Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Considerações Gerais Sobre Construção e Manutenção de Um Biotério com Animais de Experimentação

DOI: http://dx.doi.org/10.18835/1806-6771/juridica.uniandrade.n24v1p1285-1312

http://www.uniandrade.br/revistauniandrade/index.php/juridica/index 

downloadpdf

Neuza M. F. de M. Gonçalves1, Adriane G. Bardal2 & Lincon B. Somensi3

 

Resumo: Denomina-se como Biotério, o espaço físico, aonde se estuda a vida, a reprodução e a manutenção, de animais irracionais, com a finalidade de preservação destes, na utilização de diferentes pesquisas científicas. O objetivo do presente foi elaborar um estudo sobre a montagem e a manutenção de um biotério com animais de experimentação, verificando as condições específicas para as diferentes espécies desses e avaliando as técnicas de reprodução, com a finalidade da utilização, na promoção de benefícios e bem estar para o homem, em relação à descoberta de algumas doenças. Justifica-se a documentação deste trabalho, em relação a utilização desses animais, em experimentos científicos, uma vez que pode-se, descobrir a prevenção e a cura de muitas doenças, como foi o descoberta de importantes vacinas e alguns fármacos, como os genéricos, o estudo dos transplantes, células troncos e fertilização. A metodologia utilizada, refere-se a pesquisa quantitativa, qualitativa, descritiva e exploratória, em acervos bibliográficos de livros e artigos de sites. Os resultados apresentam várias espécies de animais e a eleição destes, para a realização de diferentes e específicos experimentos. Alerta ainda a necessidade de pessoas altamente capacitada e comprometida, em relação à integridade, desses animais, dispondo de um ambiente adequado, seguro, bem equipado, com uma ótima instalação, garantindo a qualidade de vida e realização das práticas com segurança, principalmente no processo do bem estar destes animais, segundo o Conselho de ética e o Órgão de Proteção dos animais. Conclui-se que, para garantir a eficiência das pesquisas, há necessidade constante de melhorar cada vez mais as condições do biotério, na preservação de um bom plantel destes animais, para a produção de excelentes pesquisas, com resultados seguros e satisfatórios, no contexto da ética da legislação vigente, segundo Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal - CONCEA.

Palavras-chave: Animais de Experimentação, Biotério, Biossegurança, Bioética, Pesquisas.

 

Abstract: Is called as Vivarium , physical space , where we study life , reproduction and the maintenance of irrational animals, for the purpose of preservation of these , the use of different scientific research. The purpose of this was to prepare a study on the installation and maintenance of a vivarium with experimental animals by checking the specific conditions for different these species and evaluating the reproduction techniques with the purpose of use in promoting wellness benefits and to man , in relation to the discovery of some diseases. It is justified to the documentation of this study in relation to use of such animals in scientific experiments as it can discover the prevention and cure of many diseases , as was the discovery of important vaccines and some drugs, such as generics, the study of transplantation, stem cells and fertilization. The methodology used , refers to quantitative , qualitative, descriptive and exploratory research in library collections of books and articles sites. The results show various animal species and the choice thereof for carrying out different, specific experiments Alert still the need of highly qualified and committed , in relation to the integrity of these animals , having an adequate , safe , well equipped, with a great facility , ensuring the quality of life and realization of safe practices, especially in the process the welfare of animals, according to the Council of ethics and Protection Agency of animals. Concludes that to ensure the effectiveness of research, there is a constant need to improve more and more vivarium conditions, the preservation of a good breeding these animals for the production of excellent research, insurance and satisfactory results in the context of ethics legislation current, according to the National - CONCEA Animal Experimentation Control Council.

Key words: Experimental Animals, Vivarium, Biosafet, Bioethic, Research.

 

1 Professor of Legal Monograph, University Center of Campos de Andrade, PhD in Science and PhD Pesticide Utilization of Plant Protection. Agriculture Universite Kobe-Japan.
2 Graduada no Curso de Nutrição do Centro Universitário Campos de Andrade-UNIANDRADE.
3 Mestre em Ciências Farmacêuticas - Centro de Ciências da Saúde, da Universidade do Vale de Itajaí-SC.

