Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Concepções de Professores Acerca do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v23n58p17-29

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

Nonato A. Miranda1

 

Resumo: Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa de natureza qualitativa realizada com um grupo de 38 professores de cinco escolas da rede pública estadual de diferentes regiões da cidade de São Paulo. Os dados foram obtidos por meio de um questionário semiestruturado e analisados com base na perspectiva da análise de conteúdo (BARDIN, 1977). Os resultados mostram que, embora o objetivo precípuo do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) seja o de avaliar a aprendizagem escolar, nem todos os professores têm essa mesma concepção. Boa parte dos professores acredita que o Saresp traz benefícios para a melhoria do ensino, mas o assunto não é unânime entre os participantes da pesquisa. O Saresp perdeu este foco quando passou a ser utilizado como referência para pagar o bônus de mérito aos profissionais da educação. Verificou-se também que o contexto em que a escola se insere pode interferir nas respostas dos professores. Os professores das escolas situadas em regiões mais favorecidas economicamente tendem a apresentar respostas mais conservadoras e, portanto, mais condizentes com as políticas de avaliação do Saresp. Por outro lado, o mesmo não pode ser dito quanto às escolas localizadas em regiões que apresentam indicadores de vulnerabilidade social. Nesse caso, a tendência de resposta é de uma análise mais crítica acerca dos encaminhamentos feitos com base nos resultados do Saresp.

Palavras-chave: avaliação em larga escala, análise de conteúdo, professores, Saresp

 

Abstract: This paper presents the results of a qualitative research conducted with a group of 38 teachers from five public schools from different regions in the city of Sao Paulo. The data were obtained using a semi-structured questionnaire and analyzed from the perspective of the Bardin’s content analysis (1977). The results show that, although the primary objective of Saresp (School Performance Assessment System of Sao Paulo) is to assess school education, not all teachers share the same understanding. Many teachers believe that Saresp benefits the improvement of teaching, but the subject is not unanimous among the survey participants. Saresp lost its focus when it came to be used as a reference for the payment of merit bonuses to educators. It was also found that the context in which the school is located may interfere with the teachers’ responses. Teachers from schools in economically advantaged regions tend to have more conservative responses and therefore more consistent with Saresp’s assessment policies. On the other hand, the same cannot be said about the teachers from schools located in areas with social vulnerability indicators. In this case, responses tend to be more critical about the referrals based on Saresp’s results.

Key words: large-scale assessment, content analysis, teachers, Saresp

 

1 Universidade Paulista (UNIP). Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). mirandanonato@uol.com.br