Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Ferramentas Computacionais na Sala de Aula: Minimizando o Descompasso entre Conhecimento Acadêmico e Realidade

DOI: http://dx.doi.org/10.15552/2236-0158/abenge.v26n1p19-26

http://www.abenge.org.br/revista/index.php/abenge/index 

downloadpdf

Viviana C. Mariani1 & Emerson Martim2

 

Resumo: As aulas práticas de laboratório computacional têm como característica principal a participação efetiva dos alunos, o que se reflete no processo de ensino-aprendizagem. Entretanto, deve-se ter cuidado para que nas aulas de laboratório computacional os alunos não tenham a simples incumbência de averiguar a parte teórica, mas, sim, que participem ativamente, construindo novas conjecturas e explorando a criatividade no entendimento físico e na resolução de problemas aplicados. Com este objetivo, o presente trabalho visa relatar as experiências vivenciadas pelos autores na integração de aulas teóricas e práticas. Em especial, descreve-se uma das aplicações apresentadas em sala de aula, a síntese de amônia. Pela modelagem matemática desta aplicação, obtém-se um sistema de equações lineares, o qual é resolvido por meio de um dos aplicativos Matlab, Maple, Scilab e Excel. Um breve comparativo entre tais aplicativos é apresentado. Na solução numérica de aplicações observa-se que ocorre um melhor aproveitamento por parte dos alunos, levando-os a uma postura ativa diante dos instrumentos apresentados e capacitando-os a interpretar os fenômenos físicos envolvidos nos problemas propostos. Os resultados obtidos em sala de aula mostram que estudos de casos aplicados permitem que o ensino não seja fragmentado.

Palavras-chave: engenharia química, cálculo numérico, Matlab, Maple, Scilab, Excel

 

Abstract: The practical lessons of computational laboratory have, as a major characteristic, the effective participation of the students, which reflected in the teaching-learning process. However, care must be taken so that in the lessons of computational laboratory the students do not have the simple task of checking the theoretical content; on the contrary, they must actively participate in constructing new conjectures, and exploring the creativity in the physical understanding and in the resolution of applied problems. This paper aims at presenting the work experienced by the authors in the integration of theoretical and practical lessons. In special, one of the applications presented in the classroom, is stressed the ammonia synthesis. Through the mathematical modeling of this application, a system of linear equations is obtained which is solved by using tools such as Matlab, Maple, Scilab and Excel. A brief comparison among such tools is presented. In the numerical solution of applications it is observed that the students can take educational advantages by playing an active role using the presented instruments, enabling them to interpret the physical phenomena involved in the proposed problems. The results obtained in classroom demonstrate that these case studies overcome the fragmented approach in education.

Key words: chemical engineering, numerical calculus, Matlab, Maple, Scilab, Excel

 

1 Professora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho. CEP 81611-970 - Curitiba, PR, Brasil; e-mail: viviana.mariani@pucpr.br
2 Professor Ajunto do Programa de Graduação em Engenharia Química, Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho. CEP: 81611-970 - Curitiba, PR, Brasil; e-mail: emerson.martim@pucpr.br

 

Literatura Citada

ALMEIDA, E. P. As planilhas fazem história. Info Exame - Guia do Excel, São Paulo, p. 10-17, 2002a.

ALMEIDA, R. Q. Software livre na educação. Boletim EAD - Unicamp/Centro de Computação/Equipe EAD. Disponível em: http://www.ead.unicamp.br/ead/index_html?foco=Publicacoes, 2002b.

BARROSO, C. L. et al. Cálculo numérico – com aplicações. 2. ed. São Paulo: Harbra, 1987.

BOGHI, C.; SHITSUKA, R. Aplicações práticas com o Microsoft Office Excel 2003 e Solver: ferramentas Computacionais para a tomada de decisão. São Paulo: Érica, 2005. 262p.

BURDEN, R. L.; FAIRES J. D. Numerical analysis. 7. ed. PWS Publishing Co, 2000.

FELDER, R. M.; ROUSSEAU, R. W. Elementary principles of chemical process. 3. ed. New York: John Wiley & Sons, 2000. 675p.

HIMMELBLAU, D. M.; RIGGS, J. B. Engenharia química: princípios e cálculos. 7. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006. 846p.

INEP. Revista do Provão, Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, n. 5, p.14-15, 2000.

MARIANI, V. C. Laboratório computacional na disciplina de cálculo numérico - um relato. In: COBENGE, XXX. Piracicaba, Anais... p 1-10, 2002.

PALACIOS, J. O. An introduction to the treatment of neurophysiological signals using Scilab-Version 0.02. Disponível em: http://www.neurotraces.com/scilab/scilab2/node2.html. Acesso em: 2001.

RUGGIERO, M. A. G.; LOPES, V. L. R. Cálculo numérico: aspectos teóricos e computacionais. 2. ed. Rio de Janeiro: Makron Books, 1996.

SILVA, J.; LAIDENS, G. Uma abordagem multidisciplinar nos experimentos de potenciometria. In: COBENGE, XXIX. Porto Alegre, Anais... p 1-8, 2001.

The Math Works Inc. Matlab: versão do estudante, Makron Books, 1997.

VALENTE, J. A. Informática na educação: uma questão técnica ou pedagógica? Pátio – Revista Pedagógica, Porto Alegre: Artmed, n. 9, p. 21-23, 1999.