Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Caracterização Tecnológica da Madeira de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v15n3p244-250

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

Ezequiel Gallio1*, Elio J. Santini2, Darci A. Gatto2, Joel T. de Souza2, Roger Ravasi2, Walmir M. de Menezes2, Paulo A. Floss3 & Rafael Beltrame4

 

Resumo: O conhecimento sobre as propriedades tecnológicas da madeira possibilita a obtenção de ferramentas que auxiliem na utilização adequada desse material. Portanto, o objetivo desse estudo foi realizar a caracterização tecnológica da madeira de Eucalyptus benthamii para potenciais utilizações. Para isso, utilizaram-se seis indivíduos arbóreos de um plantio florestal implantado na cidade de Guatambu, Santa Catarina. Para a caracterização física da madeira, foram retirados discos em três posições distintas do fuste de cada árvore, determinando a massa específica básica e a retratibilidade. Os corpos de prova para os ensaios mecânicos de compressão paralela às fibras, flexão dinâmica, flexão estática e dureza Janka foram obtidos de discos retirados das toras. O valor médio para a massa específica básica foi de 0,549 g cm-3, enquanto que os parâmetros de retratibilidade apresentaram-se semelhantes aos do gênero de eucalipto, com um coeficiente de anisotropia médio de 1,9, indicando que trata-se de uma espécie instável dimensionalmente. Os resultados obtidos junto aos ensaios mecânicos indicam que a madeira de Eucalyptus benthamii apresenta uma baixa resistência a esforços mecânicos, limitando sua utilização para tal finalidade. Portanto, a aplicação dessa espécie para finalidades que solicitem esforços mecânicos é limitada, fazendo-se necessário a realização de estudos acerca das demais propriedades dessa madeira.

Palavras-chave : propriedades físicas, propriedades mecânicas, qualidade da madeira.

 

Abstract : The knowledge about the technological properties of the wood enables the achievement of tools that assist in the adequate use of this material. Therefore, the aim of this study was accomplish the technological characterization of Eucalyptus benthamii wood for potential uses. For this, it was used six trees of the forestry plantation implanted in the Guatambu city, Santa Catarina State, Brazil. For the physical characterization of the wood, discs were obtained at three different positions of the trunk of each tree, determining the basic density and retractibility. The test pieces to the mechanical tests of parallel compression to the fibers, dynamic bending, static bending and Janka hardness were obtained from discs removed of the logs. The average basic density was 0.549 g cm-3, while the retractibility parameters were similar to those of genus eucalyptus, with an average anisotropy coefficient of 1.9, indicating that it is a specie unstable dimensionally. The results obtained from the mechanical tests show that the Eucalyptus benthamii wood has less resistant to mechanical stress, limiting its use for this purpose. Therefore, the application of this species for purposes applying mechanical stress is limited, making it necessary carrying out studies about the other properties of this wood.

Key words : physical properties, mechanical properties, wood quality.

 

1 Centro de Desenvolvimento Tecnológico, Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Campus Universitário s/n, CEP 96010-900, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. E-mail: egeng.florestal@gmail.com. *Autor para correspondência
2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Av. Roraima 1000, CEP 97105-900, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. E-mail: darcigatto@yahoo.com; joeltelles@hotmail.com; rogeravazi@gmail.com e walmirmenezessm@hotmail.com
3 Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Servidão Ferdinando Tusset s/n, CEP 89803-904, Chapecó, Santa Catarina, Brasil. Email: pfloss@epagri.sc.gov.br
4 Centro de Engenharias, UFPEL, Rua Conde Porto Alegre 793, CEP 96010-290, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. E-mail: beltrame.rafael@yahoo.com.br

  

Literatura Citada

ALVES, I.C.N.; GOMIDE, J.L.; COLODETTE, J.L.; SILVA, H.D. Caracterização tecnológica da madeira de Eucalyptus benthamii para produção de celulose kraft. Ciência Florestal, Santa Maria, v.21, n.1, p.167-174, 2011.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS - ASTM. Standard test methods for small clear specimens of timber. ASTM D 143 - 94, Philadelphia, 2000.

BATISTA, D.C.; KLITZKE, R.J.; SANTOS, C.V.T. Densidade básica e retratibilidade da madeira de clones de três espécies de Eucalyptus. Ciência Florestal, Santa Maria, n.4, p.665-674, 2010.

BELTRAME, R.; MATTOS, B.D.; GATTO, D.A.; LAZAROTTO, M.; HASELEIN, C.R.; SANTINI, E.J. Resistência ao impacto da madeira de nogueira-pecã em diferentes condições de umidade. Ciência Rural, Santa Maria, n.9, p.1583-1587, 2012.

BOTELHO, M.N. Caracterização das propriedades físicas e mecânicas da madeira de Piptadenia gonoacantha (Mart.) J. F. Macbr. 2011. 27f. Monografia (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2011.

CARVALHO, A. Denominações convencionais para propriedades da madeira. Madeiras Portuguesas, Estrutura Anatómica, Propriedades, Utilizações. Departamento de Engenharia de Madeiras, Escola Superior de Tecnologia de Viseu, 1996. v.1, 5p. Disponível em: <http://www.estgv.ipv.pt/PaginasPessoais/jqomarcelo/Tim3/tim3_TP1_Na2.pdf>. Acesso em: 07 set. 2015.

CASTRO, V.; ARAÚJO, R.D.; PARCHEN, C.; IWAKIRI, S. Avaliação dos efeitos de pré-tratamentos da madeira de Eucalyptus benthamii Maiden & Cambage no grau de compatibilidade com cimento Portland. Árvore, Viçosa, n.5, p.935-942, 2014.

