Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Secagem por Atomização do Suco da Abóbora Variedade Jacarezinho

DOI: http://dx.doi.org/10.15871/1517-8595/rbpa.v18nespp477-486

http://rbpaonline.com/ 

downloadpdf

João P. de L. Ferreira1, Antonio J. R. Barroso2, Analha D. F. Lins3, Ana P. T. Rocha4, Dyego da C. Santos5 & Gilmar T. de Araújo6

 

Resumo: Neste trabalho estudou-se a influência das variáveis independentes: temperatura e velocidade do ar de secagem sobre as variáveis de respostas: rendimento e eficiência do processo de secagem por atomização do suco de abóbora. Para o melhor estudo do processo escolheu-se o método do planejamento experimental fatorial completo 22, com 3 pontos centrais avaliado pela metodologia de superfície de resposta. As temperaturas utilizadas foram 60, 70 e 80 °C e as velocidades do ar foram 2, 2,5 e 3,0 m/s. Para a análise estatística do planejamento experimental utilizou-se o programa statística 7.0. os valores do rendimento e da eficiência do processo variaram de 16,21 a 34,83 % e 16,18 a 34,81 %, respectivamente. Os pontos centrais para as duas variáveis dependentes estudadas apresentaram uma variação pequena, indicando uma boa repetibilidade do processo. Os efeitos principais da temperatura e da velocidade do ar foram significativos, enquanto que o da interação não foi significativo. A velocidade do ar apresentou maior influência, em relação à temperatura, sobre as variáveis de resposta estudadas. Após a análise das respostas, concluiu-se que a condição otimizada do processo pode ser obtida utilizando o menor nível da temperatura (60 °C) e o maior da velocidade do ar (3 m/s).

Palavras-chave: Desidratação, planejamento experimental, Cucurbita moschata.

 

Abstract: In this work the influence of the independent variables: temperature and drying air velocity, as well as their interactions on the response variables: yield and efficiency of the drying process by atomization of pumpkin juice. For the best study of the process we picked up the full factorial experimental design method 22, with 3 central points evaluated by the response surface methodology. The temperatures tested were 60, 70 and 80 ° C and air velocity were 2, 2.5 and 3.0 m / s. For statistical analysis of the experimental design used the software Statistica 7.0. the values of yield and process efficiency ranged from 16.21 to 34.83 % and from 16.18 to 34.81, respectively. The focal points for the two dependent variables showed little variation, indicating a good repeatability of the process. The main effects of temperature and air velocity were significant, while the interaction was not significant. The speed of the air showed higher influence on temperature, on the response variables. After analyzing the responses, it was found that the optimum condition of the process can be achieved by using the lowest level (60 ° C) temperature and higher (m 3 / s) of air velocity.

Key words: Dehydration, experimental design, Cucurbita moschata.

 

1 Engenheiro de Alimentos, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP: 58429970 - Campina Grande - PB, Brasil. Email: joaop_l@hotmail.com. Tel: (83) 999297534.
2 Tecnólogo em Laticínios, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP: 58429970 - Campina Grande - PB, Brasil. Email: tec.a.jackson@gmail.com. Tel: (83) 996393671.
3 Tecnóloga de Alimentos, Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP: 58429970 - Campina Grande - PB, Brasil. Email: dyallalins@gmail.com. Tel: (88) 999149914.
4 Engenheira Química, Profª. Doutora, Unidade Acadêmica de Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP:58.429-140 – Campina Grande - PB, Brasil. Email: ana_trindade@yahoo.com.br. Tel: (83) 81299885.
5 Tecnólogo de Alimentos, Doutor em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP: 58429970 - Campina Grande - PB, Brasil. Email: dyego.csantos@gmail.com. Tel: (83) 999045146.
6 Químico Industrial, Prof. Doutor, Unidade Acadêmica de Engenharia Química, Universidade Federal de Campina Grande/UFCG – CEP:58.429-140 – Campina Grande - PB, Brasil. Email: gilmartrindade@yahoo.com. Tel: (83) 81160604.

  

Literatura Citada

Alves, J. A.; Vilas Boas, E. V. De B.; Vilas Boas, B. M.; Souza, E. C. Qualidade de produto minimamente processado à base de abóbora, cenoura, chuchu e mandioquinha-salsa. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.30, n.3, p. 625-634, 2010.

