Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Educação, História e Religião: A Companhia de Jesus Dentro do Contexto Religioso Reformista do Século XVI

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v26n65p51-64

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

Célio J. Costa1 & Anderson dos S. de Oliveira2

 

Resumo: O objetivo deste texto é discutir a Companhia de Jesus na realidade europeia, lusa e brasílica quinhentista, mormente no que diz respeito ao contexto religioso reformista. Analisaremos a religiosidade europeia do quinhentos, pois foi desse espírito que emergiu a Companhia. No contexto europeu, destacaremos o espírito reformista, e, no português, além disso, também, mostraremos como ele estava imbricado ao espírito mercantil. Isso porque, a nosso ver, é principalmente dentro dessa mentalidade, reformista e mercantil, que os padres jesuítas vieram e atuaram no Brasil. Dentro da realidade quinhentista, a Companhia foi repensada, reformulada e reorganizada, de conformidade com os lugares onde atuou e ante a necessidade das responsabilidades que assumiu. Foram verdadeiros soldados desse espírito reformado e reformista, tanto em sua defesa quanto na sua propagação.

Palavras-chave: Educação. Companhia de Jesus. Religiosidade. Século XVI.

 

Abstract: The objective of this paper is to discuss the Society of Jesus in the European, Portuguese and Brazilian reality of the sixteenth century, especially with regard to the reformist religious context. We will review the five hundred European religiosity because it was this spirit that emerged Company. In the European context, highlight the reformist spirit; and, in Portuguese, in addition at it, also show how he was imbricated the mercantile spirit. This is because, in our view, is mainly within that mindset, reformist and mercantile, the Jesuits came and worked in Brazil. Inside the sixteenth century, the Company has been rethought, redesigned and reorganized in accordance with the places where he worked and given the need of the responsibilities assumed. They were true soldiers of that spirit renovated and reformist, both in its defense and in its spread.

Key words: Education. Society of Jesus. Religiosity. 16th Century.

 

1 Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá/PR – Brasil
2 Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá/PR – Brasil

 

Literatura Citada

BOXER, Charles Ralfh. A Igreja e a Expansão Ibérica (1440-1770). Lisboa: Edições 70, 1978.

BRESCIANI, Carlos (org.). Companhia de Jesus: 450 anos a serviço do povo Brasileiro. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

COSTA, Célio Juvenal. A racionalidade jesuítica em tempos de arredondamento do mundo: o Império Português (1540-1599). Tese de doutoramento. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba, 2004.

COSTA, Célio Juvenal. Os jesuítas no Brasil: servos do papa e súditos do rei. Diálogos, Maringá, v. 10, p. 37-61, 2006.

DANIEL-ROPS. A Igreja do Renascimento e da Reforma – uma era de renovação: a Reforma Católica. Tomo IV, volume 2o da História da Igreja de Cristo. Porto: Tavares Martins, 1969.

DIAS, José Sebastião da Silva. Corrente de sentimento religioso em Portugal (séculos XVI a XVIII). Tomo I, Coimbra: Universidade de Coimbra, 1960.

DICKENS, A.G. A contra reforma. Trad. Antônio Gonçalves Mattoso. Lisboa: Verbo, 1972.

DREHER, Martin Norberto. Como entender as transformações da religião no século XVI. In: MAINKA, Peter Johann (Org.). A caminho do mundo moderno: concepções clássicas da Filosofia Política no século XVI e o seu contexto histórico. Maringá: DUEM, 2007.

FERREIRA JR., Amarilio. Os jesuítas na pesquisa educacional. In: FERREIRA JR., Amarilio (Org.). Educação jesuítica no mundo colonial ibérico (1549-1768). Brasília: O Instituto, 1981. p. 13-32.

GARCIA-VILLOSLADA, Ricardo. Paris: amigos no Senhor. Os votos de Montmartre. In: GARCIA-VILLOSLADA, Ricardo. Santo Inácio de Loyola nova biografia. São Paulo: Edições Loyola, 1991.

HANSEN, João Adolfo. A civilização pela palavra. In: LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano Mendes; VEIGA, Cynthia Greive. 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

LACOUTURE, Jean. Os Jesuítas – os conquistadores. Vol 1. Porto Alegre: L&PM, 1994.

LEITE (S J.), SERAFIM. História da Companhia de Jesus no Brasil. 1 vol. Belo Horizonte - Rio de Janeiro: Itatiaia, 2000.

LEITE (S J.), SERAFIM. (org). Monumenta Brasiliae. Volume I (1538-1553). Roma: A Patribus Eiusdem Societatis Edita 1956. Monumenta Historica Societatis Iesu, v. 79; Monumenta Missionum Societatis Iesu, v. X; Missiones Occidentales.

MARTINA, Giacomo. Historia da igreja, de Lutero a nossos dias. Vol. I. Trad. Orlando Soares Moreira. São Paulo: Loyola, 1997.

MARTINS, Flat James de Souza. Educação e Religião em Portugal no Século XVI: O Catecismo Romano e o Ratio Studiorum. (117 f). Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Célio Juvenal Costa. Maringá, 2011.

MULLETT, Michael. A Contra-Reforma e a reforma católica nos princípios da Idade Moderna européia. Lisboa: Gadiva, 1985.

O’MALLEY, John W. Os primeiros jesuítas. São Leopoldo: UNISINOS; Bauru: Edusc, 2004.

PAIVA, José Maria de. PAIVA, José Maria de. Colonização e Catequese. São Paulo: Arké, 2006.

PAIVA, José Maria de. O papel da catequese dos índios no processo de colonização – 1549-1600. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Dr. Casemiro dos Reis Filho. Campinas, 1978.

PAIVA, José Maria de. Religiosidade e cultura brasileira. Maringá: EDUEM, 2012.

RAVIER, André. Santo Inácio funda a Companhia de Jesus. São Paulo: Edições Loyola, 1982.

SARAIVA, José Hermano. História concisa de Portugal. Lisboa: Europa-América, 1996.

SEBE, José Carlos. Os Jesuítas. São Paulo: Editora Brasiliense, 1982.

WRIGHT, Jonathan. Os jesuítas: missões, mitos e histórias. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2006.