Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Inspeção de Pulverizadores Hidropneumáticos na Região do Alto Paranaíba-MG

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v22n05a08

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Diego Sichocki1, Renato A. A. Ruas2, Luciel R. Dezordi3, Alberto Carvalho Filho4 & Pedro I. V. G. God5

 

Resumo: O objetivo desse trabalho foi inspecionar pulverizadores hidropneumáticos na Região do Alto Paranaíba-MG, a fim de se verificar o estado de conservação dos mesmos e validar procedimentos de avaliação condizentes com a região. Para isso, avaliou-se 30 pulverizadores que foram selecionados ao acaso. O processo de avaliação constitui-se da aplicação de um questionário dividido em duas partes, com as seguintes pontuações máximas: condições do equipamento (300) e calibração (150). Dessa forma, o pulverizador em condições perfeitas de operação atingiria nota final igual a 450. Quando o pulverizador possuía os itens em conformidade, recebia a pontuação, caso o contrário, não recebia, e, assim, a nota máxima alcançada do pulverizador era reduzida. Utilizou-se a análise discriminante, o teste de quiquadrado e Correlação de Pearson. O fator que mais contribuiu para a nota final do pulverizador foi a calibração. No fator equipamento, o item que mais influenciou foi marcador de nível de tanque, seguido por partes móveis protegidas e vazamentos em mangueiras. No fator calibração, o item que mais interferiu foi a rotação nominal do motor, seguido pelo monitoramento das condições climáticas e desvio da vazão das pontas. O método de avaliação se mostrou adequado, exceto para a avaliação de perdas de calda.

Palavras-chave: qualidade de aplicação, manutenção, controle de qualidade, tecnologia de aplicação, culturas arbóreas

 

Abstract: The objective of this study was to inspect air assisted sprayers in the Alto Paranaíba-MG region, in order to verify the state of conservation and validate assessment procedures consistent with the region. For this, 30 randomly selected sprayers. The process evaluation consisted of application of a questionnaire divided into two parts, with the following maximum scores: conditions of equipment (300) and calibration (150). Thus, a sprayer in perfect operating conditions received a final score of 450. In the case that some conditions were not achieved, the score of the sprayer was reduced. The chi-square test and Pearson’s correlation discriminant analyses were performed. The factor that contributes most to the final note of the sprayer was calibration. In the equipment factor, the item of greatest influence was the tank level maker, followed by protection of moving parts and leaks in hoses. In the calibration factor, the item that most interfered was nominal rotation of the motor, followed by monitoring weather conditions and standard deviation of nozzle flow. The evaluation method showed to be adequate, except for the assessment of sprayer losses.

Key words: quality of spray application, maintenance, quality control, sprayer technology, tree crops

 

1 Eng. Agrônomo. - Mestrando em Produção Vegetal-Universidade Federal de Viçosa-Campus de Rio Paranaíba, Departamento de Ciências Agrárias, Rodovia MG 320, km 7, CEP 38810-000. E-mail: diegolns@yahoo.com.br
2 Eng. Agrônomo - Professor na Universidade Federal de Viçosa-Campus de Rio Paranaíba, E-mail: renatoruas@ufv.br
3 Eng. Agrônomo - Mestrando em Produção Vegetal-UFV-Campus de Rio Paranaíba. E-mail: luciel.dezordi@ufv.br
4 Eng. Agrônomo - Professor na Universidade Federal de Viçosa-Campus de Rio Paranaíba E-mail: acarvalhofilho@ufv.br
5 Eng. Agrônomo - Professor na Universidade Federal de Viçosa-Campus de Rio Paranaíba

 

Literatura Citada

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Níveis de ruído aceitáveis: NBR 10152 (NB-95). Rio de Janeiro, 1987. 4p.

ALVARENGA, C.B.; CUNHA, J.P.A.R.; TEIXEIRA, M.M. Aspectos de avaliação de pulverizadores hidráulicos de barra na região de Uberlândia, Minas Gerais. Idesia, Chile, v.39, p.25-31, 2011. doi

ANDERSEN, P.G.; NILSSON, E.; Regular calibration and technical checks of pesticide application equipment (according article 8/5) In: Third European Workshop on Standardised Procedure for the Inspection of Sprayers. 2009. Quedlinburg, Alemanha.

