Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Ética na Advocacia

DOI: http://dx.doi.org/10.18835/1806-6771/juridica.uniandrade.n22v1p519-552

http://www.uniandrade.br/revistauniandrade/index.php/juridica/index 

downloadpdf

João M. F. Silva1 & Neuza M. F. M. Gonçalvbes2

 

Resumo: No entendimento desta pesquisa, a ética antecede a qualquer lei ou código de conduta, tendo por finalidade um ambiente saudável e a preocupação com o interesse de natureza social. O aspecto profissional do advogado reflete e contribui para uma lídima Justiça, em que por bem o Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil, no uso de suas atribuições, obriga o profissional a cumprir rigorosamente os deveres consignados no Código de ética e Disciplina. Compete ainda a vigiar os deveres do Advogado com a comunidade, com o cliente, com os colegas, com a publicidade, na recusa do patrocínio, do dever de assistência jurídica, da urbanidade e com os respectivos procedimentos disciplinares. O escopo deste estudo foi avaliar a conduta ética do profissional da área de direito jurídico, na conquista da sabedoria e da ética profissional, na vontade de saber e do ambiente que este dispõe para conquistá-la, utilizando os ensinamentos da observação e da educação. Justifica-se a relevância desta pesquisa, no contexto de que a educação como formadora de opinião e paradigmas mentais, mobiliza as virtudes do amor a si mesmo e ao semelhante, do respeito ao próximo, da solidariedade, da honestidade, do patrocínio, do trabalho, da tolerância de uma busca permanente para a evolução social. Os resultados deste trabalho, pontuam o Advogado, semelhante aos deveres do sacerdote, quando ouve a confissão do seu cliente, seus sentimentos, suas intimidades, lutas, dúvidas, angustias e este possui a certeza que o diálogo entre ambos, permanecerá no dever do sigilo profissional, sendo um dos mais sagrados deveres do Advogado e está consignado em diversas leis. Concluiu-se que a evolução dos tempos, impõe a todos, mudanças de comportamentos , e quando interage esse talento singular com benefícios aos outros, experimenta-se o êxtase da exultação do próprio espírito – entre todos, o supremo objetivo.

Palavras-chave: Advogado; Cliente; Código de Ética; Estatuto; Sigilo.

 

Abstract: In the opinion of this research, ethics prior to any law or code of conduct, with the purpose a healthy environment and concern for the interest of social nature. The professional aspect of lawyer reflects and contributes to lídima Justice, where by the Statute and the Law and the Bar Association of Brazil, in the exercise of his powers, obliges the trader to comply strictly with the duties set out in Code of Ethics and Discipline . Is also responsible for watching the lawyer's duties to the community, with customers, with colleagues and also with advertising, the refusal of the sponsorship, the legal duty of care and courtesy and with their disciplinary procedures. The scope of this study was to evaluate the professional ethical conduct of legal right area, in the conquest of wisdom and professional ethics , the will to know and the environment that he has to win her over, using the teachings of observation and education. Justified the relevance of this research in the context of that education as opinion maker and mental paradigms, mobilizes the virtues of love of self and the like, respect for others, solidarity, honesty, sponsorship, work , tolerance of a permanent search for social evolution. The results of this work, punctuate the Lawyer, similar to the duties of the priest when he hears his client's confession, his feelings, his intimacies, struggles, doubts, anxieties and this has made sure that the dialogue between them, will remain in secrecy duty professional, one of the most sacred duties of the lawyer and is enshrined in various laws. It was concluded that the trend of the times, requires all, behavioral changes, and when this singular talent interacts with other benefits, one experiences the bliss of exultation of the spirit itself - among all, the ultimate goal.

Key words: Lawyer; Customer; Code of Ethics; Status; Secrecy.

 

1 Advogado, ex-aluno do Curso de Direito do Centro Universitário Campos de Andrade.
2 Neuza Maria Ferraz de Mello Gonçalves. Doutora em Ciências, pela Universidade Federal do Paraná – UFPR, Pós-Doctor-Kobe University-Japan, professora titular e orientadora de TCC do Centro Universitário Campos de Andrade.

 

Literatura Citada

ACQUAVIVA, Marcus Cláudio, Ética Jurídica.São Paulo,edição, Desafio Cultural, 2002, 413 págs

BITTAR,Eduardo C. B. Curso de Ética jurídica;Ética geral e profissional.3ª ed.São Paulo:Saraiva 2005,624 págs.

CAMARGO, Marculino. Fundamentos de ética geral e profissional, 2. ed. São Paulo: Vozes, 1996. p. 13-14.

GARÇON, Maurice. O Advogado e a Moral - Tradução por Antônio de Souza Madeira Pinto. Ed. portuguesa de Armênio Amado, Coimbra, 1963, p.10.

SALSMANS. José , Deontologia Jurídica, ed. espanhola, 1947, p. 234.

KIERKEGAARD, Soren Aabye, Os Pensadores, Ed. Abril, São Paulo, 1989.

LEITE, Gisele. História da Ética. Jus Vigilantibus. Vitória, 2006.

LISBOA, Roberto Senise, Manual de direito civil,direito de família e das sucessões.3ª ed.rev.São Paulo:Revista dos Tribunais,2004.v 5.560 págs.

MARTIN ,Heidegger. Hegel e os gregos, São Paulo, Abril Cultural, Os pensadores, 1973, p. 409-4114.

MENDES, Antonio celso, Direito - Ciência, Filosofia e Política. 3° ed. Curitiba: Educa, 1990, p1.

NALINI,José Renato, Ética Geral e Profissional.4ª ed.rev.São Paulo:Revista dos Tribunais,2004,380 págs.

SÁ, Antônio Lopes. Ética profissional. São Paulo: Atlas, 199.

SABADELL,Ana Lúcia, Manual de sociologia jurídica,introdução a uma leitura externa do direito.São Paulo: Revista dos Tribunais,2000, 197 págs

SODRÉ, Ruy de Azevedo. A ética profissional e o estatuto do advogado. São Paulo: Ur., 1975, p.