Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Desenvolvimento Inicial de Eucalipto Clonal em Diferentes Espaçamento

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959/agrotecnologia.v7n2p40-46

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Weder V. Gouveia Junior1, Renan A. M. Matias2 & Thelma S. Soares3

 

Resumo: Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de seis espaçamentos de plantio no crescimento inicial de um povoamento do clone 1277 (E. grandis x E. camaldulensis) implantado em Jataí-GO. Foi utilizado o delineamento em blocos casualizados, com seis espaçamentos de plantio (3,0 m x 0,5 m, 3,0 m x 1,0 m; 3,0 m x 1,5 m; 3,0 m x 2,0 m; 3,0 m x 2,5 m e 3,0 m x 3,0 m) distribuídos em parcelas de área variável (15 m², 30 m², 45 m², 60 m², 75 m² e 90 m², respectivamente) e três repetições. O desenvolvimento inicial do povoamento foi avaliado pelas variáveis diâmetro a 1,30 m do solo (dap), altura total e volume as quais foram mensuradas semestralmente do 6o ao 24o mês. Também calculou-se o incremento volumétrico médio e corrente. Verificou-se que o dap e a altura apresentaram maiores valores nos maiores espaçamentos enquanto que o volume por hectare apresentou maior produção volumétrica nos menores espaçamentos. Em relação aos incrementos volumétricos, verificou-se que o incremento corrente atingiu valor máximo para todos os tratamentos. Já o incremento médio decresceu com o aumento do espaçamento e não apresentou valores máximos no período avaliado.

Palavras-chave: Densidades de plantio, Variáveis dendrométricas, Crescimento e produção.

 

Abstract: This study aimed to evaluate the effect of six planting densities in the initial growth of clone 1277 (E. grandis x E. camaldulensis) in Jataí-GO, Brazil. The experiment followed a randomized block design, with six planting spacings (3.0 m x 0.5 m, 3.0 m x 1.0 m; 3.0 m x 1.5 m; 3.0 m x 2.0 m; 3.0 m x 2.5 m 3.0 x 3.0 m) distributed variable area plots (15 m², 30 m², 45 m², 60 m², 75 m² and 90 m², respectively) and three replicates. The initial development was evaluated by parameters diameter at 1,30m above ground level (dbh), total height and volume which were measured every six months from the 6th to 24th month. The average and current volume increment were calculated. The dbh and height showed the largestvalues in greater spacing while the volume per hectare showed the largest values in smaller spacings. Regarding the volumetric increments, it was found that the increment reached the maximum value for all treatments. The average increment decreased with the increase spacing and did not present during the study period.

Key words: Planting densities, dendrometric variables, growth and yield.

 

1 Engenheiro Florestal, Nestlé Brasil. Ituiutaba-MG. E-mail: wederj@hotmail.com
2 Engenheiro Florestal, Programa de Pós-graduação em Ciências Florestal – Universidade de Brasília. Brasília-DF. E-mail: renanmatias@hotmail.com
3 Professora do Curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Goiás – Regional Jataí, Jataí-GO. E-mail: thelmasoares@ufg.br

 

Literatura Citada

BOTELHO, S. A. Espaçamento. In: SCOLFORO, J. R. S. Manejo florestal. Lavras: UFLA, 1998. p. 381-405.

CASSIDY, M.; PALMER, G.; SMITH, R. G. B. The effect of wide initial spacing on wood properties in plantation grown Eucalyptus pilularis. New Forests, Purdue, v. 44, n. 6, p. 919-936, 2013. https://doi.org/10.1007/s11056-013-9385-5

CIPRIANI, H. N.; VIEIRA, A. H.V.; MENDES, A. M.; MARCOLAN, A. L.; CAMELO, J. C.; BATISTA, E. R. N. Crescimento inicial de um eucalipto clonado sob diferentes adubações em Porto Velho, Rondônia. In: Reunião de Ciência do Solo da Amazônia Ocidental, II, 2014, Porto Velho. Anais... Porto Velho: Núcleo Regional Amazônia Ocidental da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2014. p. 192-197.

ELOY, E.; CARON, B. O.; SOUZA, V. Q.; TREVISAN, R.; BEHLING, A.; BAMBERG, R.; VIAN, A. L.; BUSANELLO, C. Espécies florestais em plantios de curta rotação para biomassa. Revista da Madeira, Curitiba, n. 21, p. 5053, 2010.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2 ed. Brasília: EMBRAPA-SPI, 2006. 306p.

