Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Enraizamento de estacas de forrações ornamentais em diferentes concentrações de ácido indolbutírico

DOI: http://dx.doi.org/10.5935/2318-7670.v05n05a02

http://www.ufmt.br/nativa 

downloadpdf

Janine F. Menegaes1*, Andressa P. Zago2, Rogério A. Bellé3 & Fernanda A. A. L. Backes3

 

Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar o enraizamento de estacas de forrações ornamentais submetidas a diferentes concentrações de ácido indolbutírico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, sob delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 5 x 5 (forrações ornamentais: alternantera-variegada, alternantera-vermelha, pileia-alumínio, pileia-rendada e vedélia, e concentrações de ácido indolbutírico (AIB): 0, 250, 500, 1.000 e 2.000 mg kg-1), com cinco repetições. As estacas foram coletadas do jardim clonal do setor de Floricultura do Departamento de Fitotecnida da Universidade Federal de Santa Maria, com média de 7 a 10 cm, com corte em bisel, mantendo 50% da área foliar e enraizadas em casca de arroz carbonizada. Avaliou-se a porcentagem de enraizamento das estacas, número e comprimento radicular e estabilidade do torrão. Observou-se que todas as espécies de forrações ornamentais estudadas enraizaram sem o uso de reguladores de crescimento AIB. E, que os beneficios da utilização desse regulador de crescimento foram o aumento do enraizamento das estacas, do número e do comprimento radicular.

Palavras-chave: AIB, propagação vegetativa, plantas ornamentais.

 

Abstract: The objective of the present study was to evaluate or rooting of ornamental fodder cuttings submitted to different concentrations of indolebutyric acid. The experiment was carried out in a greenhouse, in a 5x5 factorial scheme (ornamental facies: alternantera-variegada, alternantera-red, pileia-aluminum, pileia-laced and vedelia, and indolbutyric acid (IBA) concentrations: 0, 250, 500, 1,000 and 2,000 mg kg-1) with five replicates. The cuttings were collected from the clonal garden of the Floriculture Department of the Department of Plant Science of the Federal University of Santa Maria, with an average of 7 to 10 cm, with a bevel cut, maintaining 50% of the leaf area and rooted in bark of charred rice. There is a percentage of rooting of the cuttings, number and root length and stability of the clod. It was observed that all ornamental plant species studied rooted without the use of AIB growth regulators. And, that the benefits of the use of growth regulator for increased rooting of the cuttings, number and root length.

Key words: IBA, vegetative propagation, ornamental plants.

 

1 Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
2 Programa de Pós-Graduação em Agrobiologia, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
3 Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.
* E-mail: janine_rs@hotmail.com