Araújo, A. D. A.; Coelho, R. M. D.; Fontes, C. P. M. L.; Silva, A. R. A.; da Costa, C. M. C.; Rodrigues, S. Production and spouted drying acerola juice bed containing oligosaccharides. Food and Bioproducts Processing, v. 9, p. 565-571, 2015.

Bacelos, M. S.; Passos, M. L.; Freira, J. T. Flow characteristics in wet conical spouted beds of spherical particles unequal size. Journal of Chemical Engineering, v. 25, p. 27-38, 2008.

Brasil. Presidência da República. Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento. Instrução Normativa nº 12, de 4 de Setembro de 2003. Regulamento Técnico para Fixação dos Padrões de Identidade e Qualidade Gerais para Suco Tropical. República Federativa do Brasil, Brasília, 4 de setembro de 2003.

Burnay, M. M. L. Tecnologia pós-colheita da abóbora do oeste diagnóstico e recomendações. Lisboa: Instituto Superior de Agronomia – Universidade de Lisboa. 2015, 47p. (Dissertação).

Cruz, E. E. G.; Ramírez, J. R.; Lagunas, L. L. M.; Torres, L. M. Rheological and physical properties of spray -dried mucilage obtained from cladodes undatus. Carbohydrate Polymers, v. 91, p. 394-402, 2013.

Diógenes, A. de M. G.; Queiroz, A. J. de M.; de Figueirêdo, R. M. F.; Santos, D. da C. Cinética de secagem de grãos de abóbora. Revista Caatinga, Mossoró, v. 26, n. 1, p. 71-80, 2013.

Doymaz, I. The kinetics of forced convective air-drying of pumpkin slices. Journal of Food Engineering, v. 79, p. 243–248, 2007.

Rodrigues, M. I.; Lemma, A. F. Planejamento de experimentos e otimização de processos. 2. Ed. Campinas, SP: Espirito Amigo Fraternidade Fé e Amor, 2009. 358p.

Nawirska, A.; Figiel, A.; Kucharska, A. Z.; Sokoł-Łetowska, A.; Biesia, A. Drying kinetics and quality parameters of pumpkin slices dehydrated using different methods. Journal of Food Engineering, v. 94, p. 14–20, 2009.

Park, K. J.; Bin, A.; Brod, F. P. R. Obtenção das isotermas de sorção e modelagem matemática para a pêra bartlett (Pyrus sp.) com e sem desidratação osmótica. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 21, n. 1, p. 73-77, 2001.

Que, F.; Mao, L.; Fang, X.; Wu, T. Comparison of hot air-drying and freeze-drying on the physicochemical properties and antioxidant activities of pumpkin (Cucurbita moschata Duch.) flours. International Journal of Food Science and Technology, v. 43, p. 1195–1201, 2008.

Rocha, A. P. Estudo do processo de recobrimento contínuo de extratos fitoterápicos secos em leito de jorro. Campina Grande, PB: UFCG/CCT, 2006. 126p. (Tese de Doutorado).

Statsoft. Statistica for windows, Tulsa, USA, 2004.

Sun-Waterhouse, D. The development of fruit-based functional foods targeting the health and wellness market: A review. International Journal of Food Science and Technology, v. 46, p. 899-920, 2011.

Tonon, R. V.; Baronib, A. F.; Brabetc, C.; Gibertc, O.; Pallectc, D.; Hubingera, M. D. Water sorption and glass transition temperature of spray dried açai (Euterpe oleraceae Mart.) juice. Journal of Food Engenharia, v. 94, p. 215-221, 2009.

Tonon, R. V.; Brabet, C.; Hubinger, M. D. Aplicação da secagem por atomização para a obtenção de produtos funcionais com alto valor agregado a partir do açaí. Inclusão Social, v. 6 n. 2, p.70-76, 2013.

Wang, P.; Liu, J. C., Zhao, Q. Y. Studies on nutrient composition and utilization of pumpkin fruit. Journal of Inner Mongolia Agricultural University, v.23, p. 52–54, 2002).

Zhang, F.; Jiang, Z. M.; Zhang, E. M. Pumpkin function properties and application in food industry. Science and Technology of Food Industry, v.21, p. 62–64, 2000.