Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Sistemas de Informação em Gestão da Cadeia de Suprimento

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2238-1252/rct.v17n33p25-38

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/cienciatecnologia/index 

downloadpdf

Daniel Morelli1, Fernando C. de Campos2 & Alexandre T. Simon3

 

Resumo: Este artigo tem como objetivo apresentar os Sistemas de Informação utilizados na gestão das cadeias de suprimentos, tais como EDI, Internet, ERP e SCM. Os casos foram descritos de acordo com suas particularidades e diferentes aplicações em empresas fabricantes de janelas e computadores. O trabalho apresenta também a definição de SI, suas principais características, ferramentas e aplicações na gestão das cadeias de suprimentos, contribuindo para o aperfeiçoamento e qualidade das decisões tomadas nas empresas. Mostra a evolução e a importância dos casos estudados no Brasil e em países como Japão e Itália, suas contribuições e o impacto das diferenças culturais. As características para que as informações possam ser úteis nas tomadas de decisão relacionadas à SCM são precisão, acesso, utilidade e flexibilidade. São apresentados outros sistemas de informação, como CRM, WMS, TMS, DRP, APS, MPS, MRP II, CRP, SRM, SFC, MES e RFID. Essa integração está baseada em quatro níveis de funcionalidade que são: sistemas transacionais, controle gerencial, análise de decisão e planejamento estratégico. O método utilizado foi a pesquisa exploratória envolvendo levantamento bibliográfico em artigos, dissertações, teses e livros.

Palavras-chave: gestão da cadeia de suprimentos, sistemas de informação, análise de decisão,logística integrada

 

Abstract: The purpose of this paper is to introduce the information systems used in Supply Chain Management such as EDI, Internet, ERP, and SCM. The cases were described according to their particularities and different applications in window and computer manufacturing companies. The work also introduces the definition of IS, its main characteristics, tools, and applications in Supply Chain Management, contributing to the improvement and quality of decision making in companies. It shows the evolution and importance of those cases studied in Brazil and in countries such as Japan and Italy, their contributions and the impact of cultural differences. The necessary characteristics that can make the information useful for decision- -making related to SCM are precision, access, utility, and flexibility. Other information systems such as CRM, WMS, TMS, DRP, APS, MPS, MRP II, CRP, SRM, SFC, MES, and RFID are also introduced. This integration is based on four functionality levels: transactional systems, management control, decision analysis, and strategic planning. The exploratory research method involved literature review of papers, thesis and books.

Key words: supply chain management, information systems, decision analysis, integrated logistics

 

1 Mestre em Engenharia de Produção - Logística (PPGEP). E-mail: daniel_1m@uol.com.br
2 Prof. Dr. em Sistemas de Informação. E-mail: fccampos@unimep.br
3 Prof. Dr. em Logística e SCM. E-mail: atsimon@unimep.br

 

Literatura Citada

BALLOU, R. H. Logística empresarial, transportes, administração de materiais, distribuição física. São Paulo: Atlas, 2010a.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos, logística empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2010b.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística empresarial, o processo de integração da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2010.

CHOPRA, S.; MEINDL, P. Gerenciamento da cadeia de suprimentos, estratégia, planejamento e operação. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008.

CIMINO, A. et al. A general simulation framework for supply chain modeling. IJCSI International Journal of Computer Science Issues, Universidade da Calábria, Rende, Itália, v. 7, n. 3, mar. 2010.

CUNHA, L. O.; ALVES, J. M. A certificação de sistemas de gestão da qualidade contribuindo para o aprimoramento da cadeia de suprimentos do setor aeronáutico. In: SIMPEP, 17., Instituto de Tecnologia Aeronáutica, ITA, São José dos Campos, 2010.

DANIEL, R. et al. Multi-agent architecture for supply chain management. Journal of Manufacturing Technology Management, Emerald, Université de Metz, île du Saulcy, Metz, France, vol. 15, n. 8, p. 745-755, 2008.

