Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Uma Experiência de Trabalho Colaborativo nas Disciplinas Básicas da Matemática nos Cursos de Engenharia

DOI: http://dx.doi.org/10.15552/2236-0158/abenge.v33n1p13-23

http://www.abenge.org.br/revista/index.php/abenge/index 

downloadpdf

Elisandra B. de Figueiredo1, Ivanete Z. Siple2, Eliane B. de Azevedo3 & Graciela Moro4

 

Resumo: As disciplinas de Cálculo Diferencial e Integral, Geometria Analítica e Álgebra Linear ocupam papel importante nas primeiras fases da estrutura curricular dos diversos cursos de Engenharia, pois fornecem ferramentas fundamentais para a interpretação e resolução de problemas. Por outro lado, sabemos que o processo de ensino-aprendizagem dessas disciplinas não é uma tarefa fácil, constituindo-se em grande desafio para a maioria dos docentes e alunos envolvidos. Diante desse cenário, a Direção de Ensino e o Departamento de Matemática do Centro de Ciências Tecnológicas da Universidade do Estado de Santa Catarina implantaram um projeto de ensino envolvendo tais disciplinas. O principal objetivo desse projeto de ensino foi criar ações que possibilitassem manter a qualidade de ensino e de aprendizagem e que estivessem inseridas num contexto de trabalho colaborativo entre os professores que atuavam nessas disciplinas. Neste artigo, relatamos essa experiência de trabalho colaborativo apresentando índices de aproveitamento e evasão nas disciplinas, bem como uma análise descritiva da avaliação do projeto sob a ótica discente.

Palavras-chave: projeto de ensino, trabalho colaborativo, ensino de cálculo, ensino de álgebra e geometria analítica, tecnologias no ensino

 

Abstract: The disciplines of differential and integral calculus, analytical geometry, and linear algebra occupy na important role in the early stages of the curriculum of various engineering courses, because they provide fundamental tools for interpreting and solving problems. On the other hand, we know that the process of teaching and learning of these disciplines is not an easy task, constituting a major challenge for most teachers and students involved. In this scenario, the Directorate of Education and the Department of Mathematics of the Center of Technological Sciences of the State University of Santa Catarina deployed an education project involving such disciplines. The main objective of this project was to create educational activities that would allow us to maintain the quality of teaching and learning, embedded in a context of collaborative work among teachers who worked in these disciplines. In this paper, we report the experience of collaborative work, featuring passing and dropout rates in the disciplines, as well as a descriptive analysis of the project evaluation from the perspective student.

Key words: teaching project, collaborative work, teaching calculus, algebra and analytical geometry teaching, technologies in education

 

1 Professora, Doutora, Universidade do Estado de Santa Catarina; e-mail: elis.b.figueiredo@gmail.com
2 Professora, Doutora, Universidade do Estado de Santa Catarina; e-mail: ivazuchi@gmail.com
3 Professora, Mestre, Universidade do Estado de Santa Catarina; e-mail: eliane.bihuna@gmail.com
4 Professora, Mestre, Universidade do Estado de Santa Catarina; e-mail: gracimoro@gmail.com

 

Literatura Citada

ALMEIDA, L. M. W.; SOUZA, L. G. S.; FATORI, L. H. Ensino de cálculo: uma abordagem usando Modelagem Matemática. Revista Ciência e Tecnologia, v. X, p. 47-59, 2007.

ARTIGUE. M. L’enseignement du calcul aujourd’hui: problèmes, defis et perspectives. Repères-IREM , n. 54, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Diretrizes do curso de Graduação em Engenharia. 2006. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES112002.pdf> Acesso em: 20 abr. 2012.

CURY, H. N. COBENGE e ensino de disciplinas matemáticas nas engenharias: um retrospecto dos últimos dez anos. In: Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 2002, Piracicaba. Anais... UNIMEP, 2002. CD-ROM.

DAMIANI, M. F. Entendendo o trabalho colaborativo em educação e revelando seus benefícios. Educar. Curitiba, n. 31, p. 213-230, 2008. Editora UFPR.

FIGUEIREDO, E. B; AZEVEDO, E. B.; MORO, G.; SIPLE, I. Z. Ensino de disciplinas básicas da matemática em nível superior numa perspectiva de trabalho colaborativo. III Simpósio Nacional de Ciência e Tecnologia. UTFPR, Ponta Grossa, 2012.

FIORANI, L. A; LOPES, M. P. G; NAKAO, O. S. Evasão na Engenharia Civil da Escola Politécnica da USP: o que pensam alunos e professores. Anais: XXXIX COBENGE – Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Blumenau: 2011.

GOMES, G.H. A matemática em um curso de engenharia: vivenciando culturas. Tese de Doutorado (Doutorado em Educação Matemática) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP, 2009.

HENNING, E; SIPLE, I. Z; FIGUEIREDO, E. B; MENESTRINA, T. C; LINDOSO, R. L. Avaliação do índice de aprovações em um projeto de ensino. Anais: XXXIX COBENGE – Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Blumenau: 2011.

HENRIQUES, A.; ATTIE, J. P.; FARIAS, L. M. S. Referências teóricas da didática francesa: análise didática visando o estudo de integrais múltiplas com auxílio do software Maple. Educação Matemática Pesquisa, v. 9, p. 51-81, 2007.

MELLO, J. C. C. B. S.; MELLO, M. H. C. S.; FERNANDES, A. J. S. Mudanças no ensino de Cálculo I: histórico e perspectivas. Anais: XXIX COBENGE – Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Porto Alegre, 2001.

MENESTRINA, T. C.; GOUDARD, B. Atualização e revisão pedagógica de cálculo e álgebra: Concepções e atitudes inovadoras. Anais: XXIII COBENGE – Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Rio de Janeiro: IME, 2003.

NIETO, S. S.; LOPES, C. M. C. A importância da disciplina Álgebra Linear nos cursos de engenharia. World Congress on Computer Science, Engineering and Technology Education. São Paulo, 2006.

SILVA, J. I. G; FERREIRA, D. H. L. O uso de tecnologias na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I. Anais: XIV Encontro de Iniciação Científica da PUC-Campinas, 29 e 30 de setembro de 2009. Disponível em: <http://www.puc-campinas.edu.br/pesquisa/ic/pic2009/resumos/2009824_134141_207335402_res08C.pdf> Acesso em: 26 abr. 2012.

SILVA, J. F; NETO, H. B. Questões básicas do Ensino de Cálculo. Disponível em: <http://www.multimeios.ufc.br/arquivos/pc/artigos/artigo-questoes-basicas-doensino-de-calculo.pdf> Acesso em: 20 abr. 2012.

REZENDE, W. M. O ensino de Cálculo: Dificuldades de natureza epistemológica. Anais: II SIPEM – Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática. Santos: 2003.

VYGOSTKY, L. S. Vygotsky aujourd’hui. Paris: Delachaux & Niestlé. 1985.

ZUCHI, I. A abordagem do conceito de limite via sequência didática: do ambiente lápis papel ao ambiente computacional. Tese de Doutorado (Doutorado em Engenharia de Produção) Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.