Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estresse Ocupacional: Estudo com Operadores de Caixa de Uma Empresa Mineira do Setor de Varejo

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v5n1p209-232

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ReFAE/index 

downloadpdf

Juliana C. M. Braga1 & Luiz C. Honório2

 

Resumo: Este artigo tem por objetivo estudar o estresse ocupacional em operadores de caixa, buscando identificar os sintomas físicos e psicológicos indicativos de quadro de estresse, as fontes de tensão no trabalho e as estratégias de enfrentamento utilizadas pelos operadores para combater o estresse ocupacional. Foram pesquisados 66 operadores de caixa de uma empresa mineira que atua no setor de varejo. Realizou-se um estudo de caso quantitativo, com característica descritiva, mediante a utilização do questionário como técnica fundamental de coleta de dados. As fontes de tensão que mais impactam os operadores de caixa pesquisados associam-se ao Relacionamento Interpessoal, à Ação Gerencial e à Interface Casa/Trabalho. Foram identificados sintomas físicos e psicológicos indicativos de quadro de estresse. Em relação às estratégias de enfrentamento, constatou-se, de modo geral, que não estão sendo utilizadas com regularidade. Correlações estatísticas ocorreram entre faixa etária, estado civil, tempo de trabalho na empresa e horas trabalhadas com: fontes de tensão no trabalho; sintomas físicos e psicológicos indicativos de quadro de estresse e estratégias de combate ao estresse ocupacional.

Palavras-chave: estresse ocupacional, estresse em operadores de caixa, fontes de tensão no trabalho, estratégias de enfrentamento ao estresse

 

Abstract: This article aims to study the occupational stress in cashiers, trying to identify psychological and physical symptoms that could indicate a chronic stress, tension sources at work and the coping strategies used by the cashiers. Sixty six retail cashiers from a Minas Gerais company were studied. It was a quantitative case study with descriptive characteristic, using survey as a fundamental technique to data collection. The tension sources that had most impact on the studied cashiers are related to Interpersonal Relationship, Management Action and Home/Work Interface. Psychological and physical symptoms that indicate stress were found. Concerning to coping strategies it was found that generally they have not being regularly used. Statistical correlations on age, marital status, years of work in the same company and hours of work occurred with: tension sources at work; psychological and physical symptoms that indicate stress; coping with stress strategies.

Key words: occupational stress, stress in cashiers, tension sources at work, coping with stress strategies

 

1 Mestre em Administração. Faculdade Novos Horizontes. Mestrado Acadêmico em Administração. Psicologia pela Universidade FUMEC. Pós-Graduação em Psicopedagogia - Universidade Castelo Branco. Atua como da Universidade Federal de Ouro Preto, coordenando os projetos de Extensão "ConTATO" e "Qual é a sua?". juliana.braga@mestrado.unihorizontes.br
2 Doutor em Administração. Professor e Pesquisador. Mestrado Acadêmico em Administração. Faculdade Novos Horizontes. luiz.honorio@unihorizontes.br