Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Objetos e Projetos Pedagógicos na Formação Docente em Sergipe nas Primeiras Décadas do Século XX

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1043/el.v13n22p238-258

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/index 

downloadpdf

Anamaria G. B. Freitas1 & Maria J. Dantas2

 

Resumo: O presente estudo pretende investigar a cultura material escolar na escola normal Rui Barbosa (Aracaju, SE), nas primeiras décadas do século XX, com o objetivo de desvendar as relações possíveis entre a existência e o uso de dispositivos didáticos, vinculados com a modernidade pedagógica. As investigações no campo da História da Educação com foco na cultura material escolar têm, na atualidade, elucidado questões significativas para a melhor compreensão das práticas escolares e os processos de ensino e aprendizagem do passado, bem como favorecem pesquisas específicas no campo da história das disciplinas escolares.

Palavras-chave: Cultura escolar; Cultura material escolar; Formação de professores; História da educação

 

Abstract: The present study investigates the school material culture at the Rui Barbosa normal school (Aracaju, SE) in the first decades of the 20th century. The object of the study was to unveil the possible relations between the existence and use of didactic devices linked to modern pedagogy. Investigations in the field of History of Education focused in the school material culture have elucidated significant questions for the better understanding of school practices and the teaching and learning processes from the past, as well as favored specific researches in the history of school disciplines.

Key words: School culture; School material culture; Teacher Training; History of education

 

1 Universidade Federal de Sergipe • E-mail: anagbueno@uol.com.br
2 Doutoranda em Educação no Núcleo de Pós-Graduação em Educação Universidade Federal de Sergipe. Bolsista FAPITEC/SE. E-mail: mariajosedantas@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto (org.) A Aventura (Auto) Biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.

ALMEIDA, Anne Emilie Souza de. A difusão do ideário escolanovista em grupos escolares sergipanos (1934-1960). Dissertação (Mestrado em Educação). São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 2009.

ALVES, Eva Maria de Siqueira. “A Pedagogia de Balthazar Góes”. In: Anais da Semana Acadêmica. XVI Encontro de Iniciação Científica e II Encontro de Pós-Graduação. 21 a 24 de novembro de 2006. Universidade Federal de Sergipe: São Cristóvão, 2006. CD –Room.

ANDRADE, João Maria Valença de; STAMATTO, Maria Inês Sucupira.(orgs.) História ensinada e a escrita da História. Natal: EDUFRN, 2009.

ARAÚJO, José Carlos Souza; FREITAS, Anamaria Gonçalves Bueno de; LOPES, Antonio de Pádua Carvalho (orgs.) As escolas normais no Brasil: do Império à República. Campinas: Editora Alínea, 2008.

AZEVEDO, Crislane B. Nos majestosos templos de sabedoria: a implantação dos grupos escolares em Aracaju. Monografia (Licenciatura em Historia). São Cristovão: Universidade Federal de Sergipe, 2003.

BARRETO, Luiz Antônio (Org.). Antologia: Acrísio Cruz. Aracaju: Secretaria de Estado da Cultura, 2006.

BASTOS, Maria Helena Camara; BENCOSTTA, Marcus Levy, CUNHA, Maria Teresa Santos (orgs.) Uma cartografia em pesquisa em História da Educação na Região Sul: Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul (1980- 2000). Pelotas: Seiva, 2004.

BATISTA, Antônio Augusto Gomes; GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. Livros escolares de leitura no Brasil: elementos para uma história. Campinas: Mercado de Letras, 2009.

BERGER, Miguel André. A instrução pública em Sergipe na era da modernidade. Analisando a trajetória dos grupos escolares. Relatório apresentado à FAP-SE. Aracaju: 2006.

BENCOSTTA, M. L. (org.). Culturas escolares, saberes e práticas educativas: itinerários históricos. São Paulo: Cortez, 2007

BENCOSTTA, Marcus Levy Albino. A cultura escolar na historiografia da educação brasileira: alcances e limites de um conceito. In: FELGUEIRAS, Margarida Louro; VIEIRA, Carlos Eduardo (Eds.) Cultura escolar, migrações e cidadania. Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 2010. p.33-46.

BITTENCOURT, Circe. Livro didático e saber escolar (1810-1910). Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

BRITO, L. C. P. Ecos da Modernidade Pedagógica na Escola Normal Rui Barbosa (1930-1957). São Cristóvão: Núcleo de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe, 2001. (Dissertação de Mestrado).

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A Escola e a República e outros ensaios. Bragança Paulista: EDUSF, 2003.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de; VIDAL, Diana Gonçalves. Biblioteca e formação docente: percursos de leitura (1902-1935). Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

CATANI, Denice Bárbara; BUENO, Belmira Oliveira; SOUSA, Cynthia Pereira; SOUZA, Maria Cecília C.C. Docência, memória e gênero: estudos sobre formação. São Paulo: Escrituras, 1997.

CHARTIER, R. A História Cultural: entre práticas e representações. (Tradução de Maria Mauela Galhardo). Lisboa: Difel, 1990.