DURLO, M.A.; MARCHIORI, J.N.C. Tecnologia da madeira: retratibilidade. Santa Maria: CEPEF/FATEC (Série Técnica, 10), Santa Maria, Rio Grande do Sul, 1992. 33p.

ELOY, E.; CARON, B.O.; TREVISAN, R.; BEHLING, A.; SOUZA, V.Q.; SCHMIDT, D. Variação axial e efeito do espaçamento na massa específica da madeira de Eucalyptus grandis e Acacia mearnsii. Ciência da Madeira, Pelotas, n.2, p.215-227, 2013.

FARIA, W.S.; RESENDE, D.R.; GUIMARÃES, I.L.; PROTÁSIO, T.P.; GUIMARÃES JUNIOR, J.B. Avaliação das propriedades físico-mecânicas da madeira de Eucalyptus camaldulensis tratado e não tratado com preservativo. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, n.21, p.287-293, 2015.

GONÇALEZ, J.C.; BREDA, L.C.S.; BARROS, J.F.M.; MACEDO, D.G.; JANIN, G.; COSTA, A.F.; VALE, A.T. Características tecnológicas das madeiras de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden e Eucalyptus cloeziana F. Muell visando ao seu aproveitamento na indústria moveleira. Ciência Florestal, Santa Maria, n.3, p.329-341, 2006.

GONÇALVES, F.G.; OLIVEIRA, J.T.S.; DELLA LUCIA, R.M.; SARTÓRIO, R.C. Estudo de algumas propriedades mecânicas da madeira de um híbrido clonal de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis. Árvore, Viçosa, n.3, p.501-509, 2009.

HASELEIN, C.R.; BERGER, R.; GOULART, M.; STHAL, J.; TREVISAN, R.; SANTINI, E.J.; LOPES, M.C. Propriedades de flexão estática da madeira úmida e a 12% de umidade de um clone de Eucalyptus saligna Smith sob o efeito do espaçamento e da adubação. Ciência Florestal, Santa Maria, n.2, p.147-152, 2002.

HIGA, R.C.V.; PEREIRA, J.C.D. Usos potenciais do Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. Colombo: Embrapa Florestas, (Comunicado Técnico, 100), Colombo, Paraná, 2003. 4p.

INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE - ICMBio. Plano de manejo da Floresta Nacional de Chapecó. Resumo Executivo, 49f, Florianópolis, 2013. Disponível em: <http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/docs-planos-demanejo/flona_chapeco_pm_res_exec.pdf>. Acesso em: 08 ago. 2016.

MORAES NETO, S.P.; TELES, R.F.; RODRIGUES, T.O.; VALE, A.T.; SOUZA, M.R. Propriedades físicas da madeira de cinco procedências de Pinus caribaea var. hondurensis implantadas no cerrado do Distrito Federal, DF. Planaltina: Embrapa Cerrados (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 243), Planaltina, Distrito Federal, 2009. 19p.

MORESCHI, J.C. Propriedades tecnológicas da madeira. Apostila. Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal. Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009. 208p.

NASSUR, O.A.C. Variabilidade das propriedades tecnológicas da madeira de Toona ciliata M. Roem. com dezoito anos de idade. 2010. 84f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da madeira, Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.

NISGOSKI, S.; MUÑIZ, G.I.B.; KLOCK, U. Caracterização anatômica da madeira de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage. Ciência Florestal, Santa Maria, n.1, p.67-76, 1998.

OLIVEIRA, J.T.S.; TOMAZELLO FILHO, M.; FIEDLER, N.C. Avaliação da retratibilidade da madeira de sete espécies de Eucalyptus. Árvore, Viçosa, n.5, p.929-936, 2010.

PALERMO, G.P.M.; LATORRACA, J.V.F.; REZENDE, M.A.; NASCIMENTO, A.M.; SEVERO, E.T.D.; ABREU, H.S. Análise da densidade da madeira de Pinus elliottii Engelm. por meio de radiação gama de acordo com as direções estruturais (longitudinal e radial) e a idade de crescimento. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v.10, n.2, p.47-57, 2003.

SILVA, L.D. Melhoramento genético de Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage visando a produção de madeira serrada em áreas de ocorrência de geadas severas. 2008. 275f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Curso de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

SILVA, J.C.; OLIVEIRA, J.T.S.; XAVIER, B.A.; CASTRO, V.R. Variação da retratibilidade da madeira de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden, em função da idade e da posição radial no tronco. Árvore, Viçosa, n.5, p.803-810, 2006.

SILVA, J.C. Caracterização da madeira de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden, de diferentes idades, visando a sua utilização na indústria moveleira. 2002. 181f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Curso de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2002.

SOUZA, J.T.; FILIPINI, F.R.; BORTOLUZI, R.N.G.; BELTRAME, R.; VIVIAN, M.A.; MENEZES, W.M. Comportamento da flexão dinâmica na madeira de Patagonula americana L. e Ocotea catharinensis Mez. Ciência da Madeira, Pelotas, n.2, p.228-237, 2013.

TREVISAN, R.; HASELEIN, C.R.; MELO, R.R.; STANGERLIN, D.M.; BELTRAME, R.; GATTO, D.A.; CALEGARI, L. Variação radial da massa específica básica da madeira de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden. Floresta, Curitiba, n.3, p.553-559, 2008.

XAVIER, R.B.L. Avaliação da dureza janka, densidade e estabilidade de quatro espécies de Eucalyptus implantadas no Estado do Rio de Janeiro. 2008. 31f. Monografia (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto de Florestas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Seropédica, 2008.