Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Um Estudo de Caso sobre a Aplicação de Indicadores de Desempenho no Controle de Gestão

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v5n2p207-221

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ReFAE/index 

downloadpdf

Carlos R. S. Carmo1 & Igor G. Lima2

 

Resumo: Nos dias atuais, em que a concorrência é crescente e a disponibilidade de recursos é cada vez menor, o planejamento e, consequentemente, sua execução são vitais para a sobrevivência das organizações. Nesse contexto, a utilização de indicadores que reflitam o desempenho das várias equipes que compõem as organizações não pode prender-se a métricas exclusivamente financeiras. Entretanto, a elaboração e utilização incorreta de um indicador de desempenho, financeiro ou não, pode ser tão danosa ao processo de controle quanto a sua ausência. Diante disso, no intuito de contribuir com debate acerca da temática envolvendo processo de controle de gestão, essa investigação científica de natureza qualitativa e empírica, apoiada em uma análise quantitativa correlacional bivariada, teve por objetivo avaliar a existência, ou não, de uma necessária a simetria entre o indicador de desempenho adotado por uma revenda de bebidas nacionais e o respectivo objeto de controle, no caso, o volume de bebidas vendido e entregue, e, ainda, discutir possíveis impactos negativos no processo de gestão gerados a partir da adoção de um indicador de desempenho “mal calibrado”. A partir da utilização do Coeficiente de Correlação de Pearson, foi possível perceber que, na primeira etapa da análise dos dados, inexistia relacionamento entre o controle (o indicador de desempenho) e o respectivo objeto (o volume vendido e entregue). Em uma segunda etapa, após uma correção no indicador de resultado utilizado, foi constatado que tanto o controle quanto o seu objeto passaram a caminhar na mesma direção.

Palavras-chave: planejamento, execução, controle, indicadores de desempenho

 

Abstract: In the present day, where competition is increasing and resource availability is dwindling, planning and hence its execution are vital to an organization's survival. In this context, the use of indicators that reflect the performance of the various teams that make up the organizations cannot hold up the only financial metrics. However, the preparation and improper use of a performance indicator, financial or otherwise, can be as damaging to the process control as its absence. Therefore, in order to contribute to the debate about the issue involving process control management, this scientific qualitative and empirical, based on a quantitative analysis of bivariate correlation, aimed to evaluate the existence or not of a required symmetry between the performance indicator adopted by a resale of domestic and its control object, in this case, the volume of drinks sold and delivered, and also discuss possible negative impacts on the management process generated from the adoption of an indicator performance "poorly calibrated". From the use of the Pearson correlation coefficient, it was revealed that in the first stage of data analysis, nonexistent relationship between control (performance indicator) and its object (the volume sold and delivered). In a second step, after a correction in the outcome measure used, it was found that both the control as its object began to move in the same direction.

Key words: planning, execution, control, performance indicators

 

1 Mestre em Ciências Contábeis pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2008). MBA em Controladoria e Finanças pela FUNDACE/USP-Ribeirão Preto-SP (2001). Bacharel em Ciências Contábeis (1999). Professor efetivo da Universidade Federal de Uberlândia-UFU. carlosjj2004@hotmail.com
2 Mestre em Ciências Contábeis pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (2010). Bacharel em Ciências Contábeis - Faculdades Integradas do Vale do Ribeira (2003). Coordenador e Professor titular do Curso de Ciências Contábeis nas Faculdades Integradas do Vale do Ribeira e Coordenador e Professor titular do Curso de Ciências Contábeis na Faculdade Peruíbe. cienciascontabeis@scelisul.com.br