Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Desafios da Linguagem na Educação a Distância

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2236-9767/impulso.v22n53p83-91

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/impulso/index 

downloadpdf

José A. Oliveira1

 

Resumo: As recentes transformações midiáticas do ciberespaço estão afetando substancialmente a prática social da leitura e da linguagem, haja vista que as instituições de ensino tradicional buscam rapidamente migrar seus conteúdos de ensino e aprendizagem para os novos suportes de educação a distância. Com essa mudança, surge entre os profissionais da fala – docentes, comunicadores etc. – o desafio de se adaptarem e dominarem as peculiaridades dos novos suportes e ferramentas tecnológicas para o campo da aprendizagem e da educação. Este artigo busca tratar o desafio sob outro enfoque – o da necessidade de se perceber as modificações na prática social da leitura e da linguagem a partir das novas tecnologias de informação e comunicação sem, contudo deixar de compreender que tal fenômeno, em maior ou menor escala, possui semelhanças com transformações de paradigmas ocorridas ao longo da história da civilização e que exigiram semelhantes adaptações. A análise fundamentou-se na história dos meios de comunicação.

Palavras-chave: Linguagem; Novas Mídias; Narrativas Transmidiáticas; Educação A Distância.

 

Abstract: The recent media transformations in cyberspace are substantially affecting the social practice of reading and language as can be seen in the fact that traditional educational institutions seek to quickly migrate their learning and teaching  content to new distant learning supports. With this change, arisesamong professionals of the discourse – professors, communicators, etc. – the challenge to adapt themselves and dominate the peculiarities of the new support and technological tools in the field of learning and education. This article aims at discussing this challenge under a different focus – that of the need to perceive the modifications in the social reading practice and in language derived from new information and communication technologies without failing to comprehend that such phenomenon has, in larger or smaller scale, similarities with paradigma transformations which occurred throughout the history of civilization and which demanded similar adaptations. The analysis was based on the history of communication media.

Key words: Language; New Medias; Distant Learning; Transmidiatic Narrative.

 

1 Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix (IMIH) aparece@gmail.com 

 

Literatura Citada

HUGO, Victor. O corcunda de Notre Dame. Tradução de Cristianne Lameirinha. São Paulo: Larousse Jovem, 2005.

BARTHES, Rolland. O óbvio e o obtuso. Lisboa: Edições 70, s.d.

BIEGING, Patricia et al. Narrativas transmidiáticas: reflexões sobre subjetividades no produto cultural Hannah Montana. Congresso Panamericano de Comunicação 2010. Brasília: Universidade Católica de Brasília – UCB. Disponível em <http://www.ipea.gov.br/panam/pdf/GT2_Art4_Patr.pdf> Acesso em: 12 ago. 2010.

BRIGGS, Asa; BURKE, Peter. Uma história social da mídia: de Gutemberg à internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004

CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

FERREIRA, Ivone. Psicologia da imagem: um retrato do discursivo persuasivo na Internet. 2002. Disponível em <http://www.bocc.ubi.pt/pag/ferreira-ivone-psicologia-imagem.pdf> Acesso em 25 out. 2010.

HUERGO, Jorge A. Desbordes y conflictos entre la cultura escolar y la cultura mediática. La Plata: Centro de Comunicación y Educación de la Universidad Nacional de La Plata, 1999. Disponível em <http://74.125.155.132/scholar?q=cache:sXYcPPQ3ao8J:scholar.google.com/+mediaticas&hl=pt-BR&as_sdt=0,5> Acesso em: 20 fev. 2011.

JENKYNS, Henry. Cultura da convergência. 2. ed. São Paulo: Aleph, 2009.

MATTELART, Armand; MATTELART Michèlle. História das teorias da comunicação. São Paulo: Loyola, 1999.

MORAIS, José. A arte de ler. São Paulo: Unesp, 1996.

MORAN, José Manuel. Novas tecnologias e mediações pedagógicas. Campinas: Papirus, 2000.

OLIVEIRA, J. A. Panfletagem digital espaço público, comunicação institucional e internet. Revista Horizonte. Belo Horizonte, v. 5, n. 10, p. 91-105, jun. 2007.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SANTAELLA, Lúcia. Os espaços líquidos da cibermídia. Revista E-Compós, Vol. 2, 2005. Disponível em <http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewArticle/26> Acesso em:21 out. 10

SERRA, Daniela T. S. Afetividade, aprendizagem e educação on line. Belo Horizonte: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Dissertação de mestrado. 2005.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade [online]. 2002, vol.23, n. 81, p. 143-160. doi

THOMPSON, John B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis: Vozes, 1999.

XAVIER, Antonio C. S. Letramento digital e ensino. Disponível em <http://www.ufpe.br/nehte/artigos/Letramento%20digital%20e%20ensino.pdf> Acesso em: 10 set. 2010.