Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Sustentabilidade e o Papel da Universidade: Desenvolvimento Sustentável ou Sustentabilidade Democrática?

DOI: http://dx.doi.org/10.15599/0104-4834/cogeime.v22n43p11-26

https://www.redemetodista.edu.br/revistas/revistas-cogeime/index.php/COGEIME/index 

downloadpdf

Maria G. C. Tommasiello1 & Simone S. M. Guimarães2

 

Resumo: A crise ambiental é uma realidade mundial e a necessidade de formar “ambientalmente” profissionais que, por sua atividade, interfiram de alguma maneira na qualidade do meio ambiente é urgente. Este ensaio tem por objetivo problematizar o papel das universidades na formação de profissionais e discutir as questões envolvidas na inserção da educação ambiental com vistas à sustentabilidade. Entendemos que a educação sozinha não resolverá os problemas ambientais, mas é, em médio prazo, a estratégia principal na construção e implementação dos princípios da sustentabilidade democrática, bem como na direção da construção das sociedades sustentáveis.

Palavras-chave: sustentabilidade, desenvolvimento sustentável, educação superior

 

Abstract: The environmental crisis is a global reality and the need to form “environmentally” professionals which, by their activity, interfere somehow on the quality of the environment is urgent. This essay aims to discuss the role of universities in the training of professionals and discuss the issues involved in the insertion of environmental education towards sustainability. We understand that education alone will not solve the environmental problems, but it’s, in the medium term, the main strategy in the construction and implementation of the principles of democratic sustainability, as well as toward the construction of sustainable societies.

Key words: sustainability, sustainable development, higher education

 

1 Professora doutora do programa de Pós-Graduação em Educação da UNIMEP. Rodovia do Açúcar, km 156 CEP: 13.400-911, Piracicaba/SP. E-mail: mgtomze@unimep.nr
2 Professora doutora do Mestrado em Educação em Ciências e Matemática da UFG. Saída para Nerópolis – Km 13 Caixa postal: 131, CEP: 74.001-970, Goiânia/GO. E-mail: sisendin@ig.com.br

 

Literatura Citada

ANDRADE, A. C. Educação Ambiental no Ensino Superior: Disciplinaridade em Discussão. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2008.

BRASIL, Diário Oficial da União. Lei nº6983 de 31/08/81 sobre Política Nacional do Meio Ambiente, 1981. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6938.htm> Acesso em: 3 maio 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Diário Oficial da União, Lei nº 9.795 de 27/04/99 sobre Educação Ambiental, 2009. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9795.htm Acesso em: 3 maio 2013.

BRASIL Ministério da Educação. Resolução n. 2 de 15 de Junho de 2012 sobre Diretrizes Curriculares para Educação Ambiental, 2012. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17810&Itemid=866> Acesso em: 3 maio 2013.

BRÜSEKE, F. J. Desestruturação e Desenvolvimento. In: FERREIRA, L. C. e VIOLA, E. (orgs) Incertezas da Sustentabilidade na Globalização. Campinas: Editora Unicamp, 1995.

BURSZTYN, M. (org.) Ciência, Ética e Sustentabilidade – Desafios ao novo século. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO, 2001.

CARIDE, J.A. E MEIRA, P. A. Educação Ambiental e Desenvolvimento Humano. Lisboa/Portugal: Instituto Piaget, 2001.

CARVALHO, I. C. de M. Educação para Sociedades Sustentáveis e Ambientalmente Justas. Revista Eletrônica Mestrado Educação Ambiental, Revista do PPGEA/FURG, Rio Grande/RS 2008.

FLORIANI, D. Marcos Conceituais para o Desenvolvimento da Interdisciplinaridade. In: PHILIPPI Jr, A. Interdisciplinaridade em Ciências Ambientais. São Paulo: Signus Editora, 2000.

GARCIA, M. L. e VERGARA, J. M. R. La Evolución del Concepto de Sostenibilidad y su Introducción en la Enseñanza. Enseñanza de las Ciencias, n.18, v. 3, 2000.

HENRIQUES, R. et al. (orgs.). Educação Ambiental: aprendizes de sustentabilidade. Brasília. DF: Cadernos SECAD 1, março 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao2.pdf> Acesso em: 30 maio 2013.

JACOBI, P. Meio Ambiente e Sustentabilidade. In: CEPAM (Org.). O município no século XXI: cenários e perspectivas. Ed. especial. São Paulo, 1999. 400 p.

LAYRARGUES, P. P. Sistemas de Gerenciamento Ambiental, Tecnologia Limpa e Consumidor Verde: a delicada relação empresa–meio ambiente no ecocapitalismo RAE - Revista de Administração de Empresas • Abr./Jun. 2000 SP• v. 40 • n. 2 p.80-88

LEROY, J-P et al, Tudo ao mesmo tempo agora - desenvolvimento, sustentabilidade, democracia: o que isso tem a ver com você? Petrópolis/RJ: Vozes, 2002.

MEDINA, N. M. Breve histórico da Educação Ambiental. Disponível em: <http://pm.al.gov.br/bpa/publicacoes/ed_ambiental.pdf> Acesso em: 3 jun. 2013.

MORAES, A. C. R. Meio Ambiente e Ciências Humanas. São Pauylo: Hucitec, 1997.

NOVO VILLAVERDE, M. e LARA, R. El análisis interdisciplinar de la problemática ambiental. I . Madrid: Fundación Universidad-Empresa, 1997.

OLIVEIRA, H.T. et al. Panorama tentativo das iniciativas de ambientalização da e a partir da universidade brasileira. Rede Universitária de Programas de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis-RUPEA, 2011. Disponível em: <http://www.projetosustentabilidade.sc.usp.br/index.php/content/download/1685/16678/file/RUPEA_17nov2011_.ppt> Acesso em: 31 jun. 2013.

RUPEA. Rede Universitária de Programas de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis. Relatório do projeto “Mapeamento da Educação Ambiental em instituições brasileiras de Educação Superior: elementos para discussão sobre políticas públicas”. 2a. versão Setembro/2005. São Carlos (SP) / Brasília: RUPEA / MEC, 2005. 134 p. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/educacaoambiental/rel_rupea.pdf> Acesso em: 30 maio 2013.

SAUVÈ, L. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M. e CARVALHO, I.C.M.(Ed.). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed, 2005, pp.17-44.

SILVA, A.D.V. da e MARCOMIN, F. E. A universidade sustentável: alguns elementos para a ambientalização do ensino superior a partir da realidade brasileira. CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS PAÍSES LUSÓFONOS E GALÍCIA I. Atas...Santiago de Compostela/ES, set de 2007. Disponível em: <http://www.ceida.org/CD_CONGRESO_lus/documentacion_ea/comunicacions/EA_e_Universidade/DiasVieiradaSilvaAlberto_MarcomimElizabeti.html> Acesso em: 26/06/2013.

SORRENTINO, M. e NASCIMENTO, E. P. do. Universidade e políticas públicas de educação ambiental. Juiz de Fora: Educação em foco, v. 14, n. 2, p. 15-38, set 2009/fev 2010.

SORRENTINO, M. et al Educação ambiental como política pública. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 285-299, maio/ago. 2005.

TRISTÃO, M. A educação ambiental na formação de professores: rede de saberes. São Paulo: Annablume: Vitória: Facitec, 2004.

VEIGA, J. E. Desenvolvimento sustentável: o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 2005.