CHARTIER, R.. A Beira da Falésia: a história entre incertezas e inquietude. Porto Alegre: Ed. Universidade / UFRGS, 2002.

CHOPPIN, Alain. O historiador e o livro escolar. Revista História da Educação. Pelotas: Editora da UFPel, 2002. p.5-24.

FARIA FILHO, L. Mendes de. Escolarização e cultura escolar no Brasil: reflexões em torno de alguns pressupostos e desafios. In: BENCOSTTA, M. L. (org.). Culturas escolares, saberes e práticas educativas: itinerários históricos. São Paulo: Cortez, 2007. p.193-211.

FRAGO, A. V. e ESCOLANO, A. Currículo, espaço e subjetividade: a arquitetura como programa. Trad. Alfredo Veiga Neto. Rio de Janeiro: DP&A, 1998.

FREITAS, Anamaria Gonçalves Bueno de. Vestidas de azul e branco: um estudo sobre as representações de ex-normalistas (1920-1950). São Cristóvão: Grupo de Estudos e Pesquisas em História da Educação, NPGED, 2003.

FELGUEIRAS, Margarida Louro; VIEIRA, Carlos Eduardo (Eds.) Cultura escolar, migrações e cidadania. Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 2010.

FELGUEIRAS, Margarida Louro. Cultura escolar: da migração do conceito à sua objectivação histórica. In: FELGUEIRAS, Margarida Louro; VIEIRA, Carlos Eduardo (Eds.) Cultura escolar, migrações e cidadania. Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 2010. p.17-32.

GATTI Júnior, Décio. A escrita escolar da história: livro didático e ensino no Brasil (1970-1990) Bauru: Editora da UDESC; Uberlândia: EDUFU, 2004.

HÉBRARD, Jean. As bibliotecas escolares. In: MENEZES, Maria Cristina (org.) Educação, memória, história: possibilidades de leituras. Campinas: Mercado de Letras, 2004. p.15-104. JULIA, D. A cultura escolar como objeto histórico. In: Revista Brasileira de História da Educação. nº 1. Campinas: Editora Autores Associados, , Janeiro/Junho, 2001. p. 9-43.

LEAL, R. de C. D. O primeiro jardim de infância de Sergipe: contribuição ao estudo da educação infantil (1932-1942). São Cristóvão: Núcleo de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe, 2004. (Dissertação de Mestrado). LE GOFF, J. História e memória.Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2003.

LIMA, Maria do Socorro. República, política, Direito: representações do trabalho docente e a trajetória de Antônio Manoel Carvalho Neto (1918-1921). Dissertação (Mestrado em Educação). São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 2008.

MENDONÇA, J. A. Nunes. A Educação em Sergipe. Aracaju: Livraria Regina, 1958.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; CUNHA, Maria Teresa Santos (orgs.) Práticas da Memória docente. São Paulo: Cortez, 2003.

MORAES, Dislaine Zerbinatti. Literatura, memória e ação política: uma análise de romances escritos por professores paulistas São Paulo: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 1996. (Dissertação de Mestrado)

MUNAKATA, Kazumi. Produzindo livros didáticos e paradidáticos. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1997. (Tese de Doutorado em História e Filosofia da Educação)

NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. 2.ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

NASCIMENTO, Jorge Carvalho do. “A escola no espelho: São Paulo e a implantação dos grupos escolares no Estado de Sergipe. In: VIDAL, Diana Gonçalves (Org.). Grupos escolares: cultura escolar primária e escolarização da infância no Brasil (1893-1971). Campinas: Mercado de Letras, 2006. p. 153-171.

NASCIMENTO, Jorge Carvalho do; FREITAS, Anamaria Gonçalves Bueno de. Viagens, associação e inspeção: a escola nova em Sergipe. In: MIGUEL, Maria Elizabeth Blanck; VIDAL, Diana Gonçalves; ARAÚJO, José Carlos Souza. Reformas educacionais: as manifestações da Escola Nova no Brasil (1920 e 1946). Campinas: Autores Associados, 2011. (no prelo)

NÓVOA, António (org.) Vidas de professores. 2.ed. Porto: Porto Editora, 2007.

OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de; STAMATTO, Maria Inês Sucupira. (orgs.) O livro didático de história: políticas educacionais, pesquisa e ensino. Natal: EDUFRN, 2007. PEIXOTO, Ana Maria Casasanta; PASSOS, Mauro. (orgs.) A escola e seus atores: educação e profissão docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

RAZZINI, Márcia de Paula Gregório. O espelho da nação: a Antologia Nacional e o ensino de Português e de Literatura (1838-1971). Campinas: Instituto de Estudos de Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, 2000. (Tese de Doutorado). 2. vol.

REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. Dossiê: História da Profissão Docente no Brasil e em Portugal. n.15.Campinas: Editora Autores Associados; Sociedade Brasileira de História da Educação, setembro/dezembro de 2007.

REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. Dossiê: Cultura Material na História da Educação: possibilidades de pesquisa. n.14. Campinas: Editora Autores Associados; Sociedade Brasileira de História da Educação, maio/agosto de 2007.

