Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Dinâmicas Territoriais e Produção do Espaço no Município de Canaã dos Carajás Antes e Depois da Chegada da Mineração

DOI: http://dx.doi.org/10.17552/2358-7040/bag.v3n5p112-130

http://boletimamazonicodegeografia.ufpa.br/index.php/revista 

downloadpdf

Luana F. Medeiros1

 

Resumo: O presente trabalho objetiva abordar as ideias centrais sobre a categoria território, no entendimento da importância na análise socioespacial do município minerador Canaã dos Carajás, considerando suas características e produção do espaço ao longo de dez anos. Partindo de uma leitura teórica sobre produção do espaço sob a ótica da dialética e das transformações, ocorridas nesse período, que modificaram o espaço com a chegada das empresas de mineração. Baseado nos indicadores socioeconômicos e de desenvolvimento de dez anos, partimos para uma análise dialética do desenvolvimento, modernização com uma diretriz contrária à lógica do sistema capitalista e do poder de dominação dos governos sobre o uso do território.

Palavras-chave: Espaço. Território. Município. Mineração.

 

Abstract: the present study aims to address the central ideas of the category territory in understanding the importance in socio-spatial analysis of the mining municipality Canaan. Considering its features and production space over ten years. From a theoretical reading of production space from the perspective of dialectic and transformations in this period that have changed the space with the arrival of mining companies. Based on economic indicators and partners ten years development, we set off for a dialectical analysis of development, modernization with a contrary logic guideline system of capitalism and the power of domination of governments on the use of the territory.

Keywords: space, territory, county, mining.

 

1 Graduada em Sociologia-Universidade da Amazônia. Pós-Graduação Especialização em Gestão do Terceiro Setor- Faculdade do Pará. Mestranda em Geografia e Pesquisadora do Grupo Acadêmico Produção do Território e Meio Ambiente na Amazônia (GAPTA/CNPq). luacfaria@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

DNPM. Departamento Nacional de Produção Mineral. CFEM. Disponível em: http://www.dnpm.gov.br. Acesso em: 24 maio. 2016.

ENRIQUEZ, M. A. R. da S. Mineração: maldição ou dádiva? Os dilemas do desenvolvimento sustentável a partir de uma base mineira. São Paulo: Signus Editora, 2008. 25p.

FIRJAN. Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal. Disponível em: http://www.firjan.org.br/data/pages/2C908CE9229431C90122A3B25FA534A2.htm. Acesso em: 24 maio. 2016.

HARVEY, D. The limits to capital. Oxford: Basil Blackwell, 1982. 592p.

HARVEY, D. Spaces of global capitalism: towards a theory of uneven geographical development. London; New York: Verso, 2006. 252p.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico de 1980, 1990, 2000 e 2010. Rio de Janeiro: IBGE. 122p.

IPEA. Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Diretoria de Estudos e Políticas Sociais. Pobreza no Brasil. Estudo publicado em set./maio/2016.

IDESP. Instituto do Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará. Disponível em: http://www.idesp.pa.gov.br/paginas/produtos/Estatistica_Municipal/pdf/CanaaCarajas.pdf. 24 de Maio 2016.

LÊNIN, V. I. O desenvolvimento do capitalismo na Rússia: o processo de formação do mercado interno para a grande indústria. Trad. José Paulo Netto. São Paulo: Abril Cultural, 1982. 404p.

LEFEBVRE, H. The production of space. USA: Ed. Blakweel, 1991. 464p.

LIMONAD, E. Algumas considerações sobre o desenvolvimento. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais. Rio de Janeiro, 2013. 10p.

LOUREIRO, V. R. Amazônia: História e Análise de Problemas (do período da borracha aos dias atuais). Belém: Editora CEJUP, 2002. v. 1. 128p.

NAHUM, J. S. Dinâmicas Territoriais e Políticas no Município de Barcarena (PA). 1. ed. Belém: Editora Açaí, 2011. 188p.

PALHETA DA SILVA, J.M. Território e Mineração em Carajás. Belém: Ed. Gapta/UFPA, 2013. 275p.

RAFFESTIN, C. Paysage et territorialité-Cahiers de géographie du Québec, vol. 21, n° 53- 54, 1977, p. 123-134.

RAFFESTIN, C. Space, territory, and territoriality. In: Environment and Planning D: Society and Space. 2012, volume 30, p.121-141.

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Ática, 1993, 37p.

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado. 6. ed. São Paulo: Editora EDUSP, 2008. 28p.

SAQUET, M. O desenvolvimento numa perspectiva territorial, multidimensional e democrática. Artigos e Ensaios, Revista Resgate. São Paulo, 2011. 22p.

SMITH, N. Desenvolvimento desigual. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988. 219p.

SPOSITO, M. E. B. A produção do espaço urbano: escalas, diferenças e desigualdades socioespaciais. In: CARLOS, A. F. A.; SOUZA, M. L.; SPOSITO, M. E. B. (Orgs) A produção do espaço urbano: agentes e processos, escalas e desafios. São Paulo: Contexto, 2011. 56p.

SOUZA, M. L. de. Planejamento e gestão urbanos como ferramentas de promoção do desenvolvimento sócio-espacial. In: Mudar de cidade: uma introdução crítica ao planejamento e à gestão urbanos. 3. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004. 122p.