crosscheckdeposited

Doses de Nitrogênio na Produção de Frutos de Abóbora Menina Brasileira Irrigada

DOI: http://dx.doi.org/10.14688/1984-3801.v06n02a06

http://rioverde.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/index 

downloadpdf

Vitor M. Vidal1, Willian M. Pires1, Orlando C. Pina Filho1, Thiago Schwerz1, Marconi B. Teixeira1 & Frederico A. L. Soares1

 

Resumo: A deficiência de nitrogênio na abóbora ou qualquer outra cultura é ilustrada na maioria das vezes pela falta de conhecimento de pequenos agricultores, isto faz com que ocorram limitações de produção. O objetivo do trabalho foi verificar respostas de produção na cultura da Abóbora Menina Brasileira (Cucurbita moschata Duch.) cv. Caserta, submetida a cinco doses de nitrogênio, utilizando delineamento em blocos casualizados. O experimento foi conduzido no campo experimental do Instituto Federal Goiano – Câmpus Rio Verde, localizado no Sudoeste de Goiás. O solo é predominantemente argiloso do tipo Latossolo Vermelho distroférrico. Para efeito de respostas na cultura, analisou-se a altura de plantas, número de folhas, peso médio dos frutos, produção média dos frutos e produção máxima agronômica. Os resultados demonstram que, apenas número de folhas não apresentou diferença significativa, já as demais variáveis responderam em 99% de probabilidade por haver diferença pelo menos em um tratamento. A dosagem correspondente a 60 kg ha-1 de nitrogênio foi mais representativa no que se refere à altura de planta. Os modelos quadráticos estimaram que, a dosagem de 76,5 kg ha-1 de nitrogênio, foi a mais expressiva para produção máxima agronômica com valor de 26363 kg ha-1. É possível conclui que, a dosagem aplicada de 60 kg ha-1, foi mais responsiva, no que se refere à característica produtiva da Abóbora Menina Brasileira, pelo fato que, a dose de 90 kg ha-1 teve perda de produção de 8%.

Palavras-chave: adubação nitrogenada, sistema de irrigação, produção

 

Abstract: Nitrogen deficiency in the pumpkin or any culture is illustrated most of the times by the lack of knowledge of farmers who dispose of small area, what limits the production. The objective of the study was to verify responses of production in the culture of Brazilian Girl Pumpkin (Cucurbita moschata Duch.) cv. Caserta, subjected to five doses of nitrogen, in a randomized block design. The experiment was conducted in the experimental field of the Instituto Federal Goiano – Campus de Rio Verde - GO, located in the southwest of Goiás, Brazil. The soil is predominantly clayey, a dystroferric Red Latosol. For the purpose of answers of the culture, we analised the height of plants, leaf number, mean weight of fruits, fruit average production, maximal agronomic production and maximal economic production. The results demonstrate that only leaf number presented no significant difference, otherwise the other variables responded on 99% of probability due to the difference in at least one treatment. The dosage corresponding to 60 kg ha-1 of nitrogen was more representative for plant height. The quadratic models estimated that the dosages of 76,5 kg ha-1 of nitrogen, were more expressive to maximal agronomic production and maximal economic production values of 26363 kg ha-1. It is possible to conclude that the applied dosage of 60 kg ha-1 had better responses for production characteristics Brazilian Girl Pumpkin while the dose of 90 kg ha-1 caused loss of production by 8%..

Key words: nitrogen fertilization, irrigation system, production

 

1 Departamento de irrigação e hidráulica. Instituto Federal Goiano – Câmpus Rio Verde. Rodovia Sul Goiana, km 01, Zona Rural, Caixa Postal 66, Rio Verde - GO, CEP 75.901-970. E-mail: vmarquesvidal@gmail.com. Autor para correspondência

 

Literatura Citada

AGRIANUAL: Anuário da agricultura brasileira. São Paulo: FNP, 2012.

BASTOS, E. A.; CARDOSO, M. J.; MELO, F. B.; RIBEIRO V. Q.; ANDRADE JÚNIOR, A. S. Doses e formas de parcelamento de nitrogênio para a produção de milho sob plantio direto. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza – CE, v. 39, n. 2, p. 275-280, 2008.

