Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Importância da Integralidade das Ações no Serviço de Atenção Domiciliar - Artigo de Revisão

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/2238-1945/pcnb.v3n5p50-57

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/bio/index 

downloadpdf

Maria H. A. Lopes1, Poliana R. V. Boas1, Raiane S. Barbosa1 & Karla R. Silva2

 

Resumo: A atenção domiciliar define-se como um conjunto de ações integradas e articuladas de promoção à saúde, prevenção, tratamento e reabilitação de doenças que ocorrem em domicílio por uma equipe multiprofissional capacitada. O objetivo desse estudo é descrever os achados literários que refletem sobre a importância da integralidade das ações no serviço de atenção domiciliar. Foi utilizada uma revisão de literatura, nos meses de Agosto a Outubro de 2012, que se desenvolveu por meio de materiais já elaborados, constituídos principalmente de artigos científicos localizados através da Biblioteca Virtual de Saúde. Por meio desta pesquisa foi possível responder a seguinte pergunta: Qual a Importância da Integralidade das ações no Serviço de Atenção Domiciliar? Como resultado percebe-se que as articulações em equipe são desafiadoras, pois a comunicação entre profissionais nem sempre é efetiva e tão pouco passiva de questionamentos e mudanças. Por tanto, entende-se que a assistência domiciliar confirma o período transitório do modelo assistencial. Antes compreendido como um modelo hierárquico e centralizado, hoje se apresenta, em uma rede integrada e descentralizadora em serviços de saúde.

Palavras-chave: assistência domiciliar, enfermagem e integralidade da assistência

 

Abstract: Home care is defined as a set of integrated and coordinated health promotion, prevention, treatment and rehabilitation of disorders that occur at home by a multidisciplinary team trained. The aim of this study is to describe the literature findings that reflect on the importance of integrated care in the home care service. We used a literature review in the months of August to October 2012, which developed through materials already developed, consisting mainly of scientific articles located through the Virtual Library of Health Through this research it was possible to answer the following question: What is the Importance of Completeness of shares in the Home Care Service '. As a result it is clear that the joint team are challenging, since communication between professionals is not always effective and so little passive questions and changes. Therefore, it is understood that home care confirms the transitional period of the care model. Before understood as a hierarchical and centralized, it stands today, in an integrated and decentralized health services.

Key words: home assistance, nursing and completeness of assistance

 

1 Estudante do Curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG)
2 Enfermeira. Mestre em Ciências da Saúde. Especialista em Urgência e Atendimento pré-hospitalar Móvel. Docente do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. E mail para correspondência: karlarona@bol.com.br

 

Literatura Citada

ALVES, Vânia Sampaio. Um modelo de educação em saúde para o Programa Saúde da Família: pela integralidade da atenção e reorientação do modelo assistencial. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 9, n. 16, Feb. 2005 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832005000100004&lng=en&nrm=iso>. Acessado 06 Setembro 2012.

ARAUJO, Marize Barros de Souza; ROCHA, Paulo de Medeiros. Trabalho em equipe: um desafio para a consolidação da estratégia de saúde da família. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, Apr. 2007. Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000200022&lng=en&nrm=iso>. Acessado 24 Agosto 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde, PORTARIA N°2.527 de 27 de outubro de 2011. Redefine a Atenção Domiciliar no âmbito do Sistema Único de Saúde. Brasília-DF, 2011. Acessado 14 Agosto 2012.

CONILL, Eleonor Minho. Ensaio Histórico-conceitual sobre a Atenção Primária a Saúde: desafio para a organização dos serviços básicos e da Estratégia Saúde da Família em centros urbanos no Brasil. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro. 2008. Acessado 01 Outubro 2012.

FRANCO, Túlio Batista; MERHY, Emerson Elias. Atenção domiciliar na saúde suplementar: dispositivo da reestruturação produtiva. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 5, Oct. 2008 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000500016&lng=en&nrm=iso>. Acessado 24 Agosto 2012.

GALVAN, Gabriela Bruno. Equipes de saúde: o desafio da integração disciplinar. Rev. SBPH, Rio de Janeiro, v.10, n.2, dez. 2007 .Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582007000200007&lng=pt&nrm=iso>. Acessado 20 Agosto 2012.

GIACOMOZZI, Clélia Mozara; LACERDA, Maria Ribeiro. A prática da assistência domiciliar dos profissionais da estratégia de saúde da família. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 15, n. 4, Dec. 2006 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072006000400013&lng=en&nrm=iso>. Acessado 14 Setembro 2012.

KLOCK, Adriana Damke; HECK, Rita Maria; CASARIM, Sidnéia Tesmer. Cuidado domiciliar: a experiência da residência multiprofissional em saúde da família/UFPEL-MS/BID. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 14, n. 2, June 2005 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072005000200011&lng=en&nrm=iso>. Acessado 14 Setembro 2012.

MATOS, Eliane; PIRES, Denise Elvira Pires de; CAMPOS, Gastão Wagner de Sousa. Relações de trabalho em equipes interdisciplinares: contribuições para a constituição de novas formas de organização do trabalho em saúde. Rev. bras. enferm., Brasília, v. 62, n. 6, Dec. 2009 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672009000600010&lng=en&nrm=iso>. Acessado 02 Outubro 2012.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portal da Saúde. Disponível em <http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/>. Acesso em: 03/09/2012, 14/09/2012 e 02/10/2012.

NASCIMENTO, Keyla Cristiane do et al . Sistematização da assistência de enfermagem: vislumbrando um cuidado interativo, complementar e multiprofissional.Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 42, n. 4, Dec. 2008 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342008000400005&lng=en&nrm=iso>. Acessado 02 Outubro 2012.

GOMES, Maria Auxiliadora de S. Mendes. Construção da integralidade: cotidiano, saberes e práticas em saúde. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 9, n. 4, Dec. 2004 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232004000400029&lng=en&nrm=iso>. Acessado 02 Outubro 2012.

SANTOS, Marco Antonio Merechia et al. A Interdisciplinaridade e o Trabalho em Equipe no Programa de Saúde da Família. Arquivos Catarinenses de Medicina, Santa Catarina, v.32, n.4. 2003. Acessado 18 Agosto 2012.

SEEMANN, Gecioni et al . Desafios para a ação interdisciplinar na atenção básica: implicações relativas à composição das equipes de saúde da família. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 2013 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000800019&lng=en&nrm=iso>. Acessado 24 Agosto 2012.

SEVERO, Silvani Botlender; SEMINOTTI, Nedio. Integralidade e transdisciplinaridade em equipes multiprofissionais na saúde coletiva. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 2013 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000700080&lng=en&nrm=iso>. Acessado 06 Setembro 2012.

SILVA, Kenia Lara et al. Integralidade no cuidado na saúde: indicações a partir da formação do enfermeiro. Revista Escola de Enfermagem USP, São Paulo, v.42, n.1, p.48-56. 2007. Acessado 16 Setembro 2012.