Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Influência do espaçamento de plantio e irrigação na densidade e na massa seca em espécies de Eucalyptus

DOI: http://dx.doi.org/10.5935/2318-7670.v05n05a11

http://www.ufmt.br/nativa 

downloadpdf

Jordão C. Moulin1, Maria F. V. Rocha1*, Marina D. C. Arantes2, Walter T. N. Boschetti3, Márcia S. de Jesus3, Paulo F. Trugilho1

 

Resumo: O presente trabalhou objetivou avaliar a influência do espaçamento e irrigação na densidade básica e estimativa de massa seca de madeira. Para esse estudo foram realizados dois experimentos, sendo que no primeiro foram utilizados dois clones de E. grandis x E. urophylla com 1 ano de idade plantados nos espaçamentos de 3 x 3 m, 3 x 2 m, 3 x 1 m e 3 x 0,5 m e em região irrigada e não irrigada. No segundo experimento foram utilizados clones de E. grandis x E. camaldulensis com 7 anos de idade plantados nos mesmos espaçamentos do primeiro experimento. Foi determinado o volume individual das árvores amostradas nos dois experimentos. A amostragem nas árvores consistiu na retirada de discos nas alturas de 0, 25, 50, 75 e 100% da altura comercial do fuste para determinação da densidade básica e cálculo de massa seca de madeira. Com base nos resultados obtidos observou-se que os maiores valores de densidade básica da madeira do clone A foram provenientes dos espaçamentos mais amplos, nos outros clones não foi verificado influência do espaçamento. Nos maiores espaçamentos de plantios foram observados os maiores valores de massa seca, sendo verificado efeito da irrigação na massa seca apenas nos espaçamentos 3 x 3 m e 3 x 2 m.

Palavras-chave: espaçamento, irrigação, densidade básica, massa seca, Eucalyptus.

 

Abstract: This study aimed to evaluate the influence of spacing and irrigation in dry mass and basic wood density. For this study two experiments were conducted, and in the first we used two clones of E. grandis x E. urophylla with 1 year old planted in spacings of 3 x 3, 3 x 2, 3 x 1 and 3 x 0.5 m and in irrigated and non-irrigated region, and in the second experiment were used clones of E. grandis x E. camaldulensis with 7 years of age planted in the same spacing of the first experiment. It was determined the volume of trees obtained in the two experiments were sampled materials and the heights of 0, 25, 50, 75 and 100% of commercial tree height, to perform the basic density and then the dry mass calculation. Based on the results obtained it was observed that the highest values of specific gravity wood clone was derived from the larger spacings in the other clones unverified influence of spacing. In the larger plantations spacings were subject to the higher dry matter values, being checked effect of irrigation in dry matter only in the spacing 3 x 3 m and 3 x 2 m.

Key words: spacing, irrigation, basic density, dry mass, Eucalyptus.

 

1 Departamento de Engenharia Florestal, Universidade Federal de Lavras, Lavras, Minas Gerais, Brasil.
2 Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de São João Del-Rei, Sete Lagoas, Minas Gerais, Brasil.
3 Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais, Brasil.
* E-mail: mfvrocha@yahoo.com.br