Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação de Gramíneas Forrageiras Tropicais em Diferentes Níveis de Sombreamento

DOI: http://dx.doi.org/10.15528/2176-4158/rcpa.v16n1p68-78

http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rcpa 

downloadpdf

Cezar G. Santos1

 

Resumo: Avaliou-se o desempenho de gramíneas forrageiras tropicais sob diferentes níveis de sombreamento, sendo desenvolvido um experimento na Unidade Universitária de Aquidauana, no período de novembro de 2008 a janeiro de 2009. Utilizando os tratamentos de três gramíneas (Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu e Panicum maximum cv. Tanzânia-1) e quatro níveis de sombreamentos (pleno sol, 30%; 50% e 70%), no período das águas. O experimento foi desenvolvido em ambiente protegido, onde foram cobertos com telas de polipropileno para ter tal porcentagem de sombra, e cultivado em vasos de polipropileno com capacidade de 8 litros cada. Foi utilizado o delineamento em blocos ao acaso, com fatorial 3x4, com oito repetições. As variáveis avaliadas foram altura de plantas, número de perfilho, PMV, teores de MS, PB, FDN, FDA, hemicelulose, MM e PMR. Observou-se para as variáveis de perfilho, produção de matéria verde (PDM), FDN, FDA e PMR o sombreamento de 50% apresentou efeito significativos sendo 10,07; 2,28 t/ha, 75,28%; 44,93% e 0,76 t/ha, respectivamente. Independente dos cultivares estudados, os níveis de sombreamento com 50% foi o mais indicado para ser utilizado como uma alternativa no sistema de produção, nas condições da região de Aquidauana.

Palavras-chave: avaliações agronômicas, cultivares, produtividade, regime de luz

 

Abstract: Aimed to evaluate the performance of tropical forage grasses under different shading levels, an experiment being developed in Unity University Aquidauana, from November 2008 to January 2009. Using the treatments of three grasses (Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu and Panicum maximum cv. Tanzania-1) and four levels of shading (full sun, 30%, 50% and 70%) in rainy season. The experiment was conducted in a greenhouse, where they were covered with polypropylene meshes to have such percentage of shade and grown in pots with polypropylene capacity of 8 liters each. We used a randomized block design with a 3x4 factorial design with eight replications. The variables evaluated were plant height, number of tillers, PMV, DM, CP, NDF, ADF, hemicellulose, MM and PMR. It was observed for the variables tiller, PMV, NDF, ADF and PMR shading 50% showed significant effect being 10,07; 2,28 t / ha, 75,28%; 44, 93% and 0,76 t / ha, respectively. Regardless of the cultivars studied, levels of shading with 50% was the most suitable to be used as an alternative production system under the conditions of the region Aquidauana.

Key words: agronomic evaluations, cultivars, productivity, light regime

 

1 Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. E-mail: cezar_zootecnista@hotmail.com

 

Literatura Citada

BENEDETTI, E.; CORSI, M. Manejo da Pastagem. Curso de pós-graduação- Lato Sensu. Modulo III. Faculdade de Agronomia e Zootecnia de Uberaba, FAZU. Uberaba, 2002, p. 134.

CARVALHO, M. M.; FREITAS, V. P.; ANDRADE, A. C. Crescimento Inicial de Cinco Gramíneas Tropicais em um Sub-Bosque de Angico Vermelho (Anadenanthera macrocarpa Benth.), Pasturas Tropicales, v. 17, n. 1, 1995.

CARVALHO, C. A. B.; SILVA, S. C.; SBRISSIA, A. F.; PINTO, L. F. M.; CARNEVALLI, R. A.; FAGUNDES, J. L.; PEDREIRA, C. G. S. Demografia do Perfilhamento e Acúmulo de Matéria Seca em Coastcross Submetido a Pastejo, Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 36, n. 3, Brasília, 2001.

CASTRO, C. R. C.; GARCIA, R.; CARVALHO, M. M.; COUTO, L. Produção forrageira de gramíneas cultivadas sob luminosidade reduzida. Revista Brasileira de Zootecnia, v.28, n. 5, p. 919 - 927 1999. doi

CHURCH, D. C. Fisiología digestiva y nutrición de los rumiantes. Zaragoza: Acriba, 1988. 641 p.

DENIUM, B., SULASTRI, R. D.; ZEINAB, M. H. J. MAASSEM, A. Effects of ligth intensity on growth, anatomy and forage quality of two tropical grasses (Brachiaria brizantha and Panicum maximum var. Trichoglume), Netherlands Journal of Agricutural Sciencie, 1996.

DEREGIBUS, V. A.; SANCHES, R.A.; CASAL, J. J. Effects of Light Quality on tiller Production in Loliun spp. Department of ecology, Faculty of Agronomy, University of Buenos Aires, Argentina 1983.

GOBBI, K. F., Características Morfoanatômicas, Nutricionais e Produtividade de Forrageiras Tropicais Submetidas ao Sombreamento, Viçosa: UFV, 2007. 213f. Tese (Doutorado).

MARTINS NETO, D.B. Avaliação de três espécies de gramíneas forrageiras tropicais (brachiaria brizantha cv. marandu, brachiaria decumbens cv. basilisk e panicum maximum cv. Tanzânia-1), sob a influência de sombreamento de quatro regimes de luz no período das águas. 2006. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Agronomia, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Aquidauana, 2006.

MARTUSCELLO, J. A.; JANK, L.; GONTIJO NETO, M. M.; LAURA, V. A.; CUNHA, D. N. F. V. Produção de Gramíneas do Gênero Brachiaria sob Níveis de Sombreamento, Revista Brasileira de Zootecnia, v. 38, n. 7, p. 1183-1190, 2009. doi

OLIVEIRA, T.K.; MACEDO, R.L.G.; SANTOS, I.P.A.; HIGASHIKAWA, E.M.; VENTURIN, N. Produtividade de Brachiaria brizantha (Hochst.ex. a. Rich.) Stapf cv. Marandu Sob Diferetes Arranjos Estruturais de Sistemas Agrossilvipastoril com Eucalipto. Ciência e Agrotecnologia., Lavras, v.31, n.3, p. 748-757, maio/junho de 2007b.

PACIULLO, D. S. C, CAMPOS, N. R., GOMIDE, C. A. M., CASTRO, C. R. T., TAVELA, R. C., ROSSIELLO, R. O. P. Crescimento de capim-braquiária influenciado pelo grau de sombreamento e pela estação do ano, Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 43, n. 7, p. 917-923, 2008. doi

PACIULLO, D. S. C.; CARVALHO, C. A. B.; AROEIRA, L. J. M.; MORENZ, M. J. F.; LOPES, F. C. F.; ROSSIELO, R. O. P. Morfofisiologia e Valor Nutritivo do capim-braquiária Sob Sombreamento Natural e a Sol Pleno, Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 4, p. 573-579, Brasília, 2007.

SANTOS, L. C.; BONOMO, P.; SILVA, C. C. F.; PIRES, A. J. V.; VELOSO, C. M.; PATÊS, N. M. S. Produção e Composição Química da Brachiaria brizantha e Brachiaria decumbens Submetidas a Diferentes Adubações, Ciência Animal Brasileira, v. 9, n. 4, p. 856-866, 2008.

SILVA, V. P. da, Sistema Silvipastoris, Embrapa Florestas, 2004.

SILVA, D.J. QUEIROZ, A.C. Análises de Alimentos: Métodos Químicos e Biológicos. 3ª Ed., Viçosa, UFV, 2005.

SILVA, C. C .M. F., Características Morfológicas e Anatômicas de Brachiaria decumbens Stapf (Poaceae) em um Sistema Silvipastoril. Rio de Janeiro: UFR, 2007. 150f. Dissertação (Mestrado)

SOUZA, L.F.; MAURÍCIO, R. M.; GONÇALVEZ, L.C.; SALIBA, E.O.S.; MOREIRA, G.R. Produtividade e Valor Nutritivo da Brachiaria brizantha cv. Marandu em um Sistema Silvipastoril. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia., v.59, n.4, p.1029-1037, 2007. doi

UNESP. Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, Campus de Jaboticabal. Pólo Computacional, Depto. Ciências Exatas. ESTAT - Sistema para Análises Estatísticas. 1994. V. 2.0.

VAN SOEST, P. J. Nutritional ecology of the ruminant. Ithaca, New York: Cornell University, 1994. 476 p.

VIEIRA, A. R. R.; SILVA, L. Z. da; SILVA, V. P. da & VINCENZI, M. L. Resposta de pastagens naturalizadas a diferentes níveis de sombreamento. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, v. 10, n. 2, p. 265-271, 2002.