 

Literatura Citada

ANDRADE, Antenor. Animais de Laboratório: criação e experimentação. Organizado por Antenor Andrade, Sérgio Correia Pinto e Rosilene Santos de Oliveira, Rio de Janeiro: Fiocruz, 2002.387p.

BERNARD, Claude. An Introduction to the Study of Experimental Medicine. University Collage, London Library Services,1865.

CHORILLI, Marlus; Michelin, Daniele; Salgado, Hérida. Animais de laboratório: o camundongo. Rev Ciênc Farm Básica Apl. 28:11-23, 2007.

Conselho Federal de Medicina Veterinária. Procedimentos e Métodos de Eutanásia, em animais. Resolução nº 714, 2002. Diário Oficial da União-DOU, 21-06-2002. Disponível em URL: http://w.cfmv.org.br/legislacao/resolucoes/resolução_714.htm.(29 maio 2007).

DUKES, Horácio Haroldo. Fisiologia de los animales domésticos. Ed Aguilar, Madrid, pags. 134, 166, 1960.

FLECKNELL, Paul . Laboratory Animal Anaesthesia. 3 ed. British, Academic Press, 2009.

FURUKAWA, Fukumi. Photosensitivity in cutaneous lupu erythematosus: lessons from mice and men. J. Dermatol Sci. 2002; 3:81-9.

GODARD, Ana Lúcia Brunialti; GUÉNET, Jean-Louis. Genética de camundongos – modelos animais de doenças humanas. Biotecnol.Ciênc.Desenvol. 1999; 9:96-100.

GOMES, Ana Yara Serrano. Aspectos farmacológicos e eletrofisiológicos da dessensibilização do íleo de cobaia a bradicinina. Repositório Institucional da Universidade Federal de São Paulo, 2002 (s:n), 108p

HIRATA, Mário Hiroyuki; FILHO, Jorge Mancini. Manual de Biossegurança. 1ª ed. Editora Manole – São Paulo. 2002.

HOFF, Janet. Methods of blood collection in de mouse. Lab.Animal. 2000; 29(10):47-53.

JACKSON, Christopher et al. Assessment of Unstable Atherosclerosis in Mice. Am. H. Assoc. 2007; 27(4): 714-720.

LITTLE, Clarence Cook, National Academy Of Sciences, 1009 MAJEROWICZ, Joel. Boas Práticas em Biotérios - Biossegurança. Editora Interciência. Rio de janeiro, 2008. 175p.

MOLINARO Etelcia Morais, Majerowicz Joel. Biossegurança em Biotérios. Editora Interciência: 2008, Editora Interciência: Rio de Janeiro. 176p

National Research Councial. Manual sobre cuidados e usos de animais de laboratório. Edição em português – AAALAC e COBEA – Goiânia, 2003.

OLIVEIRA, Rita de Cássia, et al. Extratos metanólico e acetato de etila de Solanum megalonyx Sendtn. (Solanaceae) apresentam atividade espasmolítica em íleo isolado de cobaia: um estudo comparativo. Revista Brasileira de Farmacognosia Brazilian Journal of Pharmacognosy 16(2): 146-151, Abr./Jun. 2006.

RIBEIRO, Sandra Maria Lima, CAMPOS, Patrícia , TIRAPEGUI Júlio. O rato como animal de laboratório: historio, dados biológicos e análise crítica de seu uso. Rev.Farm. Bioquim. Universidade .São Paulo, 1995; 31(1):21-8.

SHIOHARA. Tetsuo, HAYAKAWA, Juan; MYZUKAWA, Yoshiko Animal models for atopic dermatitis: are They relevant to human disease? Journal of Dermatol Science 2004; 36 (1):1-9.

SINGER, Peter. Libertação Animal. Editora Lugano., 2004.

The UFAW Handbook on the Care and Management of Laboratory Animals, 7.ed. Volume1. British, Blackwell Science, 2006. p.282-312.