Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Aspectos Bioecológicos de Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) a Jusante do Reservatório da Hidrelétrica de Tucuruí – Pará

DOI: http://dx.doi.org/10.17080/1676-5664/btcc.v5n1p55-71

http://www.periodicos.ufra.edu.br/index.php?journal=tjfas 

downloadpdf

Kátia C. A. Silva1, Israel H. A. Cintra1 & Anna P. M. Muniz2

 

Resumo: Neste trabalho apresentam-se os aspectos bioecológicos da espécieMacrobrachium amazonicum (Heller, 1862) capturada a jusante do reservatórioda UHE de Tucuruí – Pará. As coletas foram realizadas no município de Cametádurante o período de junho de 2004 a maio de 2005. Os exemplares foramidentificados, separados por sexo, realizadas as biometrias e identificadas asmaturidades morfológica e fisiológica. As análises realizadas foram: períodoreprodutivo, índice gonadossomático, tamanho da primeira maturação sexual. Aespécie esteve presente em todas as coletas, sendo mais freqüente no períodochuvoso. Foi verificada a predominância de fêmeas apresentando uma proporçãode 1,2:1,0. Os meses com maior percentual de fêmeas em período reprodutivoforam outubro (85,9 %) e dezembro (83,7 %), no período menos chuvoso, e janeiro(67,9 %), no período chuvoso. O maior número de fêmeas imaturas ocorreu nosmeses de agosto (período menos chuvoso) e junho (período chuvoso). As fêmeasem maturação foram mais freqüentes nos meses de junho e julho; as madurasem maio e agosto e as esgotadas em janeiro e outubro. As variações do índicegonadossomático médio (IGS) indicam os meses de abril e outubro como o períodode maior ocorrência reprodutiva (período chuvoso). O comprimento médio de iníciode primeira maturação sexual foi estimado em 4,75 cm de comprimento total.

Palavras-chave: Macrobrachium amazonicum, proporção sexual, comprimentoda 1ª maturidade sexual, período reprodutivo, UHE de Tucuruí

 

Abstract: This paper reports some bioecological aspects of Macrobrachium amazonicum(Heller, 1862) caught downstream the dam of Tucuruí power plant, Pará State.The samples were taken at Cametá county in the period from June, 2004 to May,2005. At the Cepnor/Ibama Carcinology laboratory the specimens were identified,sorted out by sex, measured and the morphologic and physiologic maturities gonadosomatic index and length at first sexual maturity. The species occurred inall the samplings, even so it was more abundant during the rainy season. Thefemales were more abundant in a proportion of 1.2:1.0. The months with higherpercentages of females were October (85.9 %) and December (83.7 %), both onthe less rainy season, and January (67.9 %) on the rainy season. The highestnumber of immature females occurred in the less rainy season (August) and inJune (rainy season); females in maturation were more frequent in June and July;mature females were more abundant in May and August; and spent females inJanuary and October. The gonadosomatic mean index monthly variation indicatesApril and October as the period of major reproductive activity (rainy season). Theaverage length at first sexual maturity was 4.75 cm in total length.

Key words: Macrobrachium amazonicum, ecological aspects, sex-ratio, length atfirst sexual maturity, reproductive season, Tucuruí power plant.

 

1 Professor Ufra, Pesquisador Cepnor/Ibama. E-mail: katia.silva@ufra.edu.br
2 Agrônoma, Prefeitura Municipal de Cametá

 

Literatura Citada

BOND, G.; BUCKUP, L. O ciclo reprodutor de Macrobrachium borellii (Nobili, 1896)e Macrobrachium potiuna (Müller, 1880) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) esuas relações com a temperatura. Rev. Brasil. Biol., Rio de Janeiro, v.42, n.3,p.473-483, agosto. 1982.

BOND, G.; BUCKUP, L. O cultivo de Macrobrachium borellii (Nobili, 1896) eMacrobrachium potiuna (Müller, 1880) em laboratório. (Crustacea, Decapoda,Palaemonidae). Rev. Brasil. Biol., Rio de Janeiro, v.43, n.2, p.177-190, 1983.

CARVALHO, H.A. Ciclo sexual de Macrobrachium acanthurus (Wiegmann,1836) (Crustacea, Decapoda): Relações com fatores abióticos e ciclo deintermuda. Tese de Doutorado, Departamento de Fisiologia Geral do Instituto deBiociências, Universidade de São Paulo, 199 p., São Paulo,1978.

