Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Como se Caracteriza a Relação entre a Gestão de Pessoas no CSC (Centro de Serviços Compartilhados) e as Políticas e Estratégias da Organização

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2177-7284/regs.v5n1p743-765

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/REGS/index 

downloadpdf

Gleice A. de S. Silva1, Camila O. Ramos2, Vanessa Bonanza2, Lucielena Silva2, Marcilene B. da Silva2 & Lilian C. C. Camargo3

 

Resumo: Diversas organizações criaram os Centros de Serviços Compartilhados, e os resultados positivos atraíram empresas para desenvolver esta unidade, com a finalidade de reduzir custos, racionalizar processos e focar a atividade fim, buscando alcançar ganhos de qualidade e agilidade nas rotinas por meio da especialização do trabalho. O presente estudo de caso tem como tema a relação entre as políticas e estratégias da organização e as práticas e políticas de gestão de pessoas do CSC de uma empresa de saneamento básico. Por intermédio de pesquisa documental e entrevistas, abordará conceitos de estratégia organizacional, modelos de gestão das organizações e de pessoas, gestão estratégica de pessoas e gestão por competências, com o objetivo de descrever como se caracteriza a relação entre as políticas e estratégias e as práticas e políticas de gestão de pessoas. Busca também identificar a contribuição da gestão de pessoas para o alinhamento desta unidade de negócio como apoio no alcance do objetivo da estratégia organizacional.

Palavras-chave: gestão de pessoas, gestão estratégica de pessoas, estratégia organizacional

 

Abstract: Several organizations have created Shared Service Centers, and the positive results have attracted companies to develop this unit with purpose to reduce costs, streamline processes and focus on core activities, seeking to achieve improvements in quality and agility routines through specialization of labor. This case study has as its theme the relationship between policies and strategies of the organization and the policies and practices of personnel management of CSC for a sanitation company, through desk research and interviews. Will address concepts of organizational strategy models management of organizations and people, people management and strategic management skills, in order to describe how it characterizes the relationship between policies and strategies and policies and practices of personnel management. Search also identify the contribution of people management to align this business unit to support the achievement of the objective of the organizational strategy.

Key words: people management, strategic management people, organizational strategy

 

1 Graduanda em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Metodista de São Paulo, graduada em Administração de Empresas pela Faculdades Oswaldo Cruz, Pós Graduada em Finanças pela Universidade Mackenzie E-mail: gleiceavelar@ig.com.br
2 Graduandas em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Metodista de São Paulo
3 Professora do curso de Gestão de Recursos Humanos na Universidade Metodista de São Paulo

 

Literatura Citada

ARAÚJO, ANTÔNIO DE PÁDUA AND ALBUQUEQUE, LINDOLFO GALVÃO. Gestão por Competências: Um Estudo Exploratório em uma Instituição Pública Não-Estatal Qualificada Como Organização Social. Red Rev. Científicas de América Latina, jul./dez. 2007, vol. 5, n. 010, p. 97-125. ISSN 1678-4855.

CHIAVENATO, IDALBERTO. Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

CHIAVENATO, IDALBERTO. Introdução à teoria geral da administração. 7. ed. Rio de Janeiro, 2004.

Competitividade e recursos humanos. Revista de administração, v. 27, n. 4, out./dez. 1992.

CRUBELLATE, JOÃO MARCELO; GRAVE, PAULO SÉRGIO E MENDES, ARISTON AZEVEDO. A questão institucional e suas implicações para o pensamento estratégico. Rev. Adm. Comtemp. [on-line]. 2004, vol. 8, n. spe, p. 37-60. ISSN 1982-7849.

CSC Disponível em: <http://www.csc.odebrecht.com>. Acesso em: 26 mar. 2012.

FISHER. A. L. A constituição do modelo competitivo de gestão de pessoas no Brasil – Um estudo sobre as empresas consideradas exemplares. São Paulo, 1998. Tese (Doutorado) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

FLEURY, MARIA TEREZA LEME AND FLEURY, AFONSO CARLOS CORREA. Alinhando Estratégia e Competências. Rev. Adm. Empres., mar. 2004, vol., 44, n. 1, p. 44-57. ISSN 0034-7590.

FLEURY, MARIA TEREZA LEME AND FLEURY, AFONSO. Construindo o Conceito de Competências. RAC, Edição Especial, 2001, p. 183-196.

FONSECA, VALÉRIA S. DA E MACHADO DA SILVA, CLÓVIS L. Conversação entre abordagens da estratégia em organizações: escolha estratégica, cognição e instituição. Rev. Adm. Comtemp. [on-line]. 2010, vol. 14, n. spe, p. 51-75. ISSN 1982-7849.

GARAY, ANGEL B. SCHEFFER; CARVALHO, MARIO CESAR DOS SANTOS; SILVA, FLAVIA PEREIRA DA. Gestão Estratégica de Pessoas e seu Impacto nas Organizações. Disponível em: <simpoi 2009>. Acesso em: 3 maio, 2012.

INSTITUCIONAL Disponível em: <http://www.fozdobrasil.com.br/fozwp/institucional/quemsomos>. Acesso em: 12 mar. 2012.

LACOMBE, BEATRIZ MARIA BRAGA AND CHU, REBECA ALVES. Políticas e práticas de gestão de pessoas: as abordagens estratégicas e institucionais. Rev. Adm. Emp., mar. 2008, vol. 48, n. 1, p. 25-35. ISSN 0034-7590.

MACHADO DA SILVA, CLÓVIS L. AND BARBOSA, SOLANGE DE LIMA. Estratégia, fatores de competitividade e contexto de referências das organizações: uma análise arquetípica. Rev. Adm. Contemp., dez. 2002, vol. 6, n. 3 , p. 7-32. ISSN 1415-6555.

MOURA, MARIA CRISTINA CANOVAS DE AND BITTENCOURT, CLAUDIA CRISTINA. A articulação entre estratégia e o desenvolvimento de competências gerenciais. RAE eléctron, jun. 2006, vol. 5, n. 1, p. 0-0.ISSN 1676-5648.

PEREIRA, SANTOS VIVIANE, DORNELAS A. MYRIAM E CARDOSO N. P. OLINDA. Estudo de caso, uma discussão contemporânea, no link:http://www.contexrus.ufc.br/index.php/contextus/article/view/48/15 Acesso em: 23 fev. 2012.

PRIETO, VANDERLI CORREIA, CARVALHO, MARLY MONTEIRO DE AND FISCHMANN, ADALBERTO AMÉRICO. Análise comparativa de modelos de alinhamento estratégico. Prod. 2009, vol. 19, n. 2, p. 317-331. ISSN 0103-6513.

RAUPP MAURY FABIANO E BEUREN MARIA ILSE. Modelos de gestão flexíveis a partir de mudanças na cultura organizacional alicerçada no empreendedorismo. Disponível em http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/adm/article/view/17_82/4954 Acesso em: 23 fev. 2012.

TANURE, BETÂNIA, EVANS, PAUL AND CANÇADO, VERA L. As quatro faces de RH: Analisando a Performance da Gestão de Recursos Humanos em Empresas no Brasil. Rev. Adm. Contemp., ago. 2010, vol. 14, n. 4, p. 594-614. ISSN 1415-6555.

WHETTEN A. DAVID. O que constitui uma contribuição teórica? Disponível em: http://era.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590 s 0034_75902003000300006.pdf Acesso em: 2 fev. 2012.