Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Formação da Individualidade Moderna: Entre a Vontade e o Dever

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v23n56p113-125

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

Cesar R. A. Vieira1

 

Resumo: Este artigo pretende abordar os efeitos causados pela Renascença e pela Reforma Protestante na constituição dos principais traços do indivíduo moderno. Da Renascença, destacam-se a explosão da dimensão intelectual e suas consequências para o surgimento de um tipo de individualidade voltado para o exterior, em um compromisso com a humanidade; e, da Reforma, a explosão da dimensão religiosa e o desenvolvimento de um tipo de individualidade voltado para o interior, cujo principal compromisso dá-se em relação à vontade divina. Procura-se destacar, na Reforma, de que maneira as concepções religiosas formuladas por Martinho Lutero e João Calvino possibilitaram o aparecimento de um novo modo de organização do pensar e do agir social. Parte-se do princípio de que, tanto o Renascimento quanto a Reforma, foram formuladores de novas cosmovisões e ideais humanos que tiveram, como efeito imediato, um crescente processo de individualização das teorias e das práticas sociais.

Palavras-chave: individualismo, renascimento, reforma protestante

 

Abstract: This article aims at addressing the effects caused by Renaissance and the Protestant Reform in the constitution of the main traits of modern man. From Renaissance came the explosion of the intellectual dimension and its implications for the emergence of an outward kind of individuality, in a commitment to humanity; and from Reform came the explosion of the religious dimension and the development of an inward kind of individuality, whose primary commitment is to God’s will. In Reform, we seek to highlight how Martin Luther and John Calvin’s religious conceptions allowed the emergence of a new kind of thinking and social action. It is assumed that both Renaissance and Reform produced new worldviews and human ideals that had the immediate effect of increasing the process of individualization of theories and social practices.

Key words: individualism, Renaissance, Protestant Reform

 

1 Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). crvieira@unimep.br