Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Competitividade e Precarização do Trabalho: O Caso dos Trabalhadores dos Salões de Processamento das Indústrias Pesqueiras no Distrito de Icoaraci, Município de Belém, Estado do Pará

DOI: http://dx.doi.org/10.17080/1676-5664/btcc.v6n1p89-104

http://www.periodicos.ufra.edu.br/index.php?journal=tjfas 

downloadpdf

Ana L. S. Sena1 & Edna R. Castro2

 

Resumo: As transformações no sistema de produção capitalista atingiram diretamente os trabalhadores com mudanças em seu processo de trabalho, pois as empresas precisam ter condições de competir e satisfazer as exigências do mercado em termos de introdução de novos produtos e melhora constante de seus padrões de qualidade. Este processo atinge em graus diferenciados as estruturas produtivas dos países e regiões, com formas variadas de adaptação das firmas às mudanças. Foi observado que as empresas que compõem o parque industrial pesqueiro do Distrito de Icoaraci também estão inseridas nesse contexto, sofrendo rebatimentos desse processo, especialmente por terem sua produção direcionada para o mercado externo, merecendo destaque a forma de utilização dos trabalhadores nas atividades de processamento de peixe e camarão como meio de diminuição de custos. Nesse sentido, este trabalho tem por objetivo mostrar algumas das características da mão-de-obra que desempenha atividades produtivas no processamento da produção das indústrias pesqueiras, a qual está sendo submetida a um processo intenso de precarização do trabalho.

Palavras-chave: Distrito de Icoaraci, mercado de trabalho pesca industrial, precarização do trabalho, trabalhadores do processamento.

 

Abstract: Transformation in the capitalist production system affected directly the workers, because the companies need conditions to compete and satisfy the demands of a market in terms of introduction of new products and constant improvement of their quality patterns. This process had an effect on productive structures of countries and regions in different degrees, with varied forms of adaptation to changes by the companies. It was observed that the companies that make up the fishery industry of the Icoaraci District are also in this context, experiencing the consequences of this process, especially because their products are addressed to the external market, with special attention to the way workers are used in the activities of processing fish and shrimp as a way of cutting costs. Hence, this paper aims to show some characteristics of the labor that performs the productive activities in the production processing of the fishery industry, which has been subjected to an intense process of work deterioration.

Key words: Icoaraci District, fishery industry, work market, work deterioration, processing workers

 

1 Professora do IESAM. E-mail: analaura@prof.iesam-pa.edu.br
2 Professora do NAEA-UFPA. E-mail: edna@amazon.com.br

 

Literatura Citada

ANTUNES, R. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 3 ed. São Paulo: Boitempo, 2000.

CASTRO, E. M. R. Industrialização truncada: globalização, pós-fordismo e degradação sócio-ambiental na Amazônia. In: 48th International Congress of Americanists (ICA). Anais ... Stockholm: Institute of Latin American Studies, p. 135- 154, 1994.

DEDECCA, C. S. Reorganização das relações de trabalho no Brasil: a flexibilidade é a única alternativa? In: CARVALHO NETO, A. M.; CARVALHO, R. A. A. (orgs.). Sindicalismo e negociação coletiva nos anos 90. Belo Horizonte: IRT, p. 151- 180, 1998.

FONSECA, J. S. Curso de estatística. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HOLZMANN, L. Notas sobre as condições da mão-de-obra feminina frente às inovações tecnológicas. In: Sociologias, a. 02, nº 04, jul/dez, Porto Alegre, p. 258- 273, 2000. http://dx.doi.org/10.1590/s1517-45222000000200010

LOUREIRO, V. R. Modernização e conflito na pesca do Pará (Amazônia). In: CUNHA, J. C. (org.). Ecologia, desenvolvimento e cooperação na Amazônia. Belém: UNAMAZ/UFPa, p.193-219 (Série Cooperação Amazônica, v.11), 1992.

MARQUES, R. M. et al. Recursos humanos e inovação na indústria paulista. In: São Paulo em Perspectiva, v. 13, nº 1-2, jan/jun, São Paulo, p.87-92, 1999.

MARX, K. O capital: crítica da economia política – livro I, v. 01. 12 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

MELLO, A. F. Contribuições para uma teoria dos conflitos pesqueiros no Brasil: partindo do caso amazônico. In: III Encontro das Ciências Sociais e o Mar - pesca artesanal: tradição e modernidade. Anais ... São Paulo: IOUSP/F. FORD/UICN, p. 63-75, 1989.

PENNER, M. E. S. A dialética da atividade pesqueira no nordeste amazônico. Belém: Universidade Federal do Pará, 1984.

REINECKE, G.. Qualidade de emprego e emprego atípico no Brasil. In: POSTHUMA, A. C. (org.). Abertura e ajuste do mercado de trabalho no Brasil: políticas para conciliar os desafios de emprego e competitividade. Brasília: OIT e MTe; São Paulo: Ed.34, p. 119-147, 1999.

SENA, A. L.S. Trabalho e trabalhadores da pesca industrial no Pará face à metamorfose do capital. Belém, 2003. Tese (Doutorado) – Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, 2003.

SINGER, P. A crise das relações de trabalho. In: NABUCO, M. R.; CARVALHO NETO, A. (orgs.). Relações de trabalho contemporâneas. Belo Horizonte: IRT/ PUC-Minas Gerais, p. 31-45, 1999.