CASTRO, I.M.A. Bioecologia do camarão-regional Macrobrachiumamazonicum (Heller, 1862), no Município de Vigia. Monografia de Graduação,Universidade Federal Rural do Pará, Belém, 2004.

COELHO, P.A.; RAMOS-PORTO, M.; SOARES, C.M.A. Biologia e cultivo decamarões de água doce. Universidade Federal de Pernambuco, v.1, 100 p.,1982.

DAVANT, P. Clave para la identificación de los camarones marinos y de río conimportancia económica en el oriente de Venezuela. Cuad. Oceanogr., Cumaná,v.1, p.42-47, 1963.

ELMÔR, M.R.D.; LOBÃO, V.L.; VALENTI, W. Consumo de oxigênio porMacrobrachium acanthurus (Wiegmann, 1836) como subsídio ao seu transportee cultivo. Bol. Inst. Pesca, São Paulo, v.19, p.49-62, 1981.

ENRICONI, A.; ODINETZ-COLLART, O. Ecologia do camarão Palaemonetes carterina Amazônia Central, Rio Negro, in Congresso Brasileiro de Zoologia, 19,Belém, 1992.

FAVARETTO, L.; BOGDAN, A.; SANTOS, E.S. Consumo de oxigênio emMacrobrachium amazonicum (Heller, 1862). Efeito da saturação de oxigêniodissolvido. Acta Amazonica, v.6, n.4, p.449-453, 1976.

GOMES-CORRÊA, M.M. Palaemonídeos do Brasil Crustacea-Decapoda-Natantia. Tese de Mestrado em Zoologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro,137 p., Rio de Janeiro, 1977.

GUEST, W.C. Laboratory life history of the palaemonid shrimp Macrobrachiumamazonicum (Heller) (Decapoda, Palaemonidae). Crustaceana, Leiden, v.37, n.2,p.141-152, 1979. doi

HARTNOLL, R.G. Growth, in Bliss, D.E. (ed.), The biology of crustacea.Embriology, morphology and genetics. Academic Press, New York:,1982.

HOLTHUIS, L.B. A general revision of the Palaemonidae (Crustacea: DecapodaNatantia) of the Americas. II – The subfamily Palaemoninae, p. 1-23,1952.

HOLTHUIS, L.B. FAO species catalogue. Shrimps and prawns of the world. Anannotated catalogue of species of interest to fisheries. FAO Fish. Syn., Rome, v.1,n.125, p. 1-271, 1980.

LIMA, J.S.G.; ODINETZ-COLLART, O. Ecologia do camarão Macrobrachiumamazonicum (Decapoda, Palaemonidae) no açude Poço da Cruz (Ibimirim), p378-384, in Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, 10, Guarapari, 1997.

LIMA, R.R.; TOURINHO, M.M.; COSTA, J.P.C. Várzeas flúvio-marinhas daAmazônia Brasileira. Características e possibilidades agropecuárias. FCAP,341 p., Belém, 2001.

LOBÃO, V.L.; ROJAS, N.E.T. Camarões de água doce da coleta ao cultivo àcomercialização. Ícone, São Paulo, p. 11-30, 1985.

LOBÃO, V.L.; LOMBARDI, J.V.; MELO, S.G.; BARROS, H.P.; HORTENCIO, E.;ROVERSO, E.A. Estudos populacionais de Macrobrachium birai Lobão, Mello &Fernandes e Macrobrachium petronioi Melo, Lobão & Fernandes das regiões deCananéia e Juréia (SP-Brasil). I. Dinâmica da reprodução. Bol. Inst. Pesca, SãoPaulo, v.19, p.46-62, 1992.

MAGALHÃES, C. Desenvolvimento larval obtido em laboratório de palaemonidosda Região Amazônica. I. Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea,Decapoda). Amazoniana, v.9, n.2, p.247-274, 1985.

MELO, G.A.S. Família Palaemonidae, p.317-372, in Melo, G.A.S. Manual deIdentificação dos Crustacea Decapoda de água doce do Brasil. USP/ FAPESP,São Paulo, 2003.

MORAES-RIODADES, P.M.C.; VALENTI, W.C.; PERALTA, A.S.L.; AMORIM, M.D.L.Carcinicultura de água doce no estado do Pará: situação atual e perspectivas, p.598-604, in Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, 11, Recife, 1999.

