Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Formação de Professores em Serviço: Uma Experiência da Rede Municipal de Educação de São Paulo

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1679-8104/ce.n26p40-56

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/cadernosdeeducacao/index 

downloadpdf

Emilia M. M. Loureiro

 

Resumo: Este artigo traz parte dos resultados das pesquisas realizadas para a realização de meu trabalho de dissertação de mestrado,cuja defesa ocorreu em 18/03/2014 na Universidade Metodista de São Paulo. O mesmo trata da política voltada para a formação continuada em serviço docente, cujo período de implantação aconteceu entre 1989 e 1992, na cidade de São Paulo, durante a administração da prefeita Luíza Erundina, que teve à frente da Secretaria Municipal de Educação, nos anos iniciais de sua gestão, o professor Paulo Freire. Tal política marcou o início do processo de consolidação de conquistas, como resultado de longa luta de muitos educadores brasileiros por mudanças na educação. Erundina e Freire representaram a possibilidade da concretização de transformações estruturais na educação em um período de grande efervescência política da sociedade brasileira. A conquista de um espaço para formação na escola, de forma democrática e com a participação dos docentes representava uma das grandes bandeiras desta luta. Para melhor compreendermos todo esse processo, nos utilizamos de pesquisa bibliográfica, documental e pesquisa de campo. Utilizamos o circulo epistemológico como estratégia de pesquisa, onde cada um dos sujeitos participantes tiveram a oportunidade de contribuir para a construção do conhecimento de todos e, por conseguinte, para a construção deste objeto de pesquisa.

Palavras-chave: Paulo Freire, formação continuada em serviço, governo Erundina