Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Parâmetros e Tendência Genética da Taxa de Maturação e Peso Assintótico de Bovinos da Raça Nelore no Estado da Bahia1

DOI: http://dx.doi.org/10.15528/2176-4158/rcpa.v12n1p39-42

http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rcpa 

downloadpdf

Laaina de A. Souza2, Dirlane N. Caires2, Carlos H. M. Malhado3, Paulo L. S. Carneiro3, Raimundo Martins Filho4, Carlos H. C. Machado5 & Danielle M. M. R. Azevedo6

 

Resumo: O objetivo deste estudo foi estimar as herdabilidades e a correlação genética dos parâmetros A (peso assintótico) e k (taxa de maturação), obtidos pelo modelo logístico, e as tendências genéticas e fenotípicas destes dois parâmetros em bovinos da raça Nelore no estado da Bahia. Os coeficientes de herdabilidades para o peso assintótico (0,13) e taxa de maturidade (0,14) evidenciam a possibilidade de ganho genético com a seleção. A correlação genética negativa (-0,44) entre os parâmetros indica que selecionando animais com maior taxa de maturidade, obtêm-se animais com menor peso adulto. Apesar da mudança fenotípica significativa nos dois parâmetros, o progresso genético é nulo no parâmetro k, evidenciando que não se tem feito seleção para precocidade.

Palavras-chave: curva de crescimento, peso a maturidade, precocidade

 

Abstract: The objective of this study was to estimate the heritability and the genetic correlation of the parameters A (weight at maturity) and k (maturation rate), obtained by the Logistic model, as well as the genetic and phenotypic trends of these two parameters in nellore cattle raised in Bahia state. The heritability coefficients for weight at maturity (0.13) and maturation rate (0.14) show that genetic gains can be achieved through selection. The negative genetic correlation (-0.44) between both parameters indicate that by selecting animals with a higher maturation rate, a lower weight at maturity will be obtained. In spite of the significant phenotypic gains within both parameters, the genetic improvement has been null for the parameter k, thereby reflecting a lack of selection for precocity.

Key words: growth curve, mature weight, precocity

 

1 Apoio FAPESB e UESB
2 Mestrandas em Zootecnia, UESB. Email: dinhanovais@yahoo.com.br, laainaandrade@gmail.com (correspondência)
3 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia E-mail:plscarneito@gmail.com, carlosmalhado@gmail.com (correspondência)
4 Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.
5 ABCZ
6 Embrapa Meio Norte – Parnaíba-PI

 

Literatura Citada

ARANGO, J.A.; VAN VLECK, L.D. Size of beef cows: early ideas, new developments. Genetics Molecular Research, v.1, p.51-63, 2002.

BOLDMAN, K.G.; KRIESE, L.A.; VAN VLECK, L.D. VAN TASSEL, C.P.V.; KACHMAN, S.D. A Manual for Use of MTDFREML; a Set of Programs to Obtain Estimates of Variances and Covariances [DRAFT]. Lincoln, Department of Agriculture, Agricultural Research Service, 1995. 120p.

SANTORO, K.R.; BARBOSA, S.B.P.; ALBURQUERQUE, L.H.A.B. Estimativas de parâmetros de curvas de crescimento de bovinos Zebu, criados no Estado de Pernambuco. Revista Brasileira de Zootecnia, v.34, n.6, p. 2262-2279, 2005. doi

SAS. Statistical Analysis System – User Guide: Stat, Cary, (NC: Sas Institute Inc.) 1999.