus Guanambi. E-mail: sergiodonatoeaf@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ANA. Agência Nacional de Águas. Abailable at: http://hidroweb.ana.gov.br/HidroWeb.asp?TocItem=1080&TipoReg=7&MostraCon=false&CriaArq=false&TipoArq=1&SerieHist=true>. Access in: 11 mar. 2012.

ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D.; SMITH, M. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop water requirements. Irrigation and Dranaige Paper, 56. FAO: Rome. 1998. 300p.

BARRETO, H.B.F.; MEDEIROS, J.F.; MAIA, P.M.E.; COSTA, E.M.; OLIVEIRA, L.A.A. Avaliação do crescimento de acessos de mamona cultivada sob irrigação na região de Mossoró-RNBrasil. Revista Verde, Mossoró, v.5, n.2, p.185-193, 2010.

BERNARDO, S.; SOARES, A.A.; MANTOVANI, E.C.. Manual de Irrigação. 8. ed. Viçosa: Editora UFV, 2006. 625p.

BELTRÃO, N.E.M.; OLIVEIRA, M.I.P.; AMORIM, M.L.C.M. Opções para a produção de biodiesel no semiárido brasileiro em regime de sequeiro: porque algodão e mamona. Campina Grande: Embrapa Algodão (Documentos, 220). 2009. 36p.

BELTRÃO, N.E.M.; ROCHA, P.; MOTA, J.R.; SEVERINO, L.S.; CARDOSO, G.D.; SILVA, G.A.; QUEIROZ, U.C. Segmentos do agronegócio da mamona. I. Diagnóstico da ricinocultura da região de Irecê, estado da Bahia. I Congresso Brasileiro da Mamona. Anais. Embrapa Algodão. Campina Grande, 2004.

BELTRÃO, N.E.M.; SILVA, L.C. Os múltiplos usos do óleo da mamona (Ricinus communis L.) e a sua importância do seu cultivo no Brasil. Fibras e óleos, Campina Grande, n.31, p.7, 1999.

BISCARO, G.A.; VAZ, M.A.B.; GIACON, G.M.; GOMES, E.P.; SILVA, S.B.; MOTOMIYA, A.V.A. Produtividade de duas cultivares de mamona submetida a diferentes lâminas de irrigação suplementar. Campina Grande, PB: Revista Brasileira de Engenharia agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.16, n.9, p.925-930, 2012.

CARTAXO, W.V.; BELTRÃO, N.E.M.; SILVA, O.R.R.F.; SEVERINO, L.S.; SUASSUNA, N.D.; SOARES, J.J. O cultivo da mamoneira no semiárido brasileiro. Campina Grande: Embrapa Algodão (Circular Técnica, 77). 2004. 20p.

CARVALHO JÚNIOR, G.S.; PEREIRA, J.R.; QUESADO, F.C.; CASTRO, M.A.N.; SOUZA, D.F.; ABDALA, C.S.; ARAÚJO, W.P.; LIMA, F.V. Comportamento da mamoneira BRS energia em diferentes lâminas de irrigação. In. Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas, 4., João Pessoa, PB. Anais... João Pessoa, PB. 2010.

DOORENBOS, J.; PRUITT, J.O. Crop water requeriment. (FAO Irrigation and Drainage Paper 24). Rome: FAO, 1977. 144p.

DIAS, J.M.; SILVA, S.M.S.; GONDIM, T.M.S.; SEVERINO, L.S.; BELTRÃO, N.E.M.; BEZERRA, J.R.C.; VASCONCELOS, R.A.; Efeitos de diferentes quantidades de água de irrigação e de densidades populacionais na cultura da mamona. Congresso Brasileiro de mamona, 2., Aracaju, SE. 2006.

GOODWIN, I.; BOLAND, A.M. Scheduling deficit irrigation of fruit trees for optimizing water use efficiency In. Deficit Irrigation Practices, Water Reports, Roma, FAO, n.22, p.67-78, 2000.

JUNIOR, G.B.; GUERRA, H.O.C.; CAVALCANTI, M.F.; LACERDA, R.D.; Consumo de água e eficiência do uso para duas cultivares de mamona submetidas a estresse hídrico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.12, n.4, p.350-355, 2008.

PEREIRA JUNIOR, J.S. Nova delimitação do semi-árido brasileiro. Biblioteca Digital da Câmera dos Deputados. Centro de Documentação e Informação. Brasília, DF. 2007. 24p.

PIRES, M.M.; ALVES, J.M.; ALMEIDA NETO, J.A.; ALMEIDA, C.M.; SOUSA, G.S.; CRUZ, R.S.; MONTEIRO, R.; LOPES, B.S.; ROBRA S. Biodiesel de mamona: Uma avaliação econômica. In: Congresso Brasileiro da Mamona, 1., Anais. Embrapa Algodão. Campina Grande, 2004.

SOUSA, P.S.; FILHO, F.Q.P.; MEDEIROS, J.F.; MESQUITA, T.O.; OLIVEIRA, C.J.S.; NETO, A.J.A.; DIAS, A.F.S. Eficiência do uso da água pela mamoneira sob diferentes lâminas de irrigação. In: Congresso Brasileiro de Mamona, 3., Anais. SEAGRI/EMBRAPA, Salvador, BA. 2008.

SOUZA, A.S. Manejo cultural da mamoneira: época de plantio, irrigação, espaçamento e competição de cultivares. 2007. 211f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2007.

SILVA, S.M.S.; GHEYI, H.R.; BELTRÃO, N.E.M.; SANTOS, J.W.; SOARES, F.A.L. Dotações hídricas em densidades de plantas na cultura da mamoneira cv. BRS Energia. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v.4, n.3, p.338-348, 2009a. doi

SILVA, V.P.R.; CAMPOS, J.H.B.C.; AZEVEDO, P.V. Water-use efficiency and evapotranspiration of mango orchard grown in northeastern region of Brazil. Scientia Horticulturae, Netherlands, v.120, p. 467–472, 2009b. doi