Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Pós-Graduação em Ciência do Solo no Brasil – Avanços e Perspectivas

DOI: http://dx.doi.org/10.12722/0101-756X.v28n01a04

http://www.abeas.com.br/wt/revista.php 

downloadpdf

Marcos A. B. Trajano1, Carlos A. Ceretta2, Fernando B. Razuck3 & Maria R. C. Schetinger4

 

Resumo: O objetivo do trabalho foi traçar avanços e perspectivas da Pós-Graduação em Ciência do Solo no Brasil tendo como referência os programas existentes, bem como a influência da produção científica escrita na evolução destes programas, na vigência dos QUALIS anterior e atual. Os dados foram obtidos nos cadernos de indicadores no portal da CAPES e do GeoCAPES. Os dados de produção científica se pautaram no período de 1998 a 2009, que foi dividido em duas fases. Os dados de 1998 a 2006 foram considerados como QUALIS anterior e os de 2007 a 2009, como QUALIS atual. As variáveis analisadas foram: trabalhos publicados em periódicos nacionais e internacionais no QUALIS anterior e no QUALIS atual; resumos e trabalhos completos em congressos científicos; teses e dissertações; e médias de trabalhos por professor orientador e por conceitos dos programas. O estudo evidenciou crescimento em torno de 20% no número de programas de Pós-Graduação em Ciência do Solo desde 2003. A produção científica em Ciência do Solo se mostrou em ascensão e com a Região Sudeste apresentando os maiores quantitativos nos QUALIS anterior e atual. Verificou-se que a produção científica no QUALIS A1 e A2 necessita ser incrementada. Os professores orientadores foram mais produtivos no QUALIS atual e os programas com conceito 7 apresentaram os maiores índices de produção científica em periódicos tanto no QUALIS anterior quanto no atual. As assimetrias na distribuição dos programas de Pós-Graduação em Ciência do Solo no Brasil continuam persistentes uma vez que não foram registrados programas nas Regiões Norte e Centro-Oeste.

Palavras-chave: cienciometria, pesquisa, QUALIS

 

Abstract: The objective of this work was to indicate advances and prospects about the Brazilian Soil Science Graduate Programs, taking as references the current programs, as well as the influence of the written scientific production in the evolution of these programs in the previous and current QUALIS. The data was obtained at the CAPES and GeoCAPES websites. In this study we considered the scientific production data in the period since 1998 until 2009. The data from 1998 to 2006 was analyzed as previous QUALIS and these ones in the period 2007 to 2009, analyzed as current QUALIS. The variables analyzed were: papers published in nationals and internationals journals at the previous QUALIS and the current QUALIS; abstracts and full papers in scientific conferences; theses and dissertations; and the average of published paper by tutor and the programs concepts. This study showed a growth around 20% in the number of the Soil Science Graduate Programs since 2003. The written scientific production in Soil Science showed rising with a strong growth tendency and with the Brazilian Southwest Region presenting the greatest quantitative at the previous and current QUALIS. We verified that the scientific production at A1 and A2 QUALIS needs to be increased. The tutors were more productive in the current QUALIS and the programs with the concepts 7 showed the highest levels of scientific output in journals with both the previous and current QUALIS. The asymmetries in the distribution of Brazilian Soil Science Graduate Programs remain persistent since that the Brazilian Midwest and North Region didn’t present any specific Program in this area.

Key words: scientometrics, research, QUALIS

 

1 Engenheiro Agrônomo pela UFPB, Doutorando em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde na UFSM e Analista em Ciência e Tecnologia na CAPES. E-mail: marcos.trajano@capes.gov.br
2 Engenheiro Agrônomo pela UFSM, Professor Doutor do Curso de Agronomia na UFSM. E-mail: carlosceretta@ufsm.br
3 Químico pela UnB, Doutor em Educação pela UnB e Analista em Ciência e Tecnologia na CAPES. E-mail: fernando.razuck@capes.gov.br
4 Bióloga pela UFRGS, Professora Doutora do Curso de Ciências Biológicas na UFSM. E-mail: mariachitolina@gmail.com

 

Literatura Citada

 

ABREU-RODRIGUES, Josele. A qualidade da publicação científica. Teoria e Pesquisa, Brasília, v.25, n.1, p.iii-v, 2009.

AGRA, Karina Galdino. Perfil da pesquisa e da produção científica da Universidade Federal de Alagoas através de seus Programas de Pós-Graduação. 2004. 202 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

ALLEONI, Luiz Reinaldo Ferracciú. Desafios da química do solo brasileira. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 31., Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: SBCS, 2007.

ANDRADE, Jailson Bittencourt; GALEMBECK, Fernando. Qualis: Quo Vadis? Química. Nova, São Paulo, v.32, n. 1, p.1-5, 2009.

