Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Uma Antropologia do Outro em Mim. O Impensado Conhecido de Christopher Bollas

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v22n55p77-89

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

André Martini1

 

Resumo: A partir da imagem concebida por Freud, da sombra do objeto que cai sobre o Eu, Bollas descobre uma fonte inesgotável de recurso para suas próprias ideias, desdobrando uma miríade de contribuições criativas e significativas para a psicanálise contemporânea. Seguindo uma tradição na psicanálise voltada para o papel do ambiente na constituição do psiquismo, Bollas faz o retorno aos principais temas do corpo teórico clássico da Psicanálise, propondo conceitos novos ou reanimando aqueles já bem estabelecidos. Sem cair na solução fácil de opor as concepções intrapsíquicas e intersubjetivas do psiquismo, faz um diálogo fecundo entre elas, colocando-as em diálogo permanente. Neste artigo, de caráter introdutório, apresentarei algumas de suas concepções sobre o papel do outro na constituição das bases silenciosas – porém evocativas – do inconsciente em sua dimensão estrutural.

Palavras-chave: Psicanálise; Bollas; Christopher; ética.

 

Abstract: Departing from Freud’s image of the shadow of the object that fell upon the ego, Bollas discovers an inexhaustible source for his own ideas, unfolding a myriad of meaningful and creative contributions to contemporary psychoanalysis. Following a tradition in psychoanalysis that emphasizes the role of the environment in psychic constitution, Bollas turns to the main aspects of classical Psychoanalysis theory, either proposing new concepts or invigorating those already well established. Without committing to the easy solution of opposing intrapsychic and intersubjective conceptions about the psyche, he rather keeps them in a permanent and fertile dialogue. This paper, an introductory one, presents some of his major conceptions about the role of the other in the constitution of the silent – though evocative – roots of the unconscious in its structural dimension.

Key words: Psychoanalysis; Bollas; Christopher; ethics.

 

1 Instituto de Psicologia da USP martini.de@gmail.com

 

Literatura Citada

BALINT, M. The basic fault. London: Tavistock, 1968.

BOLLAS, C. The infinite question. London & New York: Routledge, 2008a.

BOLLAS, C. The evocative object world. London & New York: Routledge, 2008b.

BOLLAS, C. A arquitetura e o inconsciente, Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol. 3, nº 1, 21-46, 2000. https://doi.org/10.1590/1415-47142000001003

BOLLAS, C. Pulsional impiedoso e Receptividade materna, Percurso, nº 20, 136-45, 1998.

BOLLAS, C. [1992]. Being a Character. Psychoanalysis and Self Experience. London & New York: Routledge, 2003.

BOLLAS, C. The shadow of the object – Psychoanalysis of the unthought known. New York: Columbia University Press, 1987.

CALICH, J.C. (org.) Sobre Psicanálise e Psicanalistas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

COELHO JUNIOR, N. E.; DE MARTINI, A. Planos de realidade na escrita e no estilo psicanalíticos, in: EWALD, A. P. Subjetividade e Literatura. No prelo.

COELHO JUNIOR, N. E.; FIGUEIREDO, L. C. Figuras da intersubjetividade na constituição subjetiva: dimensões da alteridade. Interações, v. IX, n. 17, p. 9-28, 2004.

COELHO JUNIOR, N. E. Variações do lugar do objeto na psicanálise freudiana, in: SIMÃO, L. M.;

DE SOUZA, M. T. C. C.; COELHO JUNIOR N. E. (orgs.) Noção de objeto, concepção de sujeito, Freud, Piaget e Boesch. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.

COELHO JUNIOR, N. E.; FIGUEIREDO, L. C. Ética e Técnica em Psicanálise. São Paulo: Escuta, 2000.

DE MARTINI, A. A metapsicologia dos descentramentos entre sujeito e objeto na obra de Freud. Dissertação de mestrado. São Paulo: Instituto de Psicologia da USP, 2006.

FRAYZE-PEREIRA, J. A. Christopher Bollas – psicanalista da experiência estética. Memória da Psicanálise – Mente & Cérebro, v. 8, p. 84-91, 2009.

JUNQUEIRA, C. Ética e consciência moral na psicanálise. São Paulo: Via Lettera; FAPESP, 2006.

PAVANELLI, C. Teoria e prática em psicanálise. Dissertação de mestrado. São Paulo: Instituto de Psicologia da USP, 2007.

SOUZA, O. Aspectos do encaminhamento da questão da cientificidade da psicanálise no movimento psicanalítico, in: PACHECO FILHO, R. A ; COELHO JUNIOR, N. E.; ROSA, M. D. (orgs.) Ciência, pesquisa, representação e realidade em psicanálise. São Paulo: Casa do Psicólogo; EDUC, 2000.