CASAROLI, D. Avaliação da qualidade fisiológica e sanitária de abóbora variedade menina brasileira. 2005. 62 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Santa Maria – RS, 2005.

DA SILVA, L. V.; OLIVEIRA, G. Q.; DA SILVA, M. G.; NAGEL, P. L.; MACHADO, M. M. V. Doses de nitrogênio em cobertura em duas cultivares de abobrinha no município de Aquidauana-MS. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife – PE, v. 6, n. 3, p. 447-451, 2011.

EDWARDS, A. J.; VINYARD, B. T.; WILEY, E. R.; BROWN, E. D.; COLLINS, J. K.; PERKINS-VEAZIE, P., BAKER, R. A. Consumption of watermelon juice increases plasma concentrations of lycopene and beta-carotene in humans. Jornal American Society for Nutritional Sciences, v. 4, n. 4, p. 1043-50, 2003.

FAO - FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. Acessado em: 30 de agosto de 2012. Disponível em: http://faostat.fao.org.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura - agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 2. ed. Viçosa, UFV, 2003. 412 p.

LOPES, A.S. Manual de fertilidade do solo. São Paulo, ANDA/PATAFOS, 1989. 153 p.

NAGEL, P. L.; RODRIGUES, E. T.; OLIVEIRA, G. Q.; DA SILVA, L. V. Resposta de plantas de abobrinha a doses de nitrogênio em cobertura no município de Aquidauana – MS. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1, 2011, Dourados. Anais... Dourados: UEMS, 2011.

PEREIRA, W.; HORINO, Y.; FONTES, R.R.; SOUZA, A.F.; MOITA, A.W. Avaliação das adubações químicas no plantio e em cobertura na cultura da moranga híbrida Jabras. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HORTICULTURA, 13, 1995, Brasília. Anais... Brasília: ABH, 1995. v. único, p. 105.

RESENDE, G. M.; ALVARENGA, M. A. R.; YURI, J. E.; MOTA, J. H.; SOUZA, R. J.; RODRIGUES JUNIOR, J. C. Produtividade e qualidade pós-colheita da alface americana em função de doses de nitrogênio e molibdênio. Horticultura Brasileira, v. 23, n. 4, p. 976-981, 2005. doi

SALGADO, J. M.; TAKASHIMA, M. K. Chemical and biological characterization of meal and protein isolates from pumpkin seed (Cucurbita moschata). Archivos Latinoamericanos de Nutrition, v. 4, p. 443-50, 1992.

SANTANA, M. J.; CARVALHO, J. A.; SOUZA, K. J.; SOUSA, A. M. G.; VASCONCELOS, C. L.; ANDRADE, L. A. B. Efeito da salinidade da água de irrigação na brotação e desenvolvimento inicial da cana-de-açúcar (Saccharum spp) em solos com diferentes níveis texturais. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras - MG, v. 31, n. 3, p. 1470-1476, 2007.

SANTOS, G. R.; CASTRO NETO, M. D.; ALMEIDA, H. S. M.; RAMOS, L. N.; SARMENTO, R. A.; LIMA, S. O.; ERASMO, E. A. L. Effect of nitrogen doses on disease severity and watermelon yield. Horticultura Brasileira, Brasília – DF, v. 27, n. 3, p. 330-334, 2009.

SOARES, J. I.; COSTA, R. N. T.; SILVA, L. A. C.; GONDIM, R. S. Função de resposta da melancia aos níveis de água e adubação nitrogenada, no Vale do Curu, CE. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande – PB, v. 6, n. 2, p. 219-224, 2002.

SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E. Calagem e adubação para culturas anuais e semiperenes. In: SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E. Cerrado: correção do solo e adubação. Planaltina: Embrapa Cerrados, p.283-315, 2002.

TAIZ, L., ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 3. ed. Porto Alegre, Artmed, 2004. 719 p.

VIDIGAL, S. M.; FACION C. E.; ARAÚJO, J. S. Avaliação de abóbora híbrida na região Norte de Minas Gerais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 43., 2003, Recife. Anais... Recife: ABH, 2006.