ODINETZ-COLLART, O. La pêche crevettière de Macrobrachium amazonicum(Palaemonidae) dans le Bas-Tocantis, après la fermeture du barrage de Tucurui(Brésil). Rev. Hydrobiol. Trop., v.20, n.2, p.131-144, 1987.

ODINETZ-COLLART, O. Strategie de reproduction de Macrobrachium amazonicumen Amazonie centrale (Decapoda, Caridea, Palaemonidae). Crustaceana, Leiden,v.61, n.3, p.253-270, 1991. doi

ODINETZ-COLLART, O.; ENRICONI, A. Estratégia reprodutiva e alguns aspectosdemográficos do camarão Palaemonetes carteri Gordon, 1935 na AmazôniaCentral, Rio Negro. Acta Amazonica, v.23, n.2-3, p.227-243, 1993. http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921993233243

ODINETZ-COLLART, O. MEDEIROS, N.; ENRICONI, A. Coexistência e estratégiareprodutiva de Euryrhunchus amazoniensis e E. burchelli nos igarapés do RioNegro, in Congresso Brasileiro de Zoologia, 19, Belém, 1992.

PINHEIRO, M.A.A.; HEBLING, N.J. Biologia de Macrobrachium rosenbergii (De Man,1879), p. 21-46 VALENTI, W.C. (ed.), Carcinicultura de água doce. Tecnologiapara produção de camarões. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos RecursosNaturais Renováveis. Brasília, 1998.

ROMERO, M.E. Preliminary observations of potencial of culture of Macrobrachiumamazonicum in Venezuela, p. 411-416, in New, M.B. (ed.), Giant prawn farming.Elsevier, Amsterdam, 1980.

SANTOS, E.P. Dinâmica de populações aplicada à pesca e piscicultura.HUCITEC/EDUSP, 129 p., São Paulo, 1978.

SANTOS, G.M.; MERONA, B.; JURAS, A.A.; JÈGUE, M. Peixes do baixo RioTocantins: 20 anos da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Eletronorte, 216 p., Brasília,2004.

SILVA, J.W.B.; PINHEIRO, F.A.; AUGUSTO, J.A.M.; GURGEL, J.J.S. Análises dosresultados de pescarias experimentais do camarão pitu, Macrobrachium carcinus (Linnaeus, 1758), realizadas na bacia do rio Curu (Ceará, Brasil), no período dejulho de 1978 a junho de 1980. Bol. Téc. DNOCS, Fortaleza, v.39, n.2, p.89-126,1981

SILVA, K.C. Aspectos biecológicos do camarão cascudo Macrobrachiumamazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) nomunicípio de Vigia-Pará-Brasil. Dissertação de Mestrado, Universidade Federaldo Pará, 125 p., Belém, 2002.

SILVA, K.C.; SOUZA, R.A.L.; CINTRA, I.H.A. Camarão-cascudo Macrobrachiumamazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) no Muncípiode Vigia-Pará-Brasil. Bol. Téc. Cient. Cepnor, Belém, v. 2, n.1. p.41-74, 2002.

VALENTI, W.C. Estudo populacional dos camarões de água doceMacrobrachium acanthurus (Weigman, 1836) e Macrobrachiun carcinus(Linnaeus, 1758) do rio Ribeira Iguape (Crustacea, Palaemonidae). Dissertaçãode Mestrado, Universidade de São Paulo, 149 p., São Paulo, 1984.

VALENTI, W.C. Cultivos de camarões de água doce. Nobel, 82 p., São Paulo,1985.

VALENTI, W.C. Comportamento reprodutivo de camarão de água doce. Anais deEcologia, v.5, p.195-202, 1987.

VALENTI, W.C.; MELLO, J.T.C.; LOBÃO, V.L. Crescimento de Macrobrachiumacanthurus (Weigmann, 1836) do rio Ribeira do Iguape (Crustacea, Decapoda,Palaemonidae). Rev. Brasil. Biol., Rio de Janeiro, v.47, n.3, p.349-355, 1987.

VARGAS, R.M.; PATERNINA, A. Contribicion a la ecologia y cultivo de larvas emlaboratório Del camaron de água dulca Macrobrachium amazonicumMacrobrachium amazonicum (Heller) (Decapoda, Palaemonidae). Ecol. Trop.,v.3, p.1-36, 1977.