BALESTRINI, L. Mobile Inspection and Diagnosis Service of Sprayers in Resistance Prevention. Results Obtained Out of Inspections Performed by a Group of Producers During the 2004-2005 Season. Resistant Pest Management Newsletter, Michigan, v.16, n.1, p.5-7, 2006.

BETTINI, P.C. Mira Calibrada, Cultivar Máquinas, Pelotas, v.9, n°103, p.8-10,2010.

BIOCCA, M., VANNUCCI, D. Organization and critéria of inspection of sprayers in Italy. In: AGENG. 2000, Warwick. EurAgEng. Warwick: 2000.

BJUGSTAD, N. Control of crop sprayers in Norway. In: AGENG. 1998, Oslo. Eurageng: Oslo: s.n. 1998.

DANTAS, M.J.F. Avaliação de um sistema de aplicação de agrotóxicos na cultura do mamão: redução do risco de contaminação ambiental. 2010. 98f. Dissertação (Mestrado em Manejo de Bacias Hidrográficas no Semiárido) – Departamento de Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.

DECLERCQ, J.; HUYGHEBAERT, B.; NUYTTENS, D. Third European Workshop on Standardised Procedure for the Inspection of Sprayers - SPISE 3 -, Brno, September 22-24, 2009.

DORNELLES, M.A.; SCHLOSSER, J.F.; CASALI, A.F.; BRONDANI, L.B. Inspeção técnica de pulverizadores: histórico e importância. Ciência Rural, Santa Maria, v.39, n.5, p.1600-1605, 2009. doi

FEY, E. Estado de arte do processo de pulverização junto a associados da COOPERVALE, Maripá – PR. 1998. 26p. Relatório de Estágio Supervisionado (Graduação em Agronomia) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, PR.

GANDOLFO, M.A.; ANTUNIASSI, U.R. Inspeção periódica de pulverizadores agrícolas. Energia na Agricultura, Botucatu, v.18, p.67-76, 2003.

GANZELMEIER, H., RIETZ, S. Inspection of plant protection equipment in Europe. International Conference on Agricultural Engineering. Part 2. p.597-598. 1998.

HOLOWNICKI, R.; DORUCHOWSKI, G.; SWIECHOWSKI, W.; GODYN, A. Automatic self adjusting air-jet sprayer concept for fruit trees. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON AGRICULTURAL ENGINEERING, Warwick, 2000.

KREUZ, C.L.; PROTAS, J.F.S.; FREIRE, J.M. Análise comparativa do custo anual de produção de maçã nos sistemas “Integrado” e “Convencional”. Agropecuária Catarinense, Florianópolis, v.15, n.2, p.44-46, 2002.

MIALHE, L.G. Máquinas agrícolas: ensaios e certificação. Piracicaba: FEALQ, 1996.

OZKAN, H.E. Sprayer performance evaluation with microcomputers. Application Enginering Agriculture, v.3, n.1, p.36-41, 1987. doi

REICHARD, D.L., OZKAN, H.E., FOX, R.D. Nozzle wear rates and test procedure. Transaction of the ASAE, v.34, n.6, p.2309-2316, 1991. doi

SANTOS, S.R.; MACIEL, A.J.S. Proposta metodológica utilizando ferramentas de qualidade de avaliação do processo de pulverização. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.26, p.627-636, 2006.

SILVEIRA, J.C.M.; GABRIEL FILHO, A.; PEREIRA, J.O.; SILVA, S.L.; MODOLO, A.J.; Avaliação qualitativa de pulverizadores da região de Cascavel, Estado do Paraná. Acta Scientiarum Agronomy. Maringá. v.28, p.569-573. 2006.

SIQUEIRA, J.L.; ANTUNIASSI, U.R. Inspeção periódica dos pulverizadores nas principais regiões produtoras de soja no Brasil. Energia na Agricultura, Botucatu, v.26, p.92-100, 2011.

WHEWMANN, H.J. Actual survey inspection of sprayers in the European countries. In: Third European Workshop on Standardised Procedure for the Inspection of Sprayers. 2009. Quedlinburg, Alemanha.