Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Alunos-Pesquisadores no Contexto Escolar: Troca de Cartas no Processo Formativo

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v20n2p7-25

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacao 

downloadpdf

Laura N. Chaluh1, Joseano M. Moraes2, Raquel Ishikawa3, Leticia L. Matos4, Amanda M. Moreira5 & Letícia S. T. Leite6

 

Resumo: Neste artigo socializamos a experiência de um grupo de alunos-pesquisadores que, vinculados a um projeto de pesquisa, tiveram a possibilidade de se inserir no cotidiano de uma escola de ensino fundamental I (1.º ao 5.º ano) de um município do interior do Estado de São Paulo. Cada um deles acompanhou semanalmente, ao longo de um ano, o trabalho pedagógico de uma professora na sala de aula. A proposta tinha como objetivo compreender a complexidade da escola e dar início a uma série de atividades vinculadas à docência e a pesquisa. Refletimos aqui acerca da importância da entrada desses alunos no contexto escolar e deixamos em evidência os saberes construídos ao estabelecerem relações com os sujeitos da escola, registrados nas cartas que cada aluno-pesquisador entregou para a professora a quem acompanhou ao longo desse período. Essa escrita foi uma instância de reflexão e mostrou que a escola, como um todo, é um espaço de formação.

Palavras-chave: formação inicial de professores, saberes docentes, cartas

 

Abstract: In this article, we socialize the experience of a group of students-researchers that, through a research project, was able to participate in the daily life of an elementary school (1st to 5th grade) in a municipality in the state of São Paulo. Each student-researcher followed every week, over a year, the pedagogical work of a teacher in the classroom. The purpose was to understand the complexity of a school and start up a series of activities related to teaching and research. Here, we reflect on the importance of the presence of these students in the school context and put in evidence the knowledge acquired when relationships are established with the school subjects. These evidences are recorded in the letters that each student-researcher handed to the teacher he or she followed during this long period. The letter writing was an instance of reflection and showed that the school, as a whole, is an educational space.

Key words: initial teacher education, pedagogical knowledge, letters

 

1 Profa. da UNESP (campus Rio Claro). Doutora em Educação. lchaluh@rc.unesp.br
2 Graduando em Pedagogia (UNESP). jomoncaio@yahoo.com.br
3 Graduada em Pedagogia (UNESP). raquel.ishikawa@gmail.com
4 Graduada em Pedagogia (UNESP). leleka_m@hotmail.com
5 Graduada em Pedagogia (UNESP). amandamm33@hotmail.com
6 Graduanda em Pedagogia (UNESP). le_sepulveda@hotmail.com

 

Literatura Citada

AMORIM, M. A contribuição de Mikhail Bakhtin: a tripla articulação ética, estética e epistemológica. In: FREITAS, M. T.; JOBIM e SOUZA, S.; KRAMER, S. (Orgs.). Ciências humanas e pesquisa: leitura de Mikhail Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2003. p. 11-25.

AMORIM, M. O pesquisador e seu outro: Bakhtin nas ciências humanas. São Paulo: Musa Editora, 2004.

ANDRADE, R. R. M. de. Pesquisas sobre formação de professores: uma comparação entre os anos 90 e 2000. In: 30ª REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 2007, Caxambu. Anais… Caxambu: ANPEd, p. 1-19, 2007. CD-ROM

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

CAMARGO, M. R. R. M. Cartas e escrita. 2000. Tese 142 f. (Doutorado em Educação)-Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

CHALUH, L. N. Formação e alteridade: pesquisa na e com a escola. 2008, 290 f. Tese (Doutorado em Educação)-Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

CHALUH, L. N. Futuros professores: um processo coletivo de formação. In: Grupo de Estudos e Gêneros do Discurso [GEGE] Questões de Cultura e Contemporaneidade: o olhar oblíquo de Bakhtin. São Carlos: Pedro & João, 2011a. p. 161-174.

CHALUH, L. N. A simultaneidade de lugares da pesquisadora na escola: um movimento caleidoscópico. Revista Teias, v. 12, n. 25, p. 238-255, maio/ago. 2011b.

CHALUH, L. N.; MORAES, J. M. Memórias do cotidiano escolar: a história da jabuticaba. Revista Teias v. 12, n. 26, p. 207-221, set./dez. 2011.

FREITAS, M. T. A perspectiva sócio-histórica: uma visão humana da construção do conhecimento. In: FREITAS, M. T.; JOBIM e SOUZA, S.; KRAMER, S. (Orgs.). Ciências humanas e pesquisa: leitura de Mikhail Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2003 p. 26-38. (Coleção questões da nossa época; v. 107).

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Trad. Francisco Pereira. Ijuí: UNIJUÍ, 1998. p. 457. (Coleção Fronteiras da Educação).

GIMENO SACRISTÁN, J. La enseñanza y educación públicas. Los retos de responder a la obligación de la igualdad, respetar la diversidad y ofrecer calidad. In: GIMENO SACRISTÁN, J. (Coordinador), Los retos de la enseñanza pública. Madrid: Akal, 2001.

LARROSA, J. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. In: GERALDI, C. M. G.; RIOLFI, C. R.; GARCIA, M. de F. (Orgs.). Escola Viva: elementos para a construção de uma educação de qualidade social. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004. p. 113-132.

LARROSA, J. Experiencia y alteridad en educación. [Buenos Aires: FLACSO, 2006] Disponível em: <http://virtual.flacso.org.ar/mod/book/print.php?id=3908>. Acesso em: 16 maio 2006.

MORAES, A. A. A. Tarrafa de pescaria: o uso de carta na pesquisa. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v. 10, n. 19, p. 169-84, jan/jun 2006. doi

NUNES, C. M. F. Saberes docentes e formação de professores: um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação & Sociedade, v. 22, n. 74, p. 27-42, abr. 2001. doi

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, S. G.. Saberes pedagógicos e atividade docente. 2. ed., São Paulo: Cortez, 2000.

ROCKWELL, E.; EZPELETA, J. Etnografia na pesquisa educacional. In: EZPELETA, J.; ROCKWELL, El. (Orgs.). Pesquisa participante. São Paulo: Cortez; Campinas: Autores Associados, 1986, p. 9-30.

SARTI, F. M. Parceria intergeracional e formação docente. Educação em Revista, UFMG, v. 25, p. 133-152, 2009. doi

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Rio de Janeiro: Vozes, 2002.