Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Jornalismo Científico e Comunicação da Saúde

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v6n10p51-61

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

José A. de Oliveira1

 

Resumo: O presente artigo, mediante pesquisa bibliográfica, discute o atual papel do jornalismo científico, sobretudo em seu ofício de “redigir” sobre ciência, notadamente notícias sobre saúde, e as consequentes implicações deste fazer jornalístico. Dentre os temas presentes na divulgação sobre ciência e tecnologia, destaca-se o sempre crescente interesse pela divulgação de matérias sobre saúde em função de seu interesse público. A comunicação que trata sobre cuidados com a saúde, drogas, suprimentos e instrumentos médicos, clínicas e hospitais movimentam bilhões de dólares anualmente em todo o mundo – o que se traduz em um crucial dilema ético para o exercício profissional do redator de ciência.

Palavras-chave: comunicação da saúde, divulgação científica, jornalismo científico

 

Abstract: This article discusses the scientific journalism current role, above all its duty to write on science, outstandingly information about health and the outcome implications of this type of journalism. Among the themes related to the publication on science and technology stands out the increasing interest for article divulgation on science due to the public interest. The communication regarding health care, drugs, medical supply and instruments, clinics and hospitals which handle billions of dollars yearly in all over the world — something that represents an ethical crucial dilemma for the science writer professional.

Key words: health communication, scientific publication, scientific journalism

 

1 Jornalista. Mestre e doutorando em Ciências da Comunicação pela Umesp. Docente de Filosofia e Sociologia do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. aparece@gmail.com

 

Literatura Citada

BELDA, Francisco Rolfsen. Alimentos transgênicos e imprensa: um estudo do discurso jornalístico de divulgação científica, 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência da Comunicação) - ECA-USP, São Paulo, 2003.

BORDENAVE, J. E. D. Além dos meios e mensagens: Introdução à comunicação como processo, tecnologia, sistema e ciência. Petrópolis: Vozes, 1986.

BUENO, Wilson. Jornalismo científico no Brasil: os compromissos de uma prática dependente, 1984. Tese (Doutorado em Comunicação Social) - USP/ECA, São Paulo, 1984.

BUENO, Wilson. Jornalismo científico no Brasil: aspectos teóricos e práticos. São Paulo: Comtexto. Disponível em: <http://www.comtexto.com.br/>. Acesso em jun. 2006.

BUENO, Wilson. (2001) Os novos desafios do jornalismo científico. São Paulo, Comtexto. Disponível em http://www.comtexto.com.br/

BURKETT, Warren. Jornalismo científico: como escrever sobre ciência, medicina e alta tecnologia para os meios de comunicação. Rio de Janeiro: Forense, 1990.

CALDAS, Graça. Mídia, ciência, tecnologia e sociedade. Disponível em <http://www.comtexto.com.br/>.

CALDAS, Graça. Jornalistas e cientistas: a construção coletiva do conhecimento. Revista Comunicação & Sociedade, São Bernardo do Campo: UMESP, n. 41, 2004.

CHAPARRO, M. C. Jornalismo científico vive fase de contradição no Brasil. São Paulo, (mimeo), 1993.

CHRÉTIEN, Claude. A ciência em ação. Campinas: Papirus, 1991.

CALVO HERNANDO, M. El periodismo do terceiro milenio. Arbor: Madrid, 1990.

CALVO HERNANDO, M. Manual de periodismo científico. São Paulo: Edusp, [s.d.].

EPSTEIN, Isaac. Os possíveis efeitos negativos devido à publicação prematura de notícia inesperada ou “novidade” na divulgação científica em medicina – O caso da bactéria chlamydia. Revista Comunicação & Sociedade. São Bernardo do Campo: UMESP, n. 27, 1997.

EPSTEIN, Isaac. Comunicação e saúde. Revista Comunicação & Sociedade. São Bernardo do Campo: UMESP, n. 35, 2001.

EPSTEIN, Isaac. Divulgação científica em Ciência Hoje – resenha. Revista Comunicação & Sociedade. São Bernardo do Campo: UMESP, n. 35, 2001.

ERBOLATO, Mário L. Jornalismo especializado: emissão de textos no jornalismo impresso. São Paulo: Atlas, 1981.

FEITOSA, Vera C. Comunicação na tecnologia. São Paulo: Brasiliense, 1987.

FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2002.

PETERS, Hans Peter. A interação entre jornalistas e peritos científicos: cooperação e conflito entre duas culturas profissionais. Revista Comunicação e Linguagem. Lisboa: Relógio Dágua Editora, 2000.

POSSENTI, S. Discurso, estilo e subjetividade. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

ZAMBONI, L. M. S. Cientistas, jornalistas e a divulgação científica – subjetividade e heterogeneidade no discurso da divulgação científica. Campinas: Unicamp, 2001.

ZATZ, Mayana: entrevista [04/12/2006]. Programa Roda Viva. São Paulo: TV Cultura, 2006. Fita VHS (120 min). Entrevista gravada.