Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Entre Baderneiros e Cidadãos: A Cobertura da Imprensa nas Manifestações de Junho de 2013

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v35n2p93-116

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CSO 

downloadpdf

Carlos A. Zanotti1

 

Resumo: Este trabalho procura avaliar, por meio de um estudo de caso com potencialidade para generalizações, a guinada que se observou na tonalização das coberturas jornalísticas relativas à evolução dos protestos deflagrados com o Movimento Passe Livre (MPL), do município de São Paulo, que se alastrou por todo o País. Para tanto, adotamos um método de investigação que associa a análise discursiva a uma discussão sobre estratégias e fundamentos do jornalismo. o método é aplicado a editoriais e textos noticiosos publicados no jornal Correio Popular, da cidade de Campinas/SP, entre os dias 13 e 24 de junho de 2013. o resultado aponta para o reconhecimento, mesmo que a contragosto, de uma legitimidade na ação de se restringir a liberdade de circulação em vias públicas de grande fluxo como forma de chamar a atenção para causas sociais. observa-se, ainda, o percurso trilhado pelo MPL na publicação, deixando a condição de sigla ignorada no início das coberturas para ser guindado, ao final do período, a chamadas de primeira página.

Palavras-chave: jornalismo, sociedade midiatizada, Movimento Passe Livre, cidadania, discurso

 

Abstract: This study evaluates, through a case study with potential for generalization, the shift that has been observed in the toning of news coverage on the evolution of the protests which erupted with the Free Transportation Movement (MPL), in São Paulo, which spread throughout the country. We adopted a method of research that combines discourse analysis and an approach of strategies and fundamentals of journalism. The method is applied to editorials and news published in the newspaper Correio Popular, of Campinas, between June 13 and 24, 2013. The result points to the recognition, even if unwillingly, of a certain legitimacy in restraining the freedom of great flux public highways as a way to draw attention to social causes. Besides that, we observe  the paths followed by MPL in the publication, leaving the condition of an ignored acronym at the beginning of toppings to be hoisted, at the end of the period, to the  front page headlines of the newspaper.

Key words: journalism, media society, Free Transportation Movement, citizenship, discourse

 

1 Jornalista, professor e pesquisador da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, SP, Brasil com doutorado em Ciências da Comunicação. Líder do grupo de pesquisa Sociedade Mediatizada: Processos Tecnologia e Linguagem e membro da Rede de Pesquisa Aplicada Jornalismo e Tecnologia, filiada à SBPJor. Membro titular da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, órgão vinculado ao Conselho Nacional de Saúde (CNS). Email: carlos.a.zanotti@gmail.com. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8198492979518868