ROCHA Lima, José Augusto da. Relatório apresentado ao Sr. Interventor Federal. 23 de julho de 1931. APES. Acervo de Sebrão Sobrinho. Caixa nº 10.

SILVA, Vivian Batista da. Histórias de leituras para professores: um estudo da produção e circulação de saberes especializados nos “manuais pedagógicos” brasileiros (1930-1971). São Paulo: Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2001. (Mestrado em Educação)

SILVA, Vivian Batista da. Saberes em viagem nos manuais pedagógicos: construções da escola em Portugal e no Brasil (1870-1970). São Paulo: Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2005. (Doutorado em Educação)

SOARES, Gabriela Pellegrino. Semear horizontes: uma história da formação de leitores na Argentina e no Brasil, 1915-1954. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007.

SOBRAL, Neide. “Ecos de uma viagem: Rocha Lima e a Escola Nova em Sergipe”. In: Anais do II Congresso Brasileiro de História da Educação: História e memória da Educação brasileira. Natal: Editora Núcleo de Arte e Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2002. CD-Room.

SOUZA, Elizeu Clementino de (org.) Autobiografias, histórias de vida e formação: pesquisa e ensino. Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: UNEB, 2006.

SOUZA, Elizeu Clementino de; ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto (orgs.) Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: UNEB, 2006.

SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venancio (orgs.) Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet, FAPERJ, 2008.

SOUZA, Josefa Eliana. Nunes Mendonça: um escolanovista sergipano. São Cristóvão: Editora UFS; Aracaju: Fundação Oviêdo Teixeira, 2003.

SOUZA, Rosa Fátima de. Um itinerário de pesquisa sobre a cultura escolar. In: CUNHA, M. V. da. Ideário e imagens da educação escolar. Campinas: Autores Associados; Araraquara: Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, 2000. p. 3- 27.

SOUZA, Rosa Fátima de. História da cultura material escolar: um balanço inicial. In: BENCOSTTA, M. L. (org.). Culturas escolares, saberes e práticas educativas: itinerários históricos. São Paulo: Cortez, 2007. p.163-189.

TAMBARA, Elomar. Bosquejo de um ostensor do repertório de textos escolares utilizados no ensino primário e secundário do século XIX no Brasil. Pelotas: Seiva Publicações, 2003.

TAMBARA, Elomar; PERES, Eliane. (orgs) Livros escolares e ensino da leitura no Brasil (séculos XIX e XX). Pelotas: Seiva Publicações/ Fapergs,2003.

TAMBARA, Elomar; CORSETTI, Berenice (orgs. ) Instituições formadoras de professores no Rio Grande do Sul. Pelotas: Editora da Universidade UFPel, 2008. Vol. 1 e 2.

TAMBARA, Elomar; CORSETTI, Berenice (orgs. ) Instituições formadoras de professores no Rio Grande do Sul. Pelotas: Editora da Universidade UFPel, 2009. Vol. 3.

TAMBARA, Elomar; PERES, Eliane. (orgs) Livros escolares e ensino da leitura no Brasil (séculos XIX e XX). Pelotas: Seiva Publicações/ Fapergs,2003.

TANURI, Leonor Maria. História da formação de professores. Revista Brasileira de Educação. n.14. Campinas: Editora Autores Associados; Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), mai/jun/jul/ ago, 2000. p. 61-88.

VALDEMARIN, Vera Teresa. Estudando as lições de coisas. Campinas: Autores Associados, 2004a.

VALDEMARIN, Vera Teresa. Os sentidos e a experiência: professores, alunos e métodos de ensino. In: SAVIANI, Dermeval; ALMEIDA, Jane Soares de; SOUZA, Rosa Fátima de; VALDEMARIN, Vera Teresa. O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2004b.

VALENÇA, C. de A. Civilizar, regenerar e higienizar. A difusão dos ideais da Pedagogia Moderna por Helvécio de Andrade. São Cristóvão: Núcleo de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe, 2006. (Dissertação de Mestrado).

VASCONCELOS, José Gerardo; NASCIMENTO, Jorge Carvalho do (orgs). História da Educação no nordeste brasileiro. Fortaleza: Edições UFC, 2006.

VICENTINI, Paula Perin; LUGLI, Rosário Genta (orgs.) História da profissão docente no Brasil: representações em disputa. São Paulo: Cortez, 2009.

VIDAL, Diana Gonçalves. Bibliotecas escolares: experiências escolanovistas nos anos de 1920-1930. In: MENEZES, Maria Cristina (org.) Educação, memória, história: possibilidades de leituras. Campinas: Mercado de Letras, 2004. p.187-211.

VIDAL, Diana Gonçalves. O exercício disciplinado do olhar: livros, leituras e práticas de formação docente no Instituto de Educação do Distrito Federal (1932-1937). Bragança Paulista: EDUSF, 2001.

VIÑAO, Antonio. História das disciplinas escolares. In: Revista Brasileira de História da Educação. N.18.Campinas: Autores Associados; Sociedade Brasileira de História da Educação. setembro/dezembro, 2008. p.173-215.