Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise dos Indicadores de Qualidade do Programa Estadual de Triagem Auditiva Neonatal de Minas Gerais em 2011

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v7n12p23-37

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

Vanessa F. Mariz1, Ramon C. Cruz2, Valéria I. Venâncio3 & Gabriela C. Januário4

 

Resumo: Objetivo: verificar os resultados do Programa Estadual de Triagem Auditiva Neonatal de Minas Gerais no ano de 2011 em relação aos indicadores de qualidade propostos pelo Comitê Multiprofissional em Saúde Auditiva. Métodos: análise do banco de dados, do período entre janeiro e dezembro de 2011, observando-se os indicadores de qualidade relacionados à etapa de triagem: índice de triagens realizadas, quantidade de neonatos triados no primeiro mês de vida e índice de encaminhamento para diagnóstico audiológico. Resultados: foram triados 37.639 neonatos, 14,9% dos nascidos vivos. Destes, 24.181 neonatos (64.2 %) foram triados no primeiro mês de vida, e 671 (1,8%) foram encaminhados para diagnóstico audiológico. Conclusões: o Programa Estadual de Triagem Auditiva Neonatal de Minas Gerais alcançou apenas um dos três indicadores estudados. Sugere-se a adoção de estratégias como o aumento de maternidades credenciadas, capacitação dos profissionais e implantação de sistemas de informação integrados aos demais pontos de atenção.

Palavras-chave: triagem, audição, recém-nascido, saúde pública, qualidade de assistência à saúde

 

Abstract: Purpose: to verify the results of the Newborn Hearing Screening State Program of Minas Gerais in 2011, in relation to quality indicators proposed of the Multiprofessional Comittee in Auditory Health. Methods: a database analysis of the period from January 2011 to December 2011, observing the quality indicators related to screening step: screening index realizes, quantity of newborns screened in the first month of life and referred index for full hearing assesment. Results: 37.638 newborns were screened in 2011, being 14,9% of the births. From those, 24,181 (64,2%) were evaluated at first month of life, and 671 (1,8%) were referred for full hearing assesment. Conclusion: the Newborn Hearing Screening State Program of Minas Gerais met just one of the three indicators evaluated. It is suggested the adoption of strategies like the increasing of accredited maternities, capacitation of the professionals and implantation of information systems integrated with the other services.

Key words: screening, hearing, newborn, public health, health care quality

 

1 Fonoaudióloga pela UFMG em 2004. Especialização: ICA –Bauru 2006 e CRFFa 2007. Mestrado: Ciências da Saúde – Área de concentração – Saúde da Criança e do Adolescente em 2009. Professora do curso de Fonoaudiologia do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. vanessa.mariz@izabelahendrix.edu.br
2 Fonoaudiólogo pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix em 2013. Gerente Técnico do Setor de Reabilitação Auditiva do Centro Especializado em Reabilitação de Diamantina - CER IV. ramoncstcruz@gmail.com
3 Fonoaudióloga pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix. valeria.inaciovenancio@yahoo.com.br
4 Fonoaudióloga pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix em 2002. Especialista em Audiologia pelo CEFAC em 2005. Mestrado em Ciências da Saúde com área de concentração em Saúde da Criança e do Adolescente em 2012. Coordenadora de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. gbcintraj@gmail.com

 

Literatura Citada

ALMEIDA, Elizabeth Oliveira Crepaldi de; AMADO, Bárbara Carolina Teixeira; BERNI, Paloma Savioli. Efetividade da triagem auditiva neonatal universal em um hospital público. In: 24º Encontro Internacional de Audiologia, 2009. p.2553. Disponível em: <http://www.audiologiabrasil.org.br/eiabauru2009/anais_select.php?pg=poster&cid=2553>. Acesso em: 06/04/2013.

ANGRISANI, Rosanna Mariangela Giaffredo; SUZUKI, Marcia Rumi; PIFAIA, Gustavo Ribeiro; SOUSA, Elaine Colombo; GIL, Daniela; AZEVEDO, Marisa Frasson de. Triagem auditiva neonatal com emissões otoacusticas e reflexo cocleo-palpebral: estudo da sensibilidade e especificidade. CEFAC, v.14, n.5, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462012000500010&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 08/04/2013.

BARREIRA-NIELSEN, Carmen; NETO, Henrique de Azevedo Futuro; GATTAZ, Gilberto. Processo de implantação de Programa de Saúde Auditiva em duas maternidades públicas. Rev. Soc Bras Fonoaudiologia, v.12 n.2, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-80342007000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em 08/04/2013.