FERREIRA, D. H. A. A.; LELES, P. S. S.; MACHADO, E. C.; ABREU, A. H. M.; ABILIO, F. M. Crescimento de clone de Eucalyptus urophylla x E. grandis em diferentes espaçamentos. Floresta, Curitiba, v. 44, n. 3, p. 431 - 440, 2014. https://doi.org/10.5380/rf.v44i3.32188

FORRESTER, D. I.; WIEDEMANN, J. C.; FORRESTER, R. I.; BAKER, T. G. Effects of planting density and site quality on mean tree size and total stand growth of Eucalyptus globulus plantations. Canadian Journal of Forest Research, Ottawa, v. 43, n. 9, p. 846-851, 2013. https://doi.org/10.1139/cjfr-2013-0137

GARCIA, C. H.; CORRADINE, L., ALVARENGA, S. F. Comportamento florestal do Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna em diferentes espaçamentos. Piracicaba: IPEF, 1991. 8p. (Circular Técnica, 179)

KEARNEY, D.; JAMES, R.; MONTAGU, K.; SMITH, R. G. B. The effect of initial planting density on branching characteristics of Eucalyptus pilularis and E. grandis. Australian Forestry, Canberra, v. 70, n.4, p. 262-268, 2007. https://doi.org/10.1080/00049158.2007.10675028

KIRONGO, B. B.; MBELASE, A. S.; SENELWA, K.; HITIMANA, J.; ETIEGNI, L. Spacing and genotype on height and diameter growth of four eucalyptus under short rotation. Jurnal Manajemen Hutan Tropika, Bogor, v. 18, n. 1, p. 1-9, 2012. https://doi.org/10.7226/jtfm.18.1.1

KÖEPEN, W. Climatologia. Buenos Aires: Gráfica Panamericana, 1948. 478p.

LELES, P. S. S.; REIS, G. G.; REIS, M. G. F.; MORAIS, E. J. Relações hídricas e crescimento de árvores de Eucalyptus camaldulensis e Eucalyptus pellita sob diferentes espaçamentos na região de cerrado. Revista Árvore, Viçosa, v. 22, n. 1, p. 41-50, 1998.

LIMA, R.; INOUE, M. T.; FIGUEIREDO FILHO, A.; ARAÚJO, A. J.; MACHADO, S. A. Efeito do espaçamento no desenvolvimento volumétrico de Pinus taeda L. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 20, n. 2, p. 223-230, 2013.

MAGALHÃES, W. M.; MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; HIGASHIKWA, E. M.; YOSHITANI JUNIOR, M. Desempenho silvicultural de clones e espécies/procedências de Eucalyptus na Região Noroeste de Minas Gerais. Revista Cerne, Lavras, v. 13, n.04, p. 368-375, 2007.

MÜLLER, M. D.; COUTO, L.; LEITE, H. G.; BRITO, J. O. Avaliação de um clone de eucalipto estabelecido em diferentes densidades de plantio para produção de biomassa e energia. Biomassa & Energia, Viçosa, v. 2, n. 3, p. 177-186, 2005.

NAGAR, B.; RAWAT, S.; RATHIESH, P.; SEKAR, I. Impact of initial spacing on growth and yield of Eucalyptus camaldulensis in arid region of India. World Applied Sciences Journal, Dubai, v. 33, n. 8, p. 1362-1368, 2015

NUNES, J. S.; GOUVEIA JUNIOR, W. V.; SOARES, T. S. Estimativas volumétricas para um povoamento adensado de Eucalyptus sp. em regime de curta rotação. In: MOSTRA DE PESQUISA DA REGIONAL JATAÍ, II, 2015, Jataí. Anais... Goiânia: PRPI/UFG, 2015. p. 1-2.

OLIVEIRA NETO, S. N.; REIS, G. G.; REIS, M. G. F.; LEITE, H. G.; NEVES, J. C. L. Crescimento e distribuição diamétrica de Eucalyptus camaldulensis em diferentes espaçamentos e níveis de adubação na região de cerrado de Minas Gerais. Floresta, Curitiba, v. 40, n. 4, p. 755-762, 2010. https://doi.org/10.5380/rf.v40i4.20327

REINER, D. A.; SILVEIRA, E. R.; SZABO, M. S. O uso do eucalipto em diferentes espaçamentos como alternativa de renda e suprimento da pequena propriedade na Região Sudoeste do Paraná. Synergismus Scyentifica, Pato Branco, v. 1, 2011.

SCOLFORO, J. R. S. Manejo florestal. Lavras: UFLA/FAEPE, 1998. 438p.

SEREGHETTI, G. C.; LANÇAS, K. P.; SARTORI, M. S.; REZENDE, M. A.; SOLER, R. R. Efeito do espaçamento no crescimento e na densidade básica da madeira de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis em florestas de ciclo curto. Energia na Agricultura, Botucatu, v. 30, n. 3, p. 257-262, 2015.

SILVA, E. N.; MACHADO, C. C.; MINETTE, L. J.; SOUZA, A. P.; FERNANDES, H. C.; SILVA, M. L.; JACOVINE, L. A. Avaliação técnica e econômica do corte mecanizado de Pinus sp. com harvester. Revista Árvore, Viçosa, v. 34, n. 4, p. 745-753, 2010.

SILVEIRA, E. R.; REINER, D. A.; SMANIOTTO, J. R. Efeito do espaçamento de plantio na produção de madeira e serapilheira de Eucalyptus dunni na região Sudoeste do Paraná. Revista Técnico Científica, Curitiba, n. 2, p. 1-9, 2014.

VIEIRA, E. M.; CASTILHO, A. B.; CORRÊIA, R.S.; SOARES, T.S.; SANTOS, A.F. Análise de incremento volumétrico para um híbrido de eucalipto plantado em diferentes espaçamentos no sudoeste goiano. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE SILVICULTURA, 2., 2014, Campinas. Resumos expandidos... Curitiba: Embrapa florestas, 2014. p. 47-49.