BARATA, Germana Fernandes. Nature e Science: mudança na comunicação da ciência e contribuição da ciência brasileira (1936-2009). 2010. 235 f. Tese (Doutorado em História Social)-Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

BARRETO, Alberto Giaroli de Oliveira Pereira; BARROS, Marcelo Geraldo Estriga; SPAROVEK, Gerd. Bibliometria, história e geografia da pesquisa brasileira em erosão acelerada do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.32, n. 6, p.2443-2460, 2008.

BRISOLLA, Sandra Negraes. Indicadores para apoio à tomada de decisão. Ciência da Informação, Brasília, v.27, n. 2, p.221-225, 1998.

CAMARGO, Flávio Anastácio Oliveira. Apresentação. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 31., Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: SBCS, 2007.

CAMARGO, Flávio Anastácio Oliveira; ALVAREZ, Victor Hugo; BAVEYE, Philippe Christian. Brazilian Soil Science: from its inception to the future, and beyond. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.34, n. 3, p.589-599, 2010.

CAMPOS, José Nilson Bezerra. Qualis periódicos: conceitos e práticas nas Engenharias I. Revista Brasileira de Pós- Graduação, Brasília, v.7, n. 14, p.477-503, 2010.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área, Triênio 2007-2009, Ciências Agrárias. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/avaliacao/documentos-de-area-/3270>. Acesso em: 02 de fevereiro de 2013.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Qualis Periódicos. Disponível em <http://www.capes.gov.br/avaliacao/Qualis> Acesso em 05 de janeiro de 2013.

CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Mestrados/Doutorados Reconhecidos. Disponível em <http://conteudoweb.capes.gov.br/conteudoweb/ProjetoRelacaoCursosServlet?acao=pesquisarArea&codigoGrandeArea=50000004&descricaoGrandeArea=CI%CANCIAS+AGR%C1RIAS+> Acesso em 02 de fevereiro de 2013.

CARMO, João Santos; PRADO, Paulo Sérgio Teixeira. Apresentação de trabalhos em eventos científicos: comunicação oral e painéis. Interação em Psicologia, Curitiba, v.9, n.1, p.131-142, 2005.

CARNEIRO, Marco Aurélio Carbone; SOUZA, Edicarlos Damacena; PAULINO, Helder Barbosa. Pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, p.19-23, 2011.

CARVALHO, João Luís Nunes. Conversão do Cerrado para fins agrícolas na Amazônia e seu impactos no solo e no ambiente. 2006. 95 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia – Solos e Nutrição de Plantas)-Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.

CERETTA, Carlos Alberto; ANJOS, Lucia Helena Cunha; SIQUEIRA, José Oswaldo. A pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil: evolução e tendências. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v.5, n. 9, p.7-35, 2008.

CERRI, Carlos Eduardo Pellegrino. Variabilidade espacial e temporal do carbono do solo na conversão de floresta em pastagem na Amazônia Ocidental (Rondônia). 2003. Tese (Doutorado em Ciência Ambiental)-Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003.

COGO, Neroli Pedro. Responsabilidade e competência de execução da ciência do solo brasileira – desafios da ciência do solo brasileira. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 31., Gramado. Anais... Gramado: SBCS, 2007.

CUEVAS, Elvira. Soil versus biological controls on nutrient cycling in terra firme forests. In: MCCLAIN, Michel E.; VICTORIA, Reynaldo L.; RICHEY, Jeffrey E. The biogeochemistry of the Amazon basin. New York: Oxford University Press, 2001. p.53-67.

GARRIDO, Rodrigo Grazinoli; GARRIDO, Fabíola Sampaio Rodrigues Grazinoli. Análise cienciométrica da Revista Brasileira de Ciência do Solo: um retrato da ciência brasileira entre 2000 e 2005. Diálogos & Ciência, Salvador, ano.5, n.12, p.1-9, 2007.

GARRIDO, Rodrigo Grazinoli; RODRIGUES, Fabíola Sampaio. Os rumos da ciência brasileira sob a ótica dos índices cienciométricos. Revista do Biomédico, São Paulo, v.12, p.20-23, 2005.

HARTEMINK, Alfred E.; MCBRATNEY, Alex; MINASNY, Budiman. Trends in soil science education: Looking beyond the number of students. Journal of Soil and Water Conservation, v.63, n.3, p.76A-83A, 2008. doi

KLINK, Carlos Augusto; MACHADO, Ricardo Bomfim. A conservação do cerrado brasileiro. Megadiversidade, Belo Horizonte, v.1, n. 1, p.147-155, 2005.

LACERDA, Aureliana Lopes et al. Importância dos eventos científicos na formação acadêmica: estudantes de Biblioteconomia. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.13, n.1, p.130-144, 2008.

LAUFER, Miguel. La cultura de la publicación científica (V). Interciência, Caracas, v.32, n.12, p.803-803, 2007.

LIMA, Maria Fátima Bezerra Ferreira. Produção Científica dos pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) a partir dos resumos/comunicações apresentados em eventos científicos. 1993. 150 f. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia)-Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 1993.

LYRA, Tania Maria Paula; HAEFFNER, Cristina. Análise da pós-graduação em Agronomia no Brasil. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v.5, n.9, p.36-66, 2008.

MARCHIORI, Patricia Zeni et al. Fatores motivacionais da comunidade científica para publicação e divulgação de sua produção em revistas científicas. In: Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, 14., Salvador. Anais... Salvador: UFBA, 2006.

MORAES, Jener Fernando Leite et al. Soil properties under Amazon Forest and changes due to pasture installation in Rondonia, Brazil. Geoderma, v.70, n.1, p.63-81, 1996.

MOREIRA, Maria Lígia; VELHO, Lea. Pós-Graduação no Brasil: da concepção “ofertista linear” para “novos modos de produção do conhecimento” implicações para a avaliação. Avaliação, Sorocaba, v.13, n.3, p.625-645, 2008.

NEILL, C. et al. Stocks and dynamics of soil carbon following deforestation for pasture in Rondonia. In: LAL, R. et al. Soil process and the carbon cycle. Boca Raton: CRC Press, 1997. p.9-28.

OLIVEIRA FILHO, Renato Santos et al. Fomento à publicação científica e proteção do conhecimento científico. Acta Cirúrgica Brasileira, São Paulo, v.20, supl.2, p.35-39, 2005.

PEREIRA Jr., Alfredo. A publicação científica na atualidade. Jornal Vascular Brasileiro, São Paulo, v.6, N.4, p.307-308, 2007. doi

PRADO, Renato Melo. Diagnóstico sobre o conhecimento em ciência do Solo no Brasil: a produção científica de periódicos de 1988 a 2007. Revista Brasileira de Pós- Graduação, Brasília, v.5, n.10, p.303-321, 2008.

PROENÇA, Marilene; NENEVÉ, Miguel. Descentralizando a educação e diminuindo disparidades regionais: uma experiência brasileira bem-sucedida em pós-graduação. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v.1, p.86-100, 2004.

RODRIGUES, Cyro Mascarenhas. Gênese e evolução da pesquisa agropecuária no Brasil: da instalação da corte portuguesa ao início da república. Cadernos de Ciência e Tecnologia, Brasília, v.4, n.1, p.21-38, 1987.

ROMEIRO, Ademar Ribeiro. Ciência e tecnologia na agricultura: algumas lições da história. Cadernos de Ciência e Tecnologia, Brasília, v.4, n.1, p.59-95, 1987.

SANTOS, Manoel Antonio. Investindo na qualidade da publicação dos resultados de pesquisa: desafios de uma sociedade em transformação. Paidéia, São Paulo, v.21, n.50, p.295-297, 2011.

SBCS - Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. A Revista. Disponível em: <http://www.sbcs.org.br/solos/visao/texto.php?tipo=4>. Acesso em 05 de abr.2012.

SCHMIDT, Luciana; OHIRA, Maria Lourdes Blatt. Bibliotecas virtuais e digitais: análise das comunicações em eventos científicos (1995/2000). Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.7, n.1, p.73-97, 2002.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Pós-Graduação e pesquisa: o processo de produção e de sistematização do conhecimento. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v.9, n.28, p.13-27, 2009.

SILVA, Maurício Rocha. O novo QUALIS e o futuro dos periódicos científicos brasileiros. Scientia Medica, São Paulo, v.19, n.3, p.96-97, 2009.

SIQUEIRA, José Oswaldo et al. Evolução da ciência do solo: A pesquisa e pós-graduação no Brasil. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 30., Recife. Anais... Recife: SBCS, 2005.

SOUZA, Elaine Pereira; PAULA, Maria Carlota Souza. QUALIS: a base de classificação dos periódicos científicos utilizada na avaliação. Infocapes, v.10, p.6- 24, 2002.

UFERSA – Universidade Federal do Semi-Árido. Programa de Pós-Graduação em Manejo do Solo e Água, Histórico. Disponível em: <http://www2.ufersa.edu.br/portal/cursos/posgraduacao/ppgmsa/2769>. Acesso em 02 de fevereiro de 2013.

UFRB – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Programa de Pós-Graduação em Solos e Qualidade de Ecossistemas, Histórico. Disponível em <http://www.ufrb.edu.br/pgsolos/apresentacao>. Acesso em 02 de fevereiro de 2013.

VAN BBAREN, Hans; HARTEMINK, A. E.; TINKER, P. B. 75 years of The International Society of Soil Science. Geoderma, v.96, p.1-18, 2000. doi