BERNI, Paloma Savioli; ALMEIDA, Elizabeth Oliveira Crepaldi de; AMADO, Bárbara Carolina Teixeira; FILHO, Nelson de Almeida. Triagem auditiva neonatal universal: índice de efetividade no reteste de neonatos de um hospital da rede pública de Campinas. CEFAC, v. 12. n.1, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462010000100016&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 06/04/2013.

BRASIL. Lei nº 12303, de 2 de agosto de 2010. Dispõe sobre a obrigatoriedade de realização do exame denominado Emissões Otoacústicas Evocadas. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12303.htm. Acesso em: 08/04/2013.

CHOO, Daniel; MEINZEN-DERR, J. Newborn Hearing Screening in 2010. Curr Opin Otolaryngol Head Neck Surg, 18(5), p.399–404, 2010. Disponível em: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20808221>. Acesso em: 08/04/2013.

CORREA, Bruna Machado; LAUTENSCHLAGER, Larissa; TOCHETTO, Tania; PACHECO, Luciane da Costa; MAGGI, Celina Rech; GONÇALVES, Maiara Santos. Triagem auditiva: concordância entre os métodos comportamental e objetivo. CEFAC, v.14, n.1, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-18462012000100010&script=sci_arttext>. Acesso em 08/04/2013.

DANTAS, Margareth Barbosa de Souza; ANJOS, César Antônio Lira dos; CAMBOIM, Elizângela Dias; PIMENTEL, Marcella de Carvalho Ramos. Resultados de um programa de triagem auditiva neonatal em Maceió. Rev. Bras. Otorrinolaringol, v.75, n.1, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100009>. Acesso em: 08/04/2013.

DAYRELL, MCP; JANUÁRIO, GC. O Papel do Gestor nos Serviços de Saúde Auditiva e o Desafio do Acompanhamento em Saúde Auditiva. In: BEVILAQUA, MC, MARTINEZ, MAN, BALEN, SA, PUPO, AC, REIS, ACMB, FROTA S. (Org.). Saúde Auditiva no Brasil: Políticas, Serviços e Sistemas. São José dos Campos: Pulso Editorial, 2010.

DURANTE, Alessandra Spada; CARVALLO, Renata Mota Mamede; COSTA, Maria Teresa Zulini da; CIANCIARULLO, Marco Antonio; VOEGELS, Richard Louis; TAKAHASHI, Gilberto Morio; SOARES, Alda Valéria Neves; SPIR, Eliete Genovez. A implementação de programa de triagem auditiva neonatal universal em um hospital universitário brasileiro. Pediatria, v.26, n.2, p.78-84. 2004. Disponível em: <http://www.pediatriasaopaulo.usp.br/upload/pdf/1058.pdf>. Acesso em: 06/04/2013.

FRANÇOZO, Maria de Fátima de Campos; MASSON, Gabriela Abrahão; ROSSI, Tereza Ribeiro de Freitas; LIMA, Maria Cecília Marconi Pinheiro; SANTOS, Maria Francisca Colella dos. Adesão a um Programa de Triagem Auditiva Neonatal. Saúde Soc. v.19, n.4, p.910-918, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902010000400017>. Acesso em: 06/04/2013.

FREITAS, Vanessa Sabino de; ALVARENGA, Kátia de Freitas; BEVILACQUA, Maria Cecilia; MARTINEZ, Maria Angelina Nardi; COSTA, Orozimbo Alves. Análise crítica de três protocolos de triagem auditiva neonatal. Pró-Fono Revista de Atualização Científica. v.21 n.3, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-56872009000300004&script=sci_arttext>. Acesso em: 06/04/2013.

GATTO, Cladi Inês; TOCHETTO, Tania Maria. Deficiência Auditiva Infantil: implicações e soluções. CEFAC, v.9, n.1, p.110-15, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-18462007000100014&script=sci_arttext> Acesso em: 06/04/2013.

JANUÁRIO, G.C. Percurso assistencial das crianças avaliadas no Serviço de Referência em Triagem Auditiva Neonatal do Hospital Sofia Feldman no período de 2010 a 2011. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Minas Gerais: Belo Horizonte, 2012.

JOINT COMMITTEE ON INFANT HEARING. Year 2007 position statement: principles and guidelines for early hearing detection and intervention programs. Pediatrics, v.120, n.4, p.898-921, 2007. Disponível em: <http://pediatrics.aappublications.org/content/120/4/898.full.pdf+html>. Acesso em: 06/04/2013.