FAVILLA, J.; FEARNE, A. Supply chain software implementations: getting it right. Supply Chain [ Management: An International Journal, v. 10, n. 4, p. 241-243, 2005.

GERYVILLE, H. M. et al. A collaborative framework to exchange and share product information within a supply chain context. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON MACHINE INTELLIGENCE, INTELLIGENT SYSTEMS ARCHITECTURES, 2., Pr. Adel Alimi, Tozeur, Tunisie, p. 195-202, 2005. Disponível em: http://liesp.insa-lyon.fr/v2/?q=fr/node/100262. Acesso em: 18 out. 2011.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GONÇALVES, G.; LIMA, I. A. Implantação de um sistema de informação – Enterprise Resource Planning (ERP): Estudo de caso em uma indústria eletrônica. In: SIMPEP, 16., Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Ponta Grossa, 2009.

HAYNES, S. R. Explanation in information systems: a design rationale approach. 2001. Tese (Doutorado em Filosofia) - The London School of Economics and Political Science, London.MAÇADA, A. C. G. et al. Impacto da tecnologia da informação na gestão das cadeias de suprimentos – um estudo de casos múltiplos. Gestão e Produção, v. 14, n. 1, p. 1-12, jan.-abr., 2007.

MCGEE J.; PRUSAK L. Gerenciamento estratégico da informação. 14. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

MIGUEL, P. A. C. Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MULATO, F. M.; OLIVEIRA, M. M. B. O impacto de um sistema de agendamento antecipado de docas para carga e descarga na gestão da cadeia de suprimentos. Revista Produção Online, v. 6, n. 3, 2006. Disponível em < http://www.producaoonline.org.br/rpo/issue/view/41>. Acesso em 24 mai. 2012.

NOGEIRA NETO, M. S.; SACOMANO, J. B. O fluxo de informações em cadeia de suprimentos: prospecção em dois grupos de empresas. Revista de Administração da UNIMEP–RAU, v. 8, n. 1, 2010.

OKABE, Y. et al. Compatibility between ERP and Japanese-Style-Management. Journal of Human Environmental Studies, Japão, v. 6, n. 1, mai. 2008.

PIRES, S. R. I. Gestão da cadeia de suprimentos, conceitos, estratégias, práticas e casos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

REZENDE, D. A.; ABREU, A. F. Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informação empresariais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

SAAB JUNIOR, J. Y.; CORRÊA, H. L. Cadeia de abastecimento: gestão do estoque pelo distribuidor. RAE – Revista Administração de Empresas Online, v. 48, n. 1, 2008. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-75902008000100005&script=sci_arttext>. Acesso em 24 mai. 2012.

SCARVADA, L. F. et al. A reference matrix for information system in supply chain management. Brazilian Journal Operations & Production Management, v. 3, n. 1, p. 21-48, 2006.

SINDHU, R. et al. Multi-Agent System Interaction in Integrated SCM. IJCSI International Journal of Computer Science Issues, India, v. 5, P. 33-37, oct. 2009.

TANIMIZU, Y. et al. A two-layered model for dynamic supply chain management considering transportation constraints. Journal of Advanced Mechanical Design, System and Manufacturing, v. 4, n. 5, p. 913-926, 2010.

TURBAN, E. et al. Administração de tecnologia da informação: teoria e prática. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

VIEIRA, M. S. Sistemas de informação e a gestão da cadeia de suprimentos: o caso da Castrol do Brasil Ltda. 2005. Dissertação (Mestrado em Engenharia Industrial) – Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro.

WALSH, P. M. et al. Investigation of rolling horizon flexibility contracts in a supply chain under highly variable stochastic demand. IMA Journal of Management Mathematics, Oxford University Press, v. 19, n. 2, p. 117-135, 2008.

WHITE, A. et al. RFID in the supply chain: lessons from European early adopters. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v. 38, n. 2, p. 88-107, 2008.