Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Fatores Associados à Baixa Adesão ao Aleitamento Materno Exclusivo e ao Desmame Precoce

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v6n11p154-165

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

Jaqueline A. G. Barbosa1, Fabrícia P. C. Santos2 & Pablo M. C. Silva3

 

Resumo: O leite materno é um alimento completo e o mais adequado para bebês, sendo recomendado seu uso exclusivo até os seis meses de vida. Contudo, ainda é insatisfatória a adesão a tal prática. O objetivo deste estudo foi identificar os fatores associados a não adesão ao aleitamento materno exclusivo e ao desmame precoce, visando contribuir com conhecimentos que auxiliem a reverter esse cenário. Trata-se de revisão de literatura. Identificou que, além de haver desconhecimento acerca dos benefícios do aleitamento materno, mitos e crenças infundadas contribuem para dificultar a adesão a tal prática. Além disso, a amamentação sofre influências do contexto, como da disponibilidade da mãe, e do acesso a recursos como o leite em pó e mamadeiras. Faz-se necessário oferecer orientações qualificadas com abordagens que considerem os aspectos psicossociais envolvidos no comportamento das mães, a fim de que alcancem maior eficácia.

Palavras-chave: amamentação, desmame precoce, enfermagem

 

Abstract: Maternal milk is a complete food and the most adjusted for babies, being recommended its exclusive use until the six months of life. However, still the adhesion to such practical is unsatisfactory. The objective of this study was to identify to the factors associates of the little adhesion to the exclusive breast feed and to it weans it precocious, aiming at to contribute with knowledge that assist to revert this scene. One is about literature revision. It identified that, beyond having unfamiliarity concerning the benefits of the breast feed, myths and baseless beliefs they contribute to make it difficult the adhesion to such practical. Moreover, breast-feeding suffers influences from the context, as of the availability of the mother, and the access the resources as milk in dust and baby's bottles. One becomes necessary to offer qualified orientation that consider the involved social-cultural aspects in the behavior of the mothers, so that they reach greater effectiveness.

Key words: breast-feeding, weans precocious, nursing

 

1 Doutora em Enfermagem pela UFMG. Membro do NUPSC - Núcleo de Pesquisa em Saúde coletiva. Docente no Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. jaqueline.barbosa@izabelahendrix.edu.br
2 Graduada em Enfermagem. fabriapc@yahoo.com.br
3 Graduado em Enfermagem. marcelocramg@gmail.com

 

Literatura Citada

ALMEIDA, J. A. G.; NOVAK, F. R. Amamentação: um híbrido natureza-cultura. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v. 80, supl. 5, p. S119-S125, 2004. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/jped/v80n5s0/v80n5s0a02.pdf> Acesso em fev. de 2012.

ANTUNES, L. S.; ANTUNES, L. A. A.; CORVINO, M. P. F.; MAIA, L. C. Amamentação natural como fonte de prevenção em saúde. Ciências & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro. v. 13, n. 1, p. 103-109, Fev 2008. doi

ARAÚJO, M. F. M.; REA, M. F.; PINHEIRO, K. A.; SCHMITZ, B. A. S. Avanços na norma brasileira de comercialização de alimentos para idade infantil. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 40, n. 3, p. 513-520, Jun 2006. doi

BARREIRA, S. M. C.; MACHADO, M. F. A. S. Amamentação: compreendendo a influência do familiar. Acta Scientiarum – Health Sciences, São Paulo v. 26, n. 1, p. 11-20, 2004. Disponível em: <http://www.uff.br/promocaodasaude/desmame9.pdf> Acesso em fev de 2012.

BERNARDI, M. A relação entre a incidência de infecções respiratórias agudas em crianças de 0 a 2 anos e o desmame precoce como fator de risco: um estudo na secretaria municipal de saúde do município de São Miguel do Oeste – SC. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Universidade do Estado de Santa Catarina: Palmitos. 2008.

BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE – BVS. Semana Mundial de Aleitamento Materno. Disponível em: <http://diade.bvsalud.org/amamentacao/html/pt/index.htm>. Acesso em: 21 fev. 2012.

BOSI, M. L. M.; MACHADO, M. T. Amamentação: um resgate histórico. Cadernos ESP – Escola de Saúde Pública do Ceará, v. 1, n. 1. 2005. Disponível em: <http://www.esp.ce.gov.br/cadernosesp/index.php/cadernosesp/issue/view/1> Acesso em: 27 jan. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Alojamento Conjunto. Portaria nº 1.016, de 26 de agosto de 1993. Aprova as normas básicas para a implantação do sistema de alojamento conjunto. Disponível em: <http://sna.saude.gov.br/legisla/legisla/alojc/GMP1016_93alojc.doc>. Acesso em fev de 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Assistência pré-natal. Brasília: Ministério da Saúde, 1984. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cd04_11.pdf> Acesso em fev de 2012.

BRASIL. Mistério da Saúde. Guia alimentar para crianças menores de 2 anos. Brasília: Ministério da Saúde, 2002a. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_criancas_menores_2anos.pdf> Acesso em fev 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Iniciativa Hospital Amigo da Criança: promovendo aleitamento materno e cidadania. Portaria GM/MS nº 756, de 16 de dezembro de 2004a. Estabelece as normas para o processo de habilitação do Hospital Amigo da Criança integrante do Sistema Único de Saúde. Disponível em: <http://dtr2001.saude.gov.br/sas/PORTARIAS/Port2004/PT-756.htm> Acesso em: 5 fev. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Coordenação Geral de Planejamento. Programa humanização do parto: humanização no pré-natal e nascimento. Brasília: Ministério da Saúde. 2002b. disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/parto.pdf> Acesso em mar 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Agenda de compromissos para a saúde integral da criança e redução da mortalidade infantil. Brasília: Ministério da Saúde, 2004b. disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/agenda_compro_crianca.pdf> Acesso em mar 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de ações Programáticas e Estratégicas. Segunda pesquisa de prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e Distrito Federal. Brasília: Ministério da Saúde, 2009. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_prevalencia_aleitamento_materno.pdf> Acesso em abr 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: nutrição infantil: aleitamento materno e alimentação complementar. Brasília: Ministério da Saúde, 2009. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_nutricao_aleitamento_alimentacao.pdf> Acesso em mar 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica de Saúde da Mulher. Parto, Aborto e Puerpério: assistência humanizada à mulher. Brasília: Ministério da Saúde, 2001. Disponível em: <http://dtr2001.saude.gov.br/editora/produtos/livros/pdf/02_0033_M1.pdf> Acesso em dez 2011.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Decreto-lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943. Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del5452.htm>. Acesso em: 17 fev. 2012.

CAMINHA, M. F. C.; SERVA, V. B.; ANJOS, M. M. R. et al. Aleitamento materno exclusivo entre profissionais de um Programa Saúde da Família. Ciências & Saúde Coletiva, v. 16, n. 4, p. 2245-2250, 2011. doi

FIOCRUZ. Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Rio de janeiro. Disponível em: <http://www.fiocruz.br/redeblh/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=home>. Acesso em: 27 jan. 2012.

HORTA, B. L.; VICTORA, C. G.; GIGANTE, D. P. et al. Duração da amamentação em duas gerações. Revista de Saúde Pública, São Paulo v. 41, n. 1, p. 13-18, 2007. doi

ICHISATO, S. M. T.; SHIMO, A. K. K. Revisitando o desmame precoce através de recortes da história. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto v. 10, n. 4, p. 578-585, Jul/Ago 2002. doi

MONTEIRO, Renata. Norma brasileira de comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância: histórico, limitações e perspectivas. Rev Panam Salud Publica, Washington , v. 19, n. 5, maio 2006 . doi

MOREIRA, M. A.; LOPES, R. L. M. Amamentação: aspectos históricos das políticas públicas brasileiras. Online Journal of Nursing, v. 6, n. 2, 2008. Disponível em: <http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/index> Acesso em: 28 jan. 2012.

OLIVEIRA, M. I. C. de; CAMACHO, L. A. B.; SOUZA, I. E. de O. Promoção, proteção e apoio à amamentação na atenção primária à saúde no Estado do Rio de Janeiro, Brasil: uma política de saúde pública baseada em evidência. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 21, n. 6, 2005. doi

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE. Amamentação. Brasília, 2003. Disponível em: <http://www.opas.org.br/sistema/fotos/amamentar.pdf> Acesso: 15 out. 2011.

REZENDE, M. A.; SAWAIA, B. B.; PADILHA, K. G. “Mãe boa amamenta” ou a força da ideologia. Família, Saúde & Desenvolvimento. Curitiba, v. 4, n. 2, p. 154-162, 2002. Disponível em: <http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/refased/article/view/5065> Acesso: 15 out. 2011.

SÁ, S. R. Fatores que influenciam o aleitamento materno. Monografia (Especialização em Enfermagem Obstétrica) – Universidade Federal de Minas Gerais: Belo Horizonte. 2008.

SILVA, A. C. De Vargas a Itamar: políticas e programas de alimentação e nutrição. Estudos Avançados, Rio de Janeiro, v. 9, n. 23, 1995. doi

SOUZA, E. A. C. S. Reflexões acerca da amamentação: uma revisão bibliográfica. 2010. 26f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família) – Universidade Federal de Minas Gerais, Felício dos Santos. Belo Horizonte, 2010.

VAUCHER, A. L. I.; DURMAN, S. Amamentação: crenças e mitos. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 7, n. 2, p. 207-214, 2005. Disponível em: <http://www.fen.ufg.br/revista/revista7_2/original_09.htm> Acesso em: 27 jan. 2012.

VIEIRA, R. W.; DIAS, R. P.; COELHO, S. C. et al. Do aleitamento materno à alimentação complementar: atuação do profissional nutricionista. Saúde & Ambiente em Revista. São Paulo, v. 4, n. 2, p. 1-8, 2009. Disponível em: <http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/sare/article/view/609/597> Acesso em: 27 jan. 2012

VINAGRE, R. D.; DINIZ, E. M. A.; VAZ, F. A. C. Leite humano: um pouco de sua história. Pediatria, São Paulo v. 23, n°. 4, p. 340-345, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000134&pid=S0104-5970200900030000800036&lng=pt> Acesso em: 27 jan. 2012.

VOLPINI, C. C. A.; MOURA, E. C. Determinantes do desmame precoce no distrito noroeste de Campinas. Revista Nutrição, Campinas, v. 18, n. 3, p. 311-319, mai-jun 2005. doi