LEWIS, Doris Ruthy; MARONE, Silvio Antonio Monteiro; MENDES, Beatriz de Castro Andrade; CRUZ, Oswaldo Laercio Mendonça; NÓBREGA, Manoel de. Comitê multiprofissional em saúde auditiva – COMUSA. Braz J Otorhinolaryngol, 76(1) p.121-128, 2010. Disponível em: <http://www.saude.mg.gov.br/publicacoes/copy_of_treinapres/apresentacoes-do-ii-seminario-de-saude-auditiva-sus-mg/Comite%20multiprofissional%20em%20saude%20auditiv.pdf.> 06/04/2013.

LEWIS, DR. Evidências para a realização da triagem auditiva neonatal universal. In: BEVILACQUA, M.C.; MARTINEZ, M.A.N.; BALEN, S.A.; PUPO, A.C.; REIS, A.C.M.; FROTA, S. Tratado de Audiologia. São Paulo: Santos, 2011.

LIMA, Maria Cecília Marconi Pinheiro; ROSSI, Tereza Ribeiro de Freitas, FRANÇOZO, Maria Fátima de Campos; MARBA, Sérgio Tadeu; LIMA, Gisele Marafon Lopes de; SANTOS, Maria Francisca Colella dos. Detecção de perdas auditivas em neonatos de um hospital público. Rev. Soc. Bras. Fonoaudiologia. v.15, n.1, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-80342010000100003&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 08/04/2013.

MAGGI, Celina Rech. Programa de triagem auditiva neonatal: resultados de sua aplicação em um hospital universitário. 2009. 97 f. Dissertação (Mestrado em Distúrbio da Comunicação Humana)-Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009. Disponível em: <http://jararaca.ufsm.br/websites/ppgdch/download/Celina.pdf>. Acesso em: 06/04/2013.

MARQUES, Tatiana Redeschi; MENDES, Patrícia Christina; BOCHNIA Cristiane Franceschi Pineroli ; JACOB, Lilian Cássia Bornia; ROGGIA, Simone Mariotto; MARQUES, Jair Mendes. Triagem auditiva neonatal: relação entre banho e índice de reteste. Rev. Bras. Otorrinolaringologia v.74, n.3, 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-72992008000300011&script=sci_arttext>. Acesso em: 08/04/2013.

MATTOS, Wilian Maduell de; CARDOSO, Luciana Ferreira; BISSANI, Clarice; PINHEIRO, Maria Madalena C.; VIVEIROS, Carla Mherlyn; FILHO, Waldir Carreirão. Análise da implantação de programa de triagem auditiva neonatal em um hospital Universitário. Rev. Bras. Otorrinolaringol, v.75, n.2, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-72992009000200013&script=sci_arttext>. Acesso em: 06/04/2013.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde. Resolução nº 1321 de 18 de outubro de 2007. [citado em 2012 Aug 31] Disponível em: <http://www.saude.mg.gov.br/atos_normativos/resolucoes/2007/resolucao_1321.pdf>.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde. Resolução nº 1669 de 19 de novembro de 2008. [citado em 2012 Aug 31]. Disponível em <http://www.saude.mg.gov.br/atos_normativos/resolucoes/2008/RESOLUCaO%20SES%20No1669%20DE%2019%20DE%20NOVEMBRO%20DE%202008.pdf>. Acesso em 08/04/2013.

PEREIRA, Priscila Karla Santana; MARTINS, Adriana de Souza; VIEIRA, Márcia Ribeiro; AZEVEDO, Marisa Frasson de. Programa de triagem auditiva neonatal: associação entre perda auditiva e fatores de risco. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, v.19, n.3, p.267-278, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-56872007000300005&script=sci_arttext.> Acesso em: 08/04/2013.

QUINTANILHA R. S., FROTA S., KÓS M. I. Triagem auditiva neonatal em hospital particular. 24º Encontro Internacional de Audiologia, 2009. p.2199. Disponível em: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiabauru2009/anais_select.php?pg=buscaresult&cid=2199. Acesso em: 08/04/2013.

SIMONEK, Maria Cristina Silva; AZEVEDO, Marisa Frasson de. Respostas falso-positivas na triagem auditiva neonatal universal: possíveis causas. CEFAC, v.13, n.2, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-18462010005000076&script=sci_arttext>. Acesso em: 08/04/2013.

UCHÔA, Natacha T.; PROCIANOY, Renato S.; LAVINSKY, Luiz; SLEIFER, Pricila. Prevalence of hearing loss in very low birth weight neonates. Jornal de Pediatria, v.79, n.2, 2003. Disponível em: <http://www.jped.com.br/conteudo/03-79-02-123/ing.pdf>. Acesso em: 06/04/2013.