Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Nos 400 Anos da Peregrinação, de Fernão Mendes Pinto

DOI: http://dx.doi.org/10.15529/1980-6914/letras.v16n2p65-73

http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tl/index 

downloadpdf

Luís A. Nepomuceno1

 

Resumo: O artigo faz uma análise da Peregrinação (1614), de Fernão Mendes Pinto, a partir de seus temas centrais, como a crise do império português no Oriente, o retrato de comerciantes e navegadores em terras orientais, as guerras internas de países da Ásia Extrema, os conflitos religiosos e as missões jesuíticas no Japão. Levando em conta a celebração dos 400 anos da primeira edição do livro, e fazendo uma breve consideração sobre a sua trajetória desde então, o presente estudo revela a dimensão contemporânea de seu autor e a fascinante atualidade de seus temas.

Palavras-chave: Renascimento português. Fernão Mendes Pinto. Império português

 

Abstract: The paper proposes an analysis of Fernão Mendes Pinto’s Peregrinação (1614), considering its main themes, such as the crisis of the Portuguese empire in the East, the portrait of merchants and navigators in oriental lands, the internal battles of countries in Asia, the religious conflicts and the Jesuit missions in Japan. Taking into account the celebration of the 400 years of the book’s first edition, and making a short consideration about its trajectory since then, the present study reveals the contemporaneous dimension of its author and the fascinating newness of its themes.

Key words: Portuguese Renaissance. Fernão Mendes Pinto. Portuguese empire

 

1 Doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com pós-doutorado pela mesma institui ção. Professor de Literatura no Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) – Patos de Minas – MG – Brasil. E-mail: luisandre.nepomuceno@gmail.com

 

Literatura Citada

ALVES, J. S. (Dir.). Fernão Mendes Pinto and the Peregrinação: studies, restored Portuguese text, notes and indexes. Lisboa: Fundação Oriente/Imprensa Nacional- Casa da Moeda, 2010. 4 v.

ARAÚJO, T. Fernão Mendes Pinto. In: MACHADO, Á. M. (Org.). Dicionário de literatura portuguesa. Lisboa: Editorial Presença, 1996.

BARRETO, L. F. O orientalismo conquista Portugal. In: NOVAES, A. (Org.). A descoberta do homem e do mundo. São Paulo: Companhia das Letras/Minc Funarte, 1998.

BOXER, C. R. O império marítimo português: 1415-1825. Tradução Inês Silva Duarte. Lisboa: Edições 70, 2012.

CATZ, R. A sátira social de Fernão Mendes Pinto: uma análise crítica da Peregrinação. Lisboa: Prelo Editora, 1978.

COLERIDGE, H. J. The life and letters of Saint Francis Xavier. London: Burns and Oates, 1872. 2 v.

CONROD, F. From the roman baroque to the indian jungle: Francis Xavier’s Letters from Goa, or the construction of a God. Laberinto Journal, n. 6, p. 85-114, 2012.

CORREIA, J. D. P. A “Peregrinação” de Fernão Mendes Pinto: autobiografia e aventura na literatura de viagens. Lisboa: Seara Nova, Editorial Comunicação, 1979.

DIDIER, H. Francisco Xavier, pioneiro da inculturação. Tradução Denise Lolito. São Paulo: Paulinas, 1996.

FARIA, F. L. de. As muitas edições da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto. Lisboa: Academia Portuguesa da História, 1992.

LE GENTIL, G. Les portugais en Extrême Orient: Fernão Mendes Pinto, un précurseur de l’exotisme au XVIe siècle. Paris: Hermann et Cie, 1947.

LIMA, F. F. de. O outro livro das maravilhas: a Peregrinação de Fernão Mendes Pinto. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1998.

LOUREIRO, R. Mission impossible. In search of the sources of Fernão Mendes Pinto’s Peregrinação. In: ALVES, J. S. (Dir.). Fernão Mendes Pinto and the Peregrinação: studies, restored portuguese text, notes and indexes. Lisboa: Fundação Oriente/Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2010. 4 v.

MARTINS, M. da G. O. Apontamentos Europa-América explicam Fernão Mendes Pinto. Lisboa: Europa-América, 1989.

MONIZ, A. Para uma leitura da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto. Lisboa: Presença, 1999.

PINTO, F. M. Peregrinação. Lisboa: Edições Afrodite, 1971. 2 v. (Coleção Clássicos das Edições Afrodite).

SÁ, I. dos G. Estruturas eclesiásticas e ação religiosa. In: BETHENCOURT, F.; CURTO, D. R. (Org.). A expansão marítima portuguesa, 1400-1800. Tradução Miguel Mata. Lisboa: Edições 70, 2010.