Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação da Qualidade do Ar e Ambiente Térmico em Maternidade Suinícola no Semiárido Paraibano1

DOI: http://dx.doi.org/10.12722/0101-756X.v28n01a02

http://www.abeas.com.br/wt/revista.php 

downloadpdf

Daniele Amancio2, Dermeval A. Furtado3, José W. B. do Nascimento3 & Luana de F. D. dos Santos4

 

Resumo: Objetivou-se, com este trabalho, avaliar os parâmetros de conforto térmico, a concentração dos gases oxigênio (O2), amônia (NH3), metano (CH4) e monóxido de carbono (CO) e a qualidade microbiológica do ar em maternidade de suíno no inverno, na região semiárida paraibana. As variáveis climáticas analisadas foram à temperatura de bulbo seco, temperatura de globo e o índice de temperatura de globo e umidade (ITGU). Analisaram-se também, os principais fungos encontrados na maternidade. O delineamento experimental utilizado para a análise dos resultados foi o inteiramente ao acaso (DIC). Observou-se desconforto térmico para os leitões em todos os horários estudados. As variáveis climáticas indicam que o uso de aquecimento para os leitões no período de inverno, é indispensável. Para as matrizes, o ambiente térmico mostrou-se desconfortável. As concentrações de H2S e CO foram inferiores a 1 ppm, o CH4 foi inferior a 0,1%, o O2 ficou em 21%, NH3 de 5,6 a 7,2 ppm, concentrações que se encontram dentro do recomendado pelos órgãos nacionais e internacionais. Na análise microbiológica foram encontrados os gêneros de fungos Aspergillus, Penicillium e Fusarium, considerados portadores alérgicos ou infecciosos, tanto para os trabalhadores como para os animais, mesmo em instalações abertas.

Palavras-chave: conforto térmico, gases, leitões, matrizes

 

Abstract: The objective of this study was to evaluate the thermal comfort parameters, the concentration of oxygen gas (O2), ammonia (NH3), methane (CH4) and carbon monoxide (CO), sound pressure level (noise) and quality microbiological air in a maternity pig, in winter, in the semiarid region of Paraiba. Climatic variables analyzed were dry bulb temperature, globe temperature index and globe temperature and humidity (BGT). We analyzed also the main fungi found in motherhood. The experimental design used for the analysis of the results was completely randomized (CRD). It was observed that, in relation to the environmental parameters, there thermal discomfort for the piglets at all times studied. Environmental variables indicate that the use of heating for the piglets during the winter, it is indispensable. For arrays, the thermal environment proved uncomfortable. The concentrations of H2S and CO were below 1 ppm CH4 was less than 0.1%, O2 was 21% NH3 5.6 to 7.2 ppm concentrations are within the recommended by national and international. The average noise level was 63.6 to 71.0 dB and peak from 72.6 to 79.6 dB below therefore permitted by the standard NR-15. Microbiological analysis were found in the genera Aspergillus, Penicillium and Fusarium, considered patients allergic or infectious, both for workers and for the animals, even in open.

Key words: thermal comfort, gases, piglets, matrices, sounds

 

1 Parte da Dissertação de Mestrado do primeiro autor;
2 Doutoranda no programa de Engenharia Agrícola em Construções Rurais e Ambiência, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Av. Aprígio Veloso, 882 – Bodoncogó – CEP 58.109-970 – Campina Grande. E-mail: danielleamancio@yahoo.com.br;
3 Professores Adjuntos do DEAG/UFCG – Campina Grande – PB. E-mail: dermeval@deag.ufcg.edu.br; wallace@deag.ufcg.edu.br
4 Doutoranda no programa de Engenharia Agrícola em Construções Rurais e Ambiência (UFCG). E-mail: luana_jppb@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ABIPECS. Site. http://www.abipecs.org.br/pt/estatisticas/mundial/consumo-2html. Acessado em: 09 de Setembro de 2013.

BARKER, J.; CURTIS, S.; HOGSETT, O.; et al. Waste quality & waste management: Safety in swine productions systems. North Caroline: Cooperative Extension service, 2002, Benedi, J. M.H. EL ambiente de los alojamientos ganaderos. Hojas Divulgadoras, v.6, n.1, p.286, 2002.

BENEDI, J.M.H. El ambiente de los alojamientos ganaderos. Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentacion, Servicio de Extensión Agrária, Madri. Hojas divulgadoras, n.6/68 HD, 1986. 28p.

BUFFINGTON, D.E.; COLLASSO-AROCHO, A.; CANTON, G.H.; et al. Black globe-humidity index (BGHI) as comfort equation for dairy cows. Transactions of the ASAE, v.24, n.3, p.711-714, 1981. doi

CAMPOS, J.A.; TINOCO, I.de F.F.; BAÊTA, F da C.; et al. Qualidade do ar, ambiente térmico e desempenho de suínos criados em creches com dimensões diferentes. Engenharia Agrícola, v.29, n.3, p.339-347, 2009.

CARY, R.; CLARKE, S.; DELIC, J. Effects of combined exposure to noise and toxic substances-critical review of the literature. Annals of Occupational Hygiene, v.41, n.4, p.455-465, 1996

CIGR- Commission Internationale du Génie Rural. Aerial environment in animal housing: concentrations in and emissions from farm buildings. Dublin, 1994. 116p.

CUTLER, R.S.; SPICER, E.M.; PRIME, R.W. Neonatal mortaly: The Influence of mamagement. In: Production II. Proceedings of the Biennial Conference of the Australasian Pig Science, Werribie, Australian; Australasian Pig Science Association, P.122-1126. 1989.

ESMAY, M.L. Principles of animal environment. Westport CT: ABI Publishing, 1982, 325p.

FERREIRA, R.A. Maior produção com melhor ambiente para aves, suínos e bovinos. Viçosa: Aprenda Fácil, 2005. 371p.

HARRIGAN, W.F. Laboratory methods in food microbiology. 3ª ed. 532p. Academic Press: San Diego, 1998.

HURTGEN, G.P.; LEMAN, A.D. Seasonal influence on fertility of sows and gilts. Journal Animal Veterinary Medical Association, v.177, p.631-635, 1980.

LOVE, R.J. Seasonal infertility in pigs. Veterinary Record, v.109, p.407-409, 1981. doi

MABITT, L. A.; Davis, F. L.; Law, B. A.; et al. Microbiology of milk and milk products. In: Essays in Agricultural and Food Microbiology, Norris, J.;R.; Pettipher, G.;L. (eds), New York: p.135-166, 1987.

MENDES, A.S. Efeito do manejo da ventilação natural no ambiente de salas de maternidade para suínos. Piracicaba: Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Universidade de São Paulo, 2005. 107p. Tese (Mestrado em Agronomia).

MOURA, D.J. Ventilação na suinocultura. In: Silva, I.J.O (Ed.) Ambiência e qualidade na produção industrial de suínos. Piracicaba: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz, 1999. p.149-179.

NECOECHEA, A.R. Doenças e meio ambiente. Suinocultura Industrial, v.8, n.8, p.13-26; 1986

NR-15 Brasil. Ministério do trabalho, Portaria nº 3.214 de 8 de Junho de 1978: Normas regulamentadoras relativas a segurança e medicina do trabalho. In: Manual de Legislação de Atlas de Segurança e Medicina do Trabalho, 33ª ed., São Paulo: Atlas, 1996. 523p.

PANDORFI, H; SILVA, I.J.O; MOURA, D.J de; et al. Microclima de abrigos escamoteadores para leitões submetidos a diferentes sistemas de aquecimento no período de inverno. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.9, n.1, p.99-106, 2005. doi

PERDOMO, C.C.; KOZEN, EA.; SOBESTIANSKY, J.; et al. Considerações sobre edificações para suínos. In: Curso de atualização sobre a produção de suínos, 4., 1985, Concórdia, SC [Anais], Concórdia: EMBRAPA - CNPSA.

PIFFER, IA.; PERDOMO, C.C.; SOBESTIANSKY, J. et al. Efeito de fatores ambientais na ocorrência de doenças. p. 255-274. In: SOBESTIANSKY, J., WENTZ, I., SILVEIRA, P.R.S.; SESTI, LAC. Suinocultura Intensiva. Brasília: EMBRAPA, 1998. 387p.

ROZEBOOM, K.; SEE, T.; FLOWERS, B. Coping with seasonal infertility in the herd: part I, 2000. (http:// mark.asci.ncsu.edu/Swine_News/ 2000/sn_v2303.htm). Acessado em: Janeiro de 2012.

SAEG - Sistema para Análise Estatística e Genética. Fundação Artur Bernardes, V.5.0/1993. UFV-MG Registo 07517-5ª.

SALIBA, T.M.; CORRÊA, M.A.C. Manual prático de avaliação e controle de gases e valores - PPRA. São Paulo: Ed. LTR, 2000. 132p

SAMPAIO, C.A.P. Caracterização dos sistemas térmicos e acústicos em sistemas de produção de suínos nas fases de creche e terminação. Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola UNICAMP, 2004.121p. Tese de Doutorado.

SCHMIDT, D.R.; JACOBSON, L.D.; JANNI, K.A. Continuous monitoring ofammonia, hydrogen sulfide and dust emissions from swine, dairy and poultry barns. ASAE, Chicago, Illinois, U.S., 2002, 14p.

SILVA, R.A.; CHALFOUN, S.M.; SILVA, M.A.M.; et al. Inquérito sobre o consumo de alimentos possíveis de contaminação por micotoxinas na ingesta alimentar de escolares da cidade de Lavras, MG. Ciênciae Agrotécnologia, v.31, n.2, p.439-447, 2007. doi

SILVEIRA, N.A.; NÄÄS, I de A.; MOURA, D.J de.; et al. Ambiência aérea em maternidade e creche de suínos. Engenharia Agrícola, v.29, n.3, p.348-357, 2009. doi

TAMMINGA, S.; VERSTEGEN, N.W.A. Implication of nutrition of animals on environmental pollution: In: GARNSWORTH, P.C.; HARGSIGN,W.; COLE,D.I.a eds. Recent advances in nutrition, 1992. Oxford. Bulterworth- Heinemann